Argentinos se destacam nas 500 milhas de Interlagos

0
1390
Leandro "Tati" Mercado,

Fotos: Jotta Santana

A 15ª edição das 500 Milhas Brasil foi disputada no último domingo (15) no Autódromo de Interlagos e a festa na categoria Superbike  foi Argentina. A equipe Xtreme Speed Studio Motor, formada por dois argentinos e um brasileiro, recebeu a bandeirada da categoria principal, quando a moto número 17, que estava sendo pilotada por Leonardo Pucho, cruzou a linha de chegada em primeiro.

Como domingo foi um dia muito instável na capital paulista, onde a chuva e o sol se alternaram constantemente, a prova teve um ritmo bem “quebrado” devido a necessidade de paradas extras para troca de pneus. Nas categorias preliminares Escola Motorsco e 250/300, vitória de Carlos Eduardo Martinez e Michel Seixas Velludo respectivamente.

Os competidores das categorias Força Livre, Superbike e Supersport largaram e correram juntos e tiveram pontuação a parte. O início da prova foi no típico estilo das corridas de resistência em que os pilotos atravessam a pista correndo para montar na moto na hora da largada.

Superbike

José Luiz Teixeira “Cachorrão” e Alecsandre “Doca” Brieda, da equipe Cachorrão Racing Team, perseguiam o título de tricampeões após vencer em 2009 e 2010. Quase conseguiram, mas Cachorrão sofreu uma queda no final da prova e viu o sonho do tri ir embora.

No final a comemoração foi da equipe Xtreme Speed Studio Motor, formada pelos pilotos argentinos Leandro “Tati” Mercado e Leonardo Pucho Bagni ao lado do brasileiro Pablo “Baratinha” Martins. Leandro é um jovem de 19 anos que mora na Califórnia e integra o time Kawasaki disputando algumas provas do calendário da categoria Superstock 1000 do Campeonato Mundial de Superbike. O ritmo forte que o garoto imprimiu na corrida foi determinante para o triunfo da equipe.

Quem cruzou a linha de chegada em primeiro pilotando a “17” foi Leonardo Pucho, manager e orientador da carreira de “Tati”: “Esse garoto ainda vai longe!”, foi o seu comentário após a prova. “Viu como ele toca!”.

A imagem que marcou o dia não foi protagonizada pelo italiano Sebastiano Zerbo, da equipe Perfect Race. Na reta de chegada a moto número 375, uma Bimota DB7,  teve uma “pane seca”, depois de mais de 180 voltas na pista. Zerbo não teve dúvidas e empurrou a moto em toda a extensão da reta dos boxes para cruzar a linha de chegada em quarto lugar na categoria Superbike e cair exausto em seguida.

Supersport
O piloto Eric Granado, revelação do Brasil que em 2012 vai correr pela categoria Moto2 no Mundial de Motovelocidade, conquistou o primeiro lugar na categoria Supersport ao lado  de Nico Ferreira, Sergio Laurentys e Eduardo Costa Neto, pela equipe Mobil Rush Racing Team.
Eric Granado
“Grande trabalho em equipe, ótima estratégia, e com uma 600cc chegamos novamente em 2º lugar na geral! Parabéns a todo o staff, agradecemos o Valério (nosso chefe de equipe), aos pilotos Eric Granado (show à parte), Nico Ferreira (nosso novo irmão), Serginho e eu…… Quase ganhamos na geral novamente! Um abraço especial para a torcida Mobil que compareceu em peso para dar aquela motivação especial. Mais um título para a Mobil Rush Racing Team!“, disse Costa Neto.

Classificação Final das “500 Milhas Brasil” 2012:

Categoria Escola Motorsco
1 – 9 – Carlos Eduardo Martinez
2 – 34 – Rinaldo Ferreira Quio
3 – 7 – Ayer Patrício Guerra
4 – 37 – Rodrigo Martins Punhague
5 – 31 – Pedro Henrique Louzada

Categoria 250 / 300 cc
1 – 4 – Michel Seixas Velludo
2 – 22 – Alex Schultz
3 – 55 – Oswaldo Jorge Filho
4 – 627 – Sergio Bueno Gaeta
5 – 444 – Lucas Mattei

Categoria Força livre
1 – 300 – Xtreme Speed Team – J.N.Rodrigues (Black), Alexandre Ramalho, Elton, Naildo Emídio
2 – 9 – Kasinski Motorsco – Leandro Mello, Eduardo Tostes, Eric André
3 – 2 – New Moto Racing Team – Sandro Paganelli de Souza, Josemar Aparecido Rozafa, Irineu Cerino Jr.
4 – 3 – Sport Plus Racing 4 – Daniel Oliveira, James Michael, Dalton Barsottii
5 – 16 – Zangrossi Racing – Herbert Zangrossi, Carlos Medeiros, Danilo Lewis, Fábio Traldi

Categoria Superbike
1 – 17 – Xtreme Speed Studio Motor – Leandro “Tati” Mercado, Leonardo Pucho Bagni, Pablo Martins
2 – 51 – Cachorrão Racing Team – José Luiz Teixeira “Cachoirrão”, Alecsandre “Doca” Brieda
3 – 96 – Sport Plus Racing – Robson Pereira, Bruno Di Benedetto, Wesley sanches
4 – 375 – Perfect Race  – Diego Pretel, Sebastiano Zerbo, Josh Galstger
5 – 777 – Yokomoto – Antonio Carlos Rodrigues , Angelo Couto, Fernando França, Alex Alves dos Santos

Categoria Supersport
1 – 57 – Mobil Rush Racing Team – Eric Granado, Nico Ferreira, Sergio Laurentys, Eduardo Costa Neto
2 – 19 – Boi Motos – Ricardo Pelosini, Gabriel Naves, Rubens Naves, Leonardo Moya
3 – 111 – Cerciari Racing School 3 – Erika Cunha, Luiz Carlos Cerciari
4 – 50 – Duas Rodas Racing – Walter Haertel Jr, Antonio Bortoluchi, Brecht Mondragon
5 – 44 – Cigano Racing Team – Milton Nicola Adib, Milton Adib Nicola Jr, Fausto Wajchenberg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


7 × cinco =