24.4 C
São Paulo
domingo, 28 novembro 2021
spot_img

Superbike Series Pro Master- Tenebra relata 8ª Etapa em Goiania

Por Elson Tenebra Otero

Superbike Series Pro Master – Novamente, estou relatando a última experiência do brasileiro de Supebike Series 2014 (realizada no dia 16/11) e como escrevi no último relato, era o atual campeão brasileiro de Superbike Pro-Master do Superbike Series… e infelizmente este ano acabei ficando com o vice campeonato, porém o primeiro lugar ficou em boas mãos. Mas só por este ano, pois em 2015 faremos tudo para voltar à conquista do campeonato…

tenebra_4

Foto Divulgação

Superbike Series Pro Master- Tenebra relata 8ª Etapa em Goiania

Falar desta última etapa é muito fácil, pois simplesmente foi fantástico o evento. Desta vez, o evento foi em Goiânia, onde o autódromo foi reformado a poucos meses e está muito bom. O autódromo passou por uns pequenos reparos no asfalto que dificultaram quatro curvas, pois, bem na tangência de algumas, tínhamos que fazer manobras para não passar nos remendos. Enfim todos os pilotos tiveram problemas então todos estavam nivelados, claro que para alguns fica mais fácil do que para outros, mas todos tiveram que mudar o traçado para se proteger.

Novamente a viagem foi estafante, porém prazerosa. Saímos de madrugada na sexta feira e pela manhã estávamos montando os boxes. Houve até problemas com espaços, pois de tantos pilotos faltou espaço para acomodar todos nos boxes. Na sexta,  com o início dos treinos, a adrenalina era o ponto alto do evento, pois todos queriam fechar o ano de forma impar. Autódromo novo, moto nova, sem nenhum acerto é fácil, porém acredito que achamos os setups da moto bem fácil, pois ainda estamos com a moto bem original. Claro que fica mais fácil acertá-la, porém não conseguimos extrair tudo do equipamento, perto das motos já completas, com todas as peças de competição. O primeiro treino foi muito bom principalmente pelo tempo que a organização deixou para nós, foram quase 60 minutos de treino, o que nos deixa tempo inclusive para troca de relações o que permite acertar a moto no primeiro treino.

No segundo treino, com a moto mais acertada, os tempos vão baixando e chegando ao limite em que tínhamos com a moto antiga. Foi muito bom e realmente a Suzuki é muito boa. Achamos facilmente os pontos de acertos. Após os treinos da sexta, é importante o descanso para repor todas as energias gastas na viagem, montagem de boxes e acertos na moto, para que no sábado estejamos ótimos fisicamente, onde tudo fica mais profissional. E os tempos são oficialmente cronometrados. Ah… Para esta etapa a organização resolveu fazer uma prova para os Masters de todas as categorias andarem juntos. 22 pilotos envolvidos no grid. Muito bom se falarmos de pilotos com mais de 45 anos de idade.

Bem no sábado logo no primeiro treino entramos para fecharmos um ótimo tempo para o grid, pois até poderia chover. O tempo está bom, mas com alguma probabilidade de chuva, então fizemos o primeiro tempo no seco para garantir. O tempo não decepcionou e tivemos o segundo treino seco e nossos melhores tempos foram neste segundo treino, acredito que devido a temperatura. Na Categoria Master fiz o terceiro tempo e para a categoria geral da Master fizemos o sexto tempo. Segunda fila. Na primeira bateria, larguei em terceiro e fiquei na mesma posição até o final.

Não consegui um tempo maravilhoso, porém cheguei a meio segundo de meu melhor tempo com a moto antiga com todos os equipamentos, ou seja, kich shift, suspensões dianteiras e traseira, bazzas com controle e gerenciamento eletrônico, amortecedor de direção, freios, etc. Então com a moto ainda careta foi um ótimo tempo.

Bem de qualquer modo vamos ao pódio. Na segunda bateria, larguei melhor e fui para o segundo e assim fiquei brigando bastante com outro piloto onde até a última volta em que fiquei na frente com algumas trocas e na reta final acabei por ser ultrapassado e ficando em terceiro novamente. O campeonato acabou, fiquei em segundo lugar e realmente foi um ano bastante difícil e trabalhoso. Mas no final foi ótimo para que ano que vem possamos ter uma moto bastante competitiva para lutarmos pelo campeonato. Iniciamos 2015 nas duas últimas etapas de 2014.

Para a terceira bateria do dia, a dos Masters, onde minha posição do grid foi de sexto lugar, todos acharam um espetáculo, pois os pilotos com maior experiência do Brasil estavam neste grid, Cerciari, Cajuru, Beni, Tenebra, e tantos outros. E acredito que muitos outros se juntarão realmente iniciar uma categoria deste naipe a nível de campeonato brasileiro. Nesta largada não fui muito bem e acabei caindo para a 10ª. Posição. Aí foi começar tudo lá de trás para tentar o pódio. Foi difícil, pois a corrida era de apenas 08 voltas, então logo após a largada comecei a atacar os pilotos à frente e as brigas foram boas, e fui chegando até o sexto lugar onde havia largado, porém quando cheguei para brigar por melhores posições tive uma pane no freio na curva da vitória, consegui várias vezes recuperar a frenagem bombando o manete, porém toda a segurança fica prejudicada e optei por não parar, mas  sim terminar a corrida freando um pouco antes do limite para me proteger.

Tenebra_1

Não fiquei entre os cinco, mas foi ótimo correr com todos os mais experientes do Brasil juntos num mesmo grid. Um verdadeiro espetáculo que a organização proporcionou aos presentes. Enfim um final de campeonato maravilhoso. E que 2015 seja cada vez melhor e mais rápidos, que todos os recordes de 2014 sejam batidos em 2015.

tenebra_9

Até a próxima.

Que venha 2015.

Superbike Series Pro Master- Tenebra relata 8ª Etapa em Goiania – Fotos

tenebra_7

tenebra_2

tenebra_6

tenebra_5

>>Conheça a nossa loja de motos

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


7 × = catorze

 

Stay Connected

22,566FãsCurtir
3,029SeguidoresSeguir
18,800InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles