Escândalo no WSBK: Polícia encontra drogas no caminhão da equipe oficial Kawasaki

2
1783

Quatro funcionários da Kawasaki Racing Team, equipe oficial da marca no Mundial de Superbike, foram presos em Dover, na Inglaterra, após a polícia local encontrar drogas e uma arma em dois caminhões da equipe, vistoriados em uma blitz.

De acordo com a informação divulgada pelo jornal inglês The Telegraph, foram encontrados 8 kg de cocaína, 71 kg de anfetaminas e 100 kg de maconha. Também foi apreendida uma pistola e munições. Philip Roe, 40 (mecânico e motorista), Gary Matthews, 50 (motorista e técnico de pneus), Mattia Fontana, 27 (mecânico) e Daniel Swyer, 32 (também mecânico), prestaram depoimento para as autoridades inglesas e foram soltos sob fiança.

A equipe estava dirigindo-se a Monza, na Itália, onde no próximo dia 8 será realizada a 4ª etapa do Mundial de SBK. Ainda não se sabe se os pilotos Chris Vermeulen, Joan Lascorz e Tom Sykes, participarão da prova já que, até o momento, ninguém da marca se manifestou sobre o ocorrido.

 

Atualização (02/05 – 16h51) : Comunicado oficial da Paul Bird Motorsport:

Paul Bird, chefe da equipe Kawasaki no WSBK

Após especulações da imprensa, a Paul Bird Motorsport confirma que uma quantidade de substâncias proibidas foi colocada em um de nossos caminhões de corrida enquanto o veículo estava em Assen, na Holanda por ocasião da 3ª etapa do  Mundial de SBK. As substâncias, juntamente com uma série de outros itens ilegais, foram descobertos após o retorno do veículo para o Reino Unido, no porto de Dover, durante uma fiscalização de rotina realizado pelos policiais da alfândega.

Não há nenhum indício de que a equipe Paul Bird Motorsport Team esteja envolvida em atividades ilegais e nenhum outro membro da equipe foi interrogado após o incidente. No momento da busca e  descoberta dos itens ilícitos,  todos os funcionários da equipe Kawasaki receberam total apoio e confiança do staff da equipe e todos os envolvidos estão determinados a oferecer sua plena cooperação com as investigações em curso.

Compreensivelmente, a equipe está agora tomando medidas severas para aumentar a segurança de seus veículos quando eles viajam por toda a Europa no futuro. Apesar dos efeitos na equipe, a Paul Bird Motorsport estará presente no próximo evento do World Superbike, em Monza, Itália com força total e com a determinação de focar-se no campeonato “.

Fonte: Bikeracing.it

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


5 + sete =