Yamaha MT-09 Tracer une esportividade e conforto para viajar

4
105

Yamaha MT-09 Tracer: Com 115 cavalos, a nova crossover oferece três modos de pilotagem, controle de tração e freios ABS.

YAMAHA_MT_09_TRACER_06
Considerada a SUV das motos, a Yamaha Tracer a Tracer chega ao mercado

TEXTO: Aldo Tizzani/ Agência INFOMOTO
FOTOS: Mario Villaescusa/ Agência INFOMOTO

YZF_R1

Yamaha Tracer une esportividade e conforto para viajar

Com linhas modernas e porte encorpado, a nova Yamaha MT-09 Tracer une duas características marcantes: a esportividade do motor tricilíndrico de 115 cv de potência com a ciclística inspirada nas bigtrail. O resultado desta “mistura” é uma crossover de comportamento apimentado com conforto e uma forte vocação para o turismo. O bom pacote tecnológico com três modos de pilotagem, controle de tração e freios ABS completam o conjunto. O modelo chega ainda com um preço competitivo para a categoria R$ 45.990.

YAMAHA_MT_09_TRACER_03
O modelo Yamaha conta com três modos de pilotagem, controle de tração, acelerador eletrônico e ABS

Impactante, o design da Yamaha Tracer segue o padrão estético das motos superesportivas da Yamaha, traduzido pela carenagem frontal facetada com dois faróis. O grande tanque de combustível de 18 litros oferece um bom encaixe para as pernas do piloto, que vai acomodado em um largo e confortável banco com espuma de boa densidade e com regulagem de altura, e protegido pela bolha.

YAMAHA_MT_09_TRACER_07
A carenagem dianteira ganhou faróis em LED e uma pequena e prática bolha

Ao subir na moto, o grande painel de instrumentos, totalmente digital, chama a atenção. Além do velocímetro, conta giros e marcador de combustível, traz um computador de bordo completo que informa a marcha engatada, hodômetros (total e parcial), temperatura, consumo instantâneo e relógio – é possível navegar pelas informações por meio de um botão que fica na parte superior do punho esquerdo. Há ainda uma prática tomada 12 Volts que pode ser utilizada para carregar o GPS ou o smartphone.

YAMAHA_MT_09_TRACER_15
O seletor que fica na parte superior do punho esquerdo acessa as informações do painel LCD
YAMAHA_MT_09_TRACER_13
Completo e com excelente visualização, o painel da Tracer traz multiplas informações

Motor elástico

Com motor de três cilindros e virabrequim crossplane, no qual as bielas estão posicionadas a 120 graus, a Yamaha conseguiu reunir o melhor dos dois mundos na Tracer. Muito torque em baixos e médios regimes e potência de sobra em altos giros. O tricilíndrico com 846 cm³ produz 115 cv a 10.000 rpm e torque de 8,92 Kgf.m a 8.500 rpm. O motor conta ainda com duplo comando (DOHC), quatro válvulas por cilindro, arrefecimento líquido e alimentação por injeção eletrônica. O bom rendimento da moto também se dá pela boa relação peso/potência: 0,54 cv/kg.

YAMAHA_MT_09_TRACER_09
Esbanjando torque, o propulsor tricilíndrico em linha é capaz de produzir 115 cv de potência

Para otimizar o desempenho do motor, a nova Tracer conta com a tecnologia D-MODE (Drive Mode), que permite ao motociclista escolher entre três modos de pilotagem: STD (standard), A e B. O modo “STD” pode ser utilizado praticamente em qualquer situação, já que a entrega de torque acontece de forma mais linear, sem susto. Foi o escolhido na maior parte do tempo. O modo “B” deixa ainda a moto mais conservadora. A resposta do acelerador e a entrega de potência é mais suave.

YAMAHA_MT_09_TRACER_14
Os modos de pilotagem podem ser escolhidos por um botão que fica na parte inferior do punho direito
YAMAHA_MT_09_TRACER_01
Os destaques ficam por conta do desempenho do motor de três cilindros, conforto e ergonomia

Porém, a opção “A” oferece respostas instantâneas e até certo ponto ríspidas. A moto se transforme em uma esportiva de sangue quente, principalmente entre 7.000 e 10.000 rpm, que é a faixa para alcançar sua potência máxima. Em mais de 400 quilômetros rodados, o consumo médio da Tracer foi de 22 Km/l, o que lhe confere uma autonomia de cerca de 400 quilômetros com um tanque de gasolina.
Para controlar seu caráter esportivo, a MT-09 Tracer está equipada com controle de tração como item de série, que transmite mais segurança, já que ajuda a garantir que o pneu não perca contato com o solo, e consequentemente, garantindo aderência todo o tempo.

YAMAHA_MT_09_TRACER_02
Com um conjunto bastante equilibrado, a moto oferece bastante segurança para contornar curvas

Ciclística acertada

Com boa dose de progressividade e transmitindo segurança, a Tracer usa na dianteira suspensão invertida (upside-down), com tubos de 41 mm de diâmetro e 137 mm de curso. Além de dois discos flutuantes de 298 mm e duas pinças radiais de quatro pistões opostos. Na traseira, sistema Monocross com link, com curso de 130 mm e único disco de 245 mm e uma pinça simples. Aliás, o amortecedor, com posicionamento mais horizontal, conta com regulagem na pré-carga da mola e no retorno hidráulico. Para completar, essa Yamaha usa rodas aro 17 polegadas, calçadas com pneus de uso esportivo, o que lhe confere uma pegada mais estradeira e menos aventureira.

YAMAHA_MT_09_TRACER_10
A Tracer traz suspensão invertida (upside-down), com tubos de 41 mm de diâmetro e 137 mm de curso
YAMAHA_MT_09_TRACER_12
A crossover da Yamaha conta com dois discos flutuantes de 298 mm e sistema ABS
YAMAHA_MT_09_TRACER_11
Na parte traseira, monoamortecedor, disco simples, também com sistema de freios ABS

Com bom desempenho, a Tracer oferece agilidade, principalmente nas mudanças de direção, o que facilita muito na condução urbana. Destaque para o sistema de freios, superdimensionado para a crossover da Yamaha: mordidas precisas e com a segurança dos freios ABS.

Mistura convidativa

No quesito ergonomia, a Tracer mostra o quanto é diferente. Nela, o piloto encontra uma postura mais confortável, com a coluna mais ereta, como nas trails. Vale lembrar que a altura do assento pode ser ajustada entre 845 e 860 mm. O mesmo vale para o guidão de alumínio, que permite duas posições: mais recuado ou mais à frente, de acordo com a estatura e preferência do condutor. O conforto da garupa também recebeu atenção e traz um assento mais espesso e alças mais altas e acessíveis.

YAMAHA_MT_09_TRACER_08
Assento em dois níveis e alça do garupa em alumínio já com encaixe para malas laterais
YAMAHA_MT_09_TRACER_05
Com corpo trail e alma esportiva, a Yamaha Tracer é ideal para o mototurismo

A união entre a esportividade do motor tricilíndrico com a ciclística e a postura confortável das bigtrails faz da Tracer uma moto versátil. Uma mistura que convida a pegar a estrada com garupa para rodar muitos e muitos quilômetros.

YAMAHA_MT_09_TRACER_04
Em função de sua ciclística (suspensão e freios), a moto se saiu bem em pisos irregulares

Yamaha MT09-Tracer – Ficha Técnica

Motor Três cilindros, 12 válvulas, DOHC e refrigeração líquida
Diâmetro X Curso 78 × 59.1 mm
Taxa de Compressão 11,5:1
Capacidade 846 cm³
Potência Máxima 115 cv a 10.000 rpm
Torque Máximo 8,92 kgf.m a 8.500 rpm
Sistema de Alimentação Injeção Eletrônica
Partida Elétrica
Câmbio 6 velocidades
Transmissão final Corrente
Suspensão
Dianteira Garfo telescópico invertido, com tubos de 41mm e 137 mm de curso
Traseira Balança Monocross, com Link e 130mm de curso
Freios
Dianteiro Disco duplo flutuante de 298 mm e duas pinças radiais de quatro pistões opostos, com ABS
Traseiro Disco de 245 mm e uma pinça simples, com ABS
Rodas Liga leve – 17 polegadas
Pneus
Pneu Dianteiro 120/70 ZR17 (58W)
Pneu Traseiro 180/55 ZR17 (73W)
Quadro Diamond
Comprimento 2.160 mm
Altura do Assento 845/860 mm
Distância Mínima do Solo 135 mm
Distância entre-eixos 1.440 mm
Tanque de Combustível 18 l (2,6 l)
Peso (em ordem de marcha) 210 kg
Cores: Vermelha e cinza
Preço R$ 45.990

>>Visite a nossa loja de motos

4 COMENTÁRIOS

  1. Em relação aos bancos desta moto eles são SUPER DESCONFORTÁVEIS, POIS SÃO MUITO DUROS, E PARA PROPOSTA QUE A MOTO TEM PARA FAZER LONGAS VIAGENS, TORNA-SE NECESSÁRIO COLOCAR ALGO QUE MELHORE ESTE ERRO!! ESSE É UM RELATO DE PROPRIETARIO DE UMA TRACER QUE FEZ UMA PEQUENA VIAGEM DE 300 KM!!

  2. Um motor de 115 cv e com limitação pra 190 km/h. Tem explicação isso? As Tiger 800 xrx e xcx com apenas 95 cv chegam a 210 km/h, e ainda tem o importantíssimo piloto automático e roda de 19 e 21 polegadas com opção em aliminio e raiada pra off. Eu estava quase convencida comprar a Tracer, mas depois que vi a Tiger 800 xcx, já era vou na Tiger.

    • A MT 09 tracer é uma moto espetacular, isso ninguém pode negar. Eu compraria ela sem medo. Mas não é apenas o piloto automático que deixa ela em desvantagem com a tiger 800 xrx. O banco da mt 09 tracer é duro como pedra, apesar de largo e aspecto bonito tem pouca espuma; a tiger xrx tem banco de gel. E não é só isso, a garantia da YAMAHA é de apenas um ano e não dá cobertura de resgate em caso de pane. Enquanto que a triumph e a bmw é dois anos e resgata sua moto em qualquer lugar do país, dentro da garantia e te leva de volta de taxi ou avião. O que estraga a TIGER é o super aquecimento do motor que frita as pernas do piloto. Nada mais contra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


× 2 = seis