Atual campeão da Copa Pro Honda CBR 650R fala sobre início da temporada

0
1004
Guilherme Brito

Guilherme Brito ressaltou equilíbrio da categoria e diz ter se preparado para repetir o feito

No próximo domingo (30), será dada a largada da tão esperada temporada 2021 do SuperBike Brasil. Ao todo serão oito etapas, sendo cinco no Autódromo de Interlagos, que vai sediar a grande estreia, e as demais em Goiânia, Curitiba e Lima Duarte, localizada em Minas Gerais. Todas as corridas da categoria Copa Pro Honda CBR 650R serão transmitidas ao vivo pela Rede TV.

A Copa Pro Honda CBR 650R é dividida em três subcategorias: Pró, sendo a principal subcategoria, que conta com pilotos que possuem mais de dois anos de experiência. A Light, para pilotos que têm menos de dois anos de experiência dentro da motovelocidade. E a Master, com pilotos acima de 40 anos.

Atual campeão da principal subcategoria, Guilherme Brito falou sobre o equilíbrio que a categoria deve trazer em mais um ano. “Acredito que vai ser uma das categorias mais disputadas este ano, porque vai ter muito piloto de alto nível. Como as motos são muito parecidas, quase que iguais, acaba sendo bom porque acaba tendo que tirar a vantagem no braço e os pilotos que andam bem estão sempre lá, disputando por poucos milésimos. Também deixa muito mais interessante a corrida para quem está assistindo. Quanto mais pessoas pilotando, mais emocionante e bonita fica a corrida”, explica.

Apesar do equilíbrio, o piloto de apenas 18 anos espera repetir a boa atuação e garantir mais um título. “A perspectiva é tentar fazer uma temporada bem sólida, como foi ano passado. É importante garantir bastante ponto no começo do campeonato, para ficar mais tranquilo depois. O objetivo é manter o feito, tentar mais um título. Se vier, será importante e ficaremos felizes”, ressalta.

Para isso, Guilherme diz ter feito uma preparação ainda melhor do que a do ano anterior. “Na preparação deste ano apertei um pouco mais até, para chegar mais preparado. Acho que realmente vai ser um pouco mais difícil, então estou me dedicando mais na moto e nos treinos físicos. Espero estar suficientemente preparado, mas tivemos a pré-temporada bem intensa para começar o ano com o pé direito”, disse.

As próximas três etapas da competição também acontecem em Interlagos, nos dias 20 de junho, 25 de julho e 22 de agosto. Na sequência, os pilotos disputam em Goiânia, dia 26 de setembro, Curitiba, 31 de outubro, e Minas Gerais, 28 de novembro. Depois disso, voltam para Interlagos para a última etapa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


nove + 4 =