Moto: tudo o que você precisa saber para ter mais segurança na pilotagem

0
5348
Pilotando com Segurança
Pilotando com Segurança

A segurança na pilotagem é algo crucial porque ficamos uma boa parte do tempo na moto e que as pessoas necessitam conhecer mais.

Além disso, você que quer possuir conforto e estilo vai acabar esbarrando na parte da segurança na pilotagem como as roupas.

Pensando nisso, a BestRiders se propôs a elaborar esse post que falará do que é necessário conhecer para ter mais segurança na pilotagem.

Sendo assim, acompanha agora esse post.

Capacete: item obrigatório no Brasil e salvador de vida

No momento em que você for escolher um capacete você deve considerar 6 pontos, são eles:

  1. Tamanho: busque um capacete que preza pela maior segurança e conforto, o capacete tem que se adaptar à cabeça. Se você quiser descobrir seu tamanho, passe uma fita métrica em torno de sua cabeça, na área de sua testa. Para ilustrar isso, se por acaso sua circunferência da sua cabeça for 58 centímetros, bem seu número de capacete corresponderá a 58. Para saber mais sobre o tamanho do capacete confira a tabela completa
  2. Forro: veja se o capacete tenha um forro confortável, pois ele será capaz de absorver o suor e proporcionar uma melhor respiração. Uma recomendação, opte por capacetes com forros removíveis, dessa forma, ele será capaz de ser simples de ser limpo
  3. Viseira: procure as viseiras construídas com um plástico mais espesso, consistente e com antirrisco. Outra coisa, busque saber se é permitido trocar e substituir a viseira.
  4. Ventilação: tenha em mente que o processo de ventilação é crucial porque deixa o capacete ventilado e evita o embasamento da viseira
  5. Troca: as empresas que produzem os capacetes recomendam que o capacete deve ser trocado depois 3 anos de sua compra e 5 anos após da sua produção. Em virtude dessas recomendações, é porque os materiais do capacete vão se deteriorando e podem prejudicar a proteção
  6. Recuse comprar capacetes usados: quando você for comprar um capacete usado, você muitas vezes você não terá como saber se o capacete tiver sofrido algum dano e isso é capaz de comprometer a proteção do capacete.

Capacete e sua capacidade de servir como triangulo de segurança

O capacete tem uma função bem importante que é ser um triângulo de segurança ou dispositivo de sinalização luminosa, logo, sendo um item obrigatório em todos os veículos.

Uma vez que, o propósito do triangulo de segurança deve ser empregado quando o automóvel for atingido por um defeito ou acidente, como resultado, avisará os outros motoristas de que existe um problema no seu veículo e eles terão que se afastar de seu automóvel para evitar acidentes.

Calça: muito além do estilo

É sabido que quando acontece uma queda, frequentemente as pernas e joelhos são afetados.

Sendo assim, o recomendado é buscar ter calças de couro e calças de cordura sobretudo se forem produzidas para motociclistas

Com efeito, caso a temperatura do dia esteja muita elevada a calça de couro pode deixar você com bem mais calor, logo você pode muito bem recorrer a calças jeans.

Em virtude do que foi visto nesse tópico, você descobriu como a calça se mostra como um item fundamental para a segurança na pilotagem.

Jaquetas: uma ótima aposta na segurança

O objetivo das jaquetas é proporcionar proteção contra colisões e adversidades, confira seguir 3 pontos que você deve considerar a escolher uma jaqueta:

  1. Material: dentro do universo das jaquetas você encontrará principalmente como materiais a cordura e o couro
  2. Tipos: existe jaquetas voltadas para chuva, verão, inverno e também que tem forros removíveis
  3. Segurança: há 2 propriedades que oferecem uma boa segurança, a primeira é pontos de absorção de impacto em regiões estratégicas, por exemplo ombros e cotovelos. Enquanto que a segunda propriedade é a de proporcionar conforto, já que tendo isso vai ajudar ou atrapalhar na pilotagem

Dessa maneira, a jaqueta se apresenta como uma ótima roupa com capacidade de oferecer proteção e segurança na pilotagem.

Macacão: um ótimo item para a pilotagem

Os macacões têm como propósito garantir certa proteção e conforto.

Além disso, ao escolher um macacão você deve levar alguns pontos, confira a seguir eles:

1.Material: há dois materiais muito usados na produção de macacões sendo o primeiro o couro que proporciona uma dificuldade de se romper ou rascar além de ajudar bastante numa proteção, mas não é impermeável. Enquanto que o segundo material é o poliéster que se mostra como um material versátil, impermeável, mas não tanto resistente

2.Tipos: existe macacões direcionados para tempos de chuva e tempos de calor. Além disso, são capazes de

3.Segurança: os macacões são capazes de assegurar proteções aos cotovelos, ombros e antebraços

Dessa forma, o macacão é um artigo que oferece um excelente diferencial para ter mais segurança na pilotagem.

Botas: roupa que fornece uma maravilhosa segurança na pilotagem

O intuito das botas é acrescentar a segurança e proteção, promover conforto, isolar o calor.

Sendo assim, confira a seguir 3 pontos que você deve considerar na hora de comprar suas botas de motocicleta:

  1. Tamanho: tenha em mente que você deve ter uma bota com tamanho certo, já que você passará longas horas de pilotando a moto, logo, você pode ter botas que sejam do seu tamanho consequentemente tiram o seu conforto.
  2. Tipos: existe 2 tipos de botas mais frequentes sendo a primeira é voltada para esporte, ou seja, quem quer andar em alta velocidade e gosta de dirigir em campeonatos, sendo que essas botas tem um uso de curta duração. Enquanto que a segundo tipo de botas é destinada para viagens, quando existe a necessidade de permanecer por mais tempo com as botas
  3. Proteção: as botas devem ter a capacidade de isolar o calor que o motor produz, oferecer a possibilidade de respiração, logo, impede a condensação do suor. Além disso, a botas devem ser capazes de proteger contra a umidade da chuva (ser impermeável).

Então, as botas são incontestavelmente competentes para dar mais segurança na pilotagem.

Luvas: possibilitam segurança e proteção na direção

Em primeiro lugar você deve saber a finalidade de suas luvas, porque para cada situação existe uma luva correspondente, veja a seguir os modelos e tipos de luvas:

  1. Luva de punho pequeno: são destinadas para dirigir em regiões controladas, por exemplo as cidades
  2. Luvas abertas: voltadas para caso o pilo queira deixar os dedos visíveis e as mãos arejadas
  3. Luvas de punho longo: direcionadas para um aumento de proteção e conforto
  4. Luvas fechadas: ótimas para defender às mãos contra o sol, temperatura e umidade
  5. Luvas de punhos do piloto: orientadas para quem realiza esportes, pois protegem bastante contra acidentes e quedas.

Além de saber os modelos e tipos de luvas você de considerar o material, confira a seguir os tipos de materiais:

  1. Couro: um material bem comum que proporciona uma boa proteção contra arranhões, além serem duráveis
  2. Nylon: um material também muito usado, mas não é tão resistente e firme quanto o couro. Com efeito, além dessas qualidades, a nylon tem uma impermeabilidade e flexibilidade que facilita nos movimentos
  3. Poliéster: é um elemento que tem seu nascimento em ferramentas militares, sendo um elemento muito resistente e flexível, capaz de ser costurado em quase todas as dimensões
  4. Clarino: material bem mais resistente que o couro, vale destacar que é o mais maleável até mesmo em situações de umidades.

Não podemos esquecer que você quando for optar por luvas você deve escolher o tamanho que se adequa bem às mãos do piloto.

Se por acaso as luvas sejam de tamanho errado, o condutor é capaz de possuir sua direção atrapalhada, com efeito ampliando a ameaça de acidentes.

Dessa maneira, está claro que as luvas beneficiaram tanto na condução quanto numa maior segurança na pilotagem.

Sendo assim, a seguir veja 5 dicas de limpeza das roupas e capacete.

1.Hidratandoas luvas para deixá-las limpas

As luvas terão que ser hidratadas com hidratante e logo depois você deve colocar cera líquida.

Ao passo que durante o processo de lavagem das luvas você deve tentar virar as luvas ao avesso. Se acaso não for possível virar as luvas ao avesso, você pode colocar para secar e pendurá-las pelas pontas para que a água escorra de maneira simples pelo punho.

2. Como limpar botas?

As botas são capazes de ser limpas com pano úmido. Logo depois, você deve pegar o pano úmido e combinar com sabão neutro e após isso inserir o hidratante ou cera líquida.

3.Deixando limpo o macacão

Primeiramente pegue, por exemplo, um macacões de couro, claro, fique sabendo que a operação de limpeza é semelhante a do tópico anterior, mas o conselho é tratar a pele após a limpeza com um creme hidratante ou se preferir com produtos de limpeza especiais.

Além disso, você deve realizar hidratação das roupas de couro e deixar tudo pelo menos uma noite e depois remover o excesso de creme antes de deixá-lo secar na sombra.
Ao passo que o recomendado é passar o produto hidratante nas inserções elásticas, se presentes, ou no colarinho, onde geralmente há um reforço em tecido macio.

Ainda mais é aconselhável limitar o máximo possível a lavagem de água em roupas de couro e, por esse motivo, os macacões de última geração geralmente são feitos com capas removíveis.
Com efeito, nos interiores dos macacões  o conselho é usar o programa na máquina de lavar para roupas delicadas.

Assim, deixa tudo para secar em uma área sombreada., como resultado, isso removerá o cheiro do suor, higienizando tudo para evitar irritações desagradáveis ​​quando usado em camisetas ou roupas de manga curta.

4.Higienizando o capacete de moto

Se você se mover com uma motocicleta ou uma scooter, certamente terá um capacete. Seu saneamento interno e externo é essencial , porque terá que que deixar o capacete sempre limpo.

Além disso, com o o capacete higienizado você terá um excelente conforto para dirigir com total serenidade

Sendo assim, confira a seguir como limpar o capacete o visor, parte internas e externa:

  • Visor: com toda certeza, busque limpar efetivamente as partes externa e interna dos visores. Mergulhe em uma solução de água e sabão neutro e depois de passar bem por toda a parte afetada, enxágue com água limpa. Por fim, seque as viseiras com papel absorvente ou um pano de algodão limpo e sem fiapos.
  • Parte interna: saiba que quase todos os capacetes têm interiores completamente destacáveis. Remova-os e deixe-os por uma noite inteira para mergulhar em uma tigela cheia de água na qual você diluiu duas colheres de sopa cheias de bicarbonato de sódio.
  • No dia seguinte, lave as peças removíveis com uma solução de água e limão e deixe secar completamente ao ar livre.
  • Parte externa: a princípio esfregue suavemente as partes interna e externa do capacete com uma esponja macia e água morna. Se houver insetos mortos ou outras sujeiras difíceis, umedeça a peça e aguarde pelo menos uma hora. Após o tempo necessário, remova a sujeira amolecida com um pano de algodão seco.

E aí, gostou de saber sobre a segurança na pilotagem? Compartilhe sua experiência nos comentários!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


8 × = trinta dois