24.4 C
São Paulo
segunda-feira, 6 dezembro 2021
spot_img

MotoGP: Stoner imbatível no Red Bull Indianapolis Grand Prix

Casey Stoner, da Repsol Honda, esteve imbatível domingo em Indianapolis e depois de ter conquistado a pole no sábado,  venceu no mítico traçado americano à frente do companheiro de equipa Dani Pedrosa e do rival Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing).

Pedrosa largou bem quando as luzes vermelhas se apagaram e disparou do quarto posto do grid para a liderança de corrida, enquanto o compatriota Lorenzo disparou para segundo e relegou Stoner para terceiro nesta quente tarde de domingo.

Contudo, o forte ritmo apresentado pelo líder do Campeonato ao longo do fim-de-semana não demorou  e o australiano passou Lorenzo sem grandes dificuldades na segunda volta para depois perseguir e ultrapassar Pedrosa na sexta volta.

Stoner começou então a isolar-se na frente do pelotão, fazendo uma corrida sem oposição para vencer no traçado de Indy e assinar a sétima vitória da temporada, a terceira consecutiva e, com isso, aumentar a vantagem na classificação para 44 pontos sobre o rival e atual Campeão do Mundo Lorenzo.

Enquanto isso, Pedrosa teve de se contentar com o segundo lugar numa corrida solo.

Ben Spies, da Yamaha Factory Racing, considerado um dos favoritos, fez uma corrida de recuperação, já que largou muito mal, caindo da segunda para nona colocação na primeira curva. O americano conseguiu, contudo, ao longo da prova, recuperar várias posições e chegando a ultrapassar seu companheiro Lorenzo e conquistar a terceira posição. Spies ainda tentou apanhar Pedrosa, mas acabou por ter de se ficar pelo mais baixo do pódio.

Já Lorenzo, não teve um final de semana bom. No início da prova o Campeão do Mundo ainda apresentou bom ritmo, mas com o passar das voltas foi perdendo ritmo e sequer esboçou qualquer reação quando perdeu o terceiro posto para Spies.

Andrea Dovizioso (Repsol Honda) fez uma corrida modesta. O italiano não conseguiu brigar por melhor colocação, terminando em quinto lugar.

O sexto posto ficou a cargo de Álvaro Bautista (Rizla Suzuki), com Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) em sétimo e Randy de Puniet (Pramac Racing Team) em oitavo, com Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) e Valentino Rossi (Ducati Team) na lista dos dez primeiros, isto depois do italiano ter chegado a rodar em último.

O estreante de MotoGP Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) foi 11º, enquanto Marco Simoncelli foi 12º. O italiano da San Carlo Honda Gresini chegou a rodar no grupo da frente e a lutar pelo pódio, mas o desgaste dos pneus fez com que perdesse muitas posições.

Toni Elías (LCR Honda) terminou no 13º posto, enquanto Nicky Hayden (Ducati Team) foi 14º depois parar nos boxes a duas voltas do final para uma troca de pneu.

Héctor Barberá (Mapfre Aspar MotoGP) caiu na última curva quando rodava em oitavo e não conseguiu cruzar a linha de meta. Karel Abraham (Cardion ab) e Loris Capirossi (Rizla Suzuki) desistiram nas boxes.

Fonte e fotos: Motogp


Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


3 × dois =

 

Stay Connected

22,566FãsCurtir
3,042SeguidoresSeguir
18,800InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles