24.4 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro 2021
spot_img

Shuhei Nakamoto critíca novas regras para equipes CRT

Da esquerda para a direita: Casey Stoner, Shuhei Nakamoto e Dani Pedrosa

Foto: divulgação

Casey Stoner apresentou orgulhosamente a sua RC213V que leva o número 1 em sua carenagem, enquanto isso, ao lado, Dani Pedrosa esboçava um sorriso tímido, de alguém que não pôde desenvolver todo seu potencial em 2011 por causas das lesões que sofreu.

Durante a apresentação Shuhei Nakamoto, vice-presidente da HRC e voz oficial da Honda no Moto GP, teve a oportunidade de falar o que pensa da nova categoria CRT. “Se o CRT é o futuro do MotoGP, a Honda não terá nenhum interesse nesta categoria”. Uma alfinetada clara em Carmelo Ezpeleta, da Dorna, empresa que regulamenta o campeonato. Em uma declaração recente Ezpeleta disse que a regra CRT é o futuro da MotoGP.

O que são equipes CRT?

Em 2012 a FIM homologou nove inscrições de equipes com equipamento CRT (Claiming Rule Teams) para a temporada da MotoGP.

A Dorna Sports vê a regra CRT como o futuro da categoria. O regulamento de baixo custo permite que as equipes privadas usem motos modificadas , ou seja, chassis independentes mas com motor e transmissão de fábrica.

Vários times satélites da MotoGP já fizeram a mudança para a regra CRT. Além disso, equipes novatas vindas da Moto2 e da Superbike também aderiram ao regulamento. Das 4 equipes de fábrica do mundial Ducati e Honda já se posicionaram contra a nova regra, enquanto Yamaha e Suzuki até agora não se pronunciaram.

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


três + = 5

 

Stay Connected

22,566FãsCurtir
3,043SeguidoresSeguir
18,800InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles