Yamaha YZF-R1 2013 segue sem valor definido

0
1299


Fotos: divulgação | Modelo 2012

Quem já aguardou até o último sábado (2) pelo lançamento da R1 2013, realizado em Londrina (PR), para testar a nova superesportiva da Yamaha terá de esperar mais um pouco.  A marca japonesa ainda não apresentou o novo produto em seu site oficial e até o início da tarde desta quarta-feira (6) não havia sido divulgado o valor de tabela da moto.

Talvez a principal novidade trazida pelo modelo 2013 da YZF-R1 seja a adoção do Sistema de Controle de Tração (TCS), com seus seis diferentes níveis além da opção de desligá-lo. O acesso e ajuste do TCS é feito no botão localizado no punho esquerdo. A principal função do sistema é regular o desempenho da moto em curvas e retas.

Outras novidades da R1 são os escapamentos, piscas transparentes, pedaleiras e o conjunto ótico que contém luzes de LED (algo que diversas motos concorrentes de menor potência já apresentam). O motor de 998 cm³ também recebeu novas configurações em seu ECU, sistema responsável pelo mapeamento do motor.

Uma ausência sentida está no sistema de freios. Apesar de contarem com seis pistões na dianteira e bomba Brembo, a moto não tem ABS.

Disponível nas cores branca, azul e preto, na verdade a nova YZF-R1 ainda está indisponível para o consumidor brasileiro. Valores? Ainda nada. A moto, que será importada, deve estar acessível ao consumidor brasileiro na segunda quinzena do mês de junho. Pelo menos é a promessa da montadora. Então resta apenas esperar. Talvez possamos aguardar algo próximo ao valor do modelo 2012, que tem preço de tabela de R$ 57 mil.

Confira a ficha técnica da YZF R1 2013:

Medidas: Comprimento (2.070 mm), largura (715 mm), altura (1.130 mm), altura do assento (835 mm), distância entre eixos (1.415 mm), altura mínima do solo (135 mm);

Peso: 166 kg seco e 206 kg em ordem de marcha;

Motor: 4 tempos, DOHC, refrigerado a água; 4 cilindro, 4 válvulas;

Cilindrada: real 998 cm³ e usual 1.000 cm³;

Diâmetro x curso: 78.0 x 52,2 mm;

Potência máxima: 182 cv a 12.500 rpm;

Torque máximo: 11,8 Kgf.m a 10.000 rpm;

Alimentação: Injeção elétrica;

Tanque de combustível: 18 litros;

Câmbio: 6 velocidades;

Quadro: Deltabox em alumínio;

Ângulo de cáster: 24°;

Trail: 102 mm;

Pneu dianteiro: 120/70 – ZR17 M/C 58W;

Pneu traseiro: 190/55 – ZR17 M/C 75;

Freios: Disco duplo hidráulico, 310 mm, na dianteira; Disco simples hidráulico, 220 mm, na traseira;

Suspensões: Garfo telescópico com 120 mm curso de curso na dianteira; Braço oscilante monocross com 120 mm de curso na traseira;

Painel de instrumentos: Velocímetro, hodômetro total e dois parciais (trip1 e trip2), hodômetro do combustível (f-trip), marcador do nível de combustível e relógio digital. Luzes espiãs, lâmpada de aviso de rotação e conta-giros analógico;

Cores: Azul, branca e preta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


2 × nove =