24.4 C
São Paulo
quarta-feira, 27 outubro 2021
spot_img

Polícia intercepta uma Kawasaki Ninja a 179 km/h

Além do excesso de velocidade, o condutor de uma Kawasaki Ninja ZX- 10R  foi autuado por alteração de característica, placa sem condição de visibilidade, desobediência à ordem de parada e direção perigosa em desfavor do condutor

Kawasaki Ninja

Foto Divulgação

Polícia intercepta motociclista a 179 km/h

Na manhã da última segunda-feira (17), a Polícia Rodoviária Federal de Araranguá verificou uma motocicleta Kawasaki Ninja ZX- 10R  andando em alta velocidade pela BR-101.

Imediatamente, a PRF fez contato com outra equipe que estava posicionada a 30 quilômetros de distância, operando o radar fotográfico.

Após 10 minutos a Kawasaki passou pelo radar a 179 km/h, quando foi dada a ordem de parada para o motociclista, que não obedeceu.

PRFs da Unidade Operacional de Torres precisaram bloquear a via para interceptar a motocicleta, que só parou 15 quilômetros depois.

O condutor da moto, 25 anos, morador de Capão da Canoa/RS, modificou sua moto. A Kawasaki estava com o escapamento original removido, sem para-lamas traseiro e a placa sem condições de visibilidade.

Os policiais confeccionaram as infrações por alteração de característica, placa sem condição de visibilidade, desobediência à ordem de parada e excesso de velocidade em mais de 50%. Também foi lavrado um Termo Circunstanciado por direção perigosa em desfavor do condutor. A  motocicleta ficou retida até a regularização.

Nada de grave aconteceu, mas casos como esse podem ser fatais, tanto para o condutor da moto, quanto para outras pessoas usuárias das vias públicas.
A Best Riders alerta aos pilotos conduzirem com consciência e cautela.

>> Conheça nossa loja de motos!

Avatar

Related Articles

19 COMENTÁRIOS

  1. Bom, você compra uma moto 1000cc e vai andar a 100km/h numa rodovia, se quiser dar uma esticada você não pode. Falam que o certo é ir pra uma pista de corrida apropriada, então tá, cadê essa pista aqui na minha cidade? Aqui vende essas motos de alta cilindrada e não tem onde andar e experimentar a potência então, se todos fossem pensar assim, que tem que andar até no máximo 100km/h ninguém mais irá comprar uma dessas motos e fecha as fabricas então.

  2. Ridículo uma pessoa pagar quase duas motos pelo preco de uma só em impostos, fora muitos outros impostos como IPVA, etc.. e não ter um local adequado para usar essas motos, tem que ficar “de olho” em radares ou blitz. Ou seja paga caro por algo, mas não pode usar.

  3. Resolução 292 do CONTRAN:
    Essa é a resolução que trata de modificações permitidas nas características originais dos veículos comuns de passageiros.

    “Art. 98. Nenhum proprietário ou responsável poderá, sem prévia autorização da autoridade competente, fazer ou ordenar que sejam feitas no veículo modificações de suas características de fábrica.”

    “Parágrafo único. Os veículos e motores novos ou usados que sofrerem alterações ou conversões são obrigados a atender aos mesmos limites e exigências de emissão de poluentes e ruído previstos pelos órgãos ambientais competentes e pelo CONTRAN, cabendo à entidade executora das modificações e ao proprietário do veículo a responsabilidade pelo cumprimento das exigências.”

    ———————————————————————————————————————————————-

    Esse foi o principal motivo do rapaz ter respondido, dentre as demais acusações, sobre a retirada do escapamento esportivo, não informou as autoridades competentes para as mesmas realizarem a checagem do seu veículo. Fora o fator chave: a remoção do catalisador da motocicleta, o que caracteriza crime ambiental. Por isso não se deve colocar escapamentos do tipo “FULL” nas motos e carros de passeio, esse tipo de escapamento é permitido somente para utilização em locais fechados como, por exemplo, em competições.

    O que faz afinal esse catalisador?
    “O verbo catalisar significa estimular ou acelerar uma reação. É exatamente o que faz esse dispositivo antipoluente acoplado ao escapamento dos carros [e motos também], ao finalizar a combustão que não aconteceu por completo no motor. Ao passarem pelo catalisador, os gases emitidos pela queima da gasolina – os venenosos monóxido de carbono (CO), hidrocarboneto (HC) e óxidos de nitrogênio (NOx) – são filtrados por uma estrutura em forma de colméia. “Ela é composta de duas substâncias químicas (paládio e molibdênio) que reagem com esses gases, convertendo-os em vapor de água e outros gases não tóxicos, como o gás carbônico (CO2) e o nitrogênio (N2)”, afirma o engenheiro Guenther Carlos Krieger Filho, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Desde 1983, a lei determina que todos os veículos brasileiros devem possuir catalisador – abre-se apenas uma exceção para carros com motor auto-suficiente, capaz de queimar todos os gases sem deixar resíduos poluidores.”
    [fonte: Super Interessante

  4. Estas motos tem características que permitem rodar a esta velocidade , enquanto muitos carros que andam a 100 km são mais perigosos por pneus sem condição de uso , freios inoperantes, iluminação defeituosa , caminhões transportam cargas sem proteção alguma e a polícia nunca “constata “nada…é a verdadeira indústria da multa pois excesso de velocidade não é o maior causador de acidentes mas são as multas de maior valor….

  5. Trocar o escapamento original por um esportivo é descaracterizar a moto??
    Isso é uma PIADA de MAU GOSTO.
    A venda é permitida, tanto o FABRICANTE quanto o COMPRADOR pagam IMPOSTOS ….e depois o ESTADO arrecada MAIS UMA VEZ com MULTAS.
    MAS QUE PAÍS é esse????
    No restante….QUERO VER QUEM anda numa ESPORTIVA a 80km/h.
    SENSACIONALISMO BARATO….pois 170km/h é como estar a 90km/h.
    TODOS SABEM da SEGURANÇA. que existe numa esportiva.
    MOTOCICLETAS FREIAM 3 vezes mais rápidas do que aceleram…portanto, quem não é da área…que deixe de FALAR BOBAGEM.
    O GOVERNO SÓ QUER ARRECADAR e os ANALFABETOS FUNCIONAIS estão aí para CUMPRIR o OBJETIVO desse GOVERNO CORRUPTO…e ainda existem OTÁRIOS “POLITICAMENTE CORRETOS” que APLAUDEM isso.
    MUDA BRASIL.

    • 1. O que ocorreu aí nesse caso é que o comprador substituiu uma peça do escapamento muito importante chamada de catalisador, o que caracteriza crime ambiental, se ele tivesse colocado somente a ponteira teria ficado tudo ok.
      2. O fato de vc ter uma moto esportiva não te dá o direito de andar a 300km/h numa via pública. Lembre-se o seu direito termina quando começa o do outro. Quer andar acima da velocidade permitida? Vá para um autódromo, vai ser seguro para você e para o restante das pessoas que utilizam a via pública.
      3. Bater a 170km/h (num carro ou num poste) ou atropelar alguém nessa velocidade não é o mesmo que aos 90km/h.
      4. A segurança de uma moto esportiva é medida a partir dos parâmetros legais da LEI. Ou seja, a frenagem e outros itens de segurança são medidos dentro das velocidades permitidas por lei. Inclusive o fato das motocicletas frear/frenarem 3x mais do que carros. Isso por que acima dessas velocidades as motocicletas e até mesmo os carros, que possuem diversos modelos e consequentemente diversas características de limitação na sua condução, apresentam comportamentos diferenciados e divergem nas suas capacidades de controle, podendo apresentar risco real de acidente para o condutor e para os demais utilizadores da via pública.

      O que em linhas legais e gerais quero dizer é que: se você possui uma motocicleta ou carro com potência superior aos demais utilizadores da via pública isso não o libera de poder usar esse seu carro/moto de alta potência acima da velocidade permitida, isso por que logicamente e OBVIAMENTE além do tráfego normal respeitar normas de trânsito e as LEIS DA FÍSICA e se tornarem um “obstáculo humano”, é um direito e DEVER de todos nós respeitarmos a vida. Autuar uma motocicleta que está trafegando à 179km/h em via pública não é somente o ato do governo em querer salvar a sua pele, mas também é um ato de querer deferir na segurança da vida de outros condutores dessa mesma via.

  6. absolutamente normal para uma moto esportiva, deveria existir estradas como as autobahns como na Alemanha a coisa + facil é pegar qlqer moto q seja uma cbr 600 hornet qlqer moto 4 cilindros e acelerar até 200 rapidinho é como se anda-se a 80 km/h de cg 150 ou seja se for pra anda a 110 então compra uma cg ou uma bros… se fabricam motos de 1000cc com + de 200cvs ctz n é pra andar a 80 né =]

  7. As vias são pagas por todos e há regras para se utilizar das mesmas. o cidadão não cumpriu nem elas nem as regras para posse de veículo automotor. vai pagar multas por isso, não entendo porque as pessoas estão achando tão esquisita a situação. Esquisito pra mim foi a polícia conseguir parar o camarada que vinha a 179km/h

  8. Eu até acho que a pessoa tem que ficar experta com a velocidade e não abusar muito, mas não poder modificar a própria moto ai ja é sacanagem, para não falar outra coisa. Realmente o Brasil a cada dia se torna um lugar pior para se viver, alem de não ter segurança nem mudar a própria moto o vivente pode mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


um + 9 =

 

Stay Connected

22,566FãsCurtir
2,994SeguidoresSeguir
18,700InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles