Yamaha lança edição limitada da moto mais vendida na França

Notícias, Últimas

42 Yamaha lança edição limitada da moto mais vendida na França

A Yamaha está lançando na Europa uma edição limitada da FZ8-R, a moto mais vendida na França em 2011. A nova versão conta com suspensão Öhlins, suporte de placa esportivo, ponteira Akrapovic e protetor de radiador. Ela estará disponível em três opções de cores: preto, azul ou branco. O motor permanecerá inalterado, com quatro cilindros em linha, 779 cm³, 16 válvulas, potência máxima de 106 cv a 10.000 rpm e torque máximo de 8,4 kgfm a 8000 rpm. O preço sugerido é de € 8.699,00 (cerca de R$ 21.400,00).

15 Yamaha lança edição limitada da moto mais vendida na França
fz8original Yamaha lança edição limitada da moto mais vendida na França

15 comments

  1. YAMAHA invistamais no brasil e sera lider em pouco tempo..ACORDA PRA VIDA

    Responder
  2. Yamaha Brasil, esta ficando igual a Suzu…J.Toledo. Não tem produto de ponta.

    Responder
  3. Existe um acordo de Cavalheiros entre Honda e Yamaha.Aqui a Yamaha não entra e mercados já dominados pela Yamaha a Honda se mantem longe.abs

    Responder
  4. Enquanto isso a Yamaha Brasil nada de braçada – para trás – obviamente!

    Responder
  5. Ei, amigos, diretores ou alguem da yamaha vamos retomar nosso lugar que sempre foi o 1º em motos acima de 600cc, nas RR prncipalmente da YZ R1 vamos colocar controle de potencia,tra~são e ABS. assim agente mata eles e nas NAKED so O ABS JA ERA.

    Responder
  6. Já vi uma dessa em Balneário Camboriú. A Praia Motos ligou o foda-se e importou essa máquina. É muito bela e imponente(modelo standart).

    ACORDA YAMAHA

    Responder
  7. É amigos,
    É muito dificil essa moto chegar aqui! Imagina quando uma moto 4 cilindros custando menos de 30 mil aqui???
    Com essa carga de impostos que temos? Com as margens das montadoras?
    Ficaria inviável trazer essa moto num preço competitivo no mercado!

    Boa sorte a Yamaha no Brasil!

    Responder
  8. Ao reposicionar o preço da Hornet, e lançar a CB 1000r por menos de 40 paus, a Honda esmagou qualquer pretenção da letárgica Yamaha-Brasil em lançar a FZ8. Portanto, amantes da Yamaha, mais uma vez podem preparar o lenço para secar as lágrimas. Cheque mate da Honda.

    Responder
    • Pior que é verdade, a Honda foi mais rápida, mas isso foi bom pra própria Yamaha. Imagina lançar a FZ8 por 37 mil reais e meses depois aparecer a CB1000 pelo mesmo preço? Aí sim seria um xeque-mate!

      Mas a Yamaha deveria ser mais inteligente, segmentar ela entre a XJ6 e a CB1000, acabaria com a Hornet e com a CB1000 ao mesmo tempo!

      Responder
  9. é que eles tem vergonha de cobrar 50.000,00 numa 780cc, mas ao mesmo tempo ficam chateados por não darem mais essa facada no brasil.

    Responder
  10. Eu já acho um milagre aquela propaganda da Yamaha com os ovinhos e a Factor, imaginem uma vinda da FZ8…

    Parece que a Yamaha gosta de ver a Honda cada vez mais distante.

    Responder
  11. KKKKK.. Yamaha BR é a pior piada que temos..
    Tirou a Fz6… Pior.. A xj6 com quadro de aço.. inferior em tudo..
    Lixo!

    Responder
    • Inferior, porém, mais barata. A cada mês ela se aproxima mais da Hornet. Foi uma ótima estratégia e a moto está muito bem segmentada no mercado!

      Responder
  12. Também não entendo a falta de atitude da Yamaha … a Honda trouxe a CB1000R e, mesmo com fila de espera + ágio, tá vendendo que nem água ! Acorda Yamaha !!!!

    Responder
  13. E por aqui nada de FZ8…
    Não consigo entender essa pasmaceira da Yamaha Brasil…

    Responder

Comentário Best Riders


nove + 9 =