24.4 C
São Paulo
quarta-feira, 18 maio 2022
spot_img

Moto 1000 GP: Confira os resultados das provas do fim de semana

Aconteceu no último fim de semana (20 e 21/08) mais uma etapa do moto 1000 GP no Autódromo Internacional Nelson Piquet.

GP 1000

Alan Douglas

Fotos: Jotta Santana, Photo Ativa e Correio do Povo

Na GP 1000 a vitória na pista foi de Luiz Carlos Cerciari. Entretando, a vistoria técnica realizada pós prova na moto do paulista acusou o uso de combustível fora das especificações do regulamento. Sendo assim, o resultado oficial confirmou a vitória de Alan Douglas na corrida, realizada no domingo (21).

Douglas, piloto da Pitico Racing, é o líder do campeonato com 100 pontos, resultado conquistado após vencer as quatro provas já disputadas. O paranaense Diego Faustino, que em Brasília estreou a moto BMW S1000RR da Mobil Rush Race Team, e o catarinense Sarin Carlesso, que pilota a Suzuki GSX 1000 da Pitico Racing, completaram o pódio da corrida.

Classificação do Campeonato: GP 1000
1. Alan Douglas, 100 pontos;
2. Sarin Carlesso, 66;
3. Diego Faustino, 65;
4. Jaime Cristobal, 40;
5. Luiz Cerciari, 36;
6. Joel Soares Júnior, 22;
7. Rafael Cristiam, 21;
8. Osmar Gonçalves, 19;
9. Élson Tenebra, 19;
10. Renan Alves e Vinicius Maia;
11. Vinicius Maia 13;
12. Daniel Mendonça, 9;
13. Juãozinho Simon, 7

BMW  S 1000 RR CUP

Maico Teixeira

O piloto Maico Teixeira teve um grande desempenho vencendo as duas baterias pela BMW S 1000 RR Cup.O gaúcho, que correu como convidado da organização, cruzou a linha de chegada com 40 segundos de vantagem para o segundo colocado da categoria, Gian Calabrese, que também foi segundo na primeira bateria. O terceiro lugar foi de Ricardo Kastropil, que lidera a categoria.

Classificação do campeonato: BMW S 1000RR Cup
1. Ricardo Kastropil 72 pontos
2. Eduardo Zampieri 50
3. Maico Teixeira 50
4. Fernando Itapura 42
5. Gian Calabrese 40
6. Denilson Oliveira 29

GP Light

Eduardo Costa Neto

As maiores emoções da corrida foram na GP Light, com a disputa entre Eduardo Costa Neto (#117) e João Vitor Batista, o Tripinha (#73). O piloto de Campo Grande saltou na frente e manteve-se na primeira posição durante mais da metade da corrida, mas acabou ultrapassado por Eduardo Costa nas voltas finais, quando já tinha os pneus mais deteriorados.

O terceiro lugar da GP Light ficou com o piloto brasiliense Luis Fittipaldi (#91), que já tinha conseguido um 4º. Lugar na primeira bateria.

Classificação do Campeonato: GP Light
1.  “Dudu” Costa Neto 95 pontos
2. João Victor 85
3. Sérgio Laurentys 53
4. Nickolas Iatauro 53
5. Luis Fittipaldi 29
6. Leymar Sanches 23
7. Reynaldo Mendes 21
8. Rafael Zanuto 21
9. Brecht Mondragon 17
10. Luiz Nucci 17
11. Samuel A. Jr 15
12. Vitor de Castro 15
13. Rodrigo Faria 13
14. Fabio T. Neto 12
15. Remi Toscano 9
16. Sergio P. Pereira 7
17. Glaucus Vinicius 5
18. Mauricio Zanella 0

As provas da terceira etapa do Moto 1000 GP serão disputadas nos dias 3 e 4 de setembro, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ quatro = 8

 

Stay Connected

22,566FãsCurtir
3,312SeguidoresSeguir
19,600InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles