Xerém e as chuvas – Fazendo o bem a quem não tem!

0
383
Zeca quadriciclo

O Best Riders faz o registro sobre o ocorrido em Xerém, distrito de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, e agradece a todos que, com iniciativa, força de vontade e solidariedade, em muitos casos até sem condições financeiras, estendem a mão, abrem a porta da casa, oferecem um prato de comida, dividem o meio de transporte, fazendo sua parte e ajudando nesse infeliz quadro social que o brasileiro de baixa renda vive hoje, morando em lugares sem condições e de altíssimo risco.

Xerém, as chuvas e a solidariedade

O papel de provedor e de atenção que deveria ser do Estado, em resumo dos órgãos públicos, responsáveis pelo bem estar e moradia dos mais necessitados e desabrigados, mais uma vez é a cara do descaso brasileiro com os menos favorecidos.

A população de Xerém sofreu mais uma vez com as fortes chuvas que ocorreram entre os dias 2 e 3 de janeiro. Graças à ajuda da população e organizações civis, pessoas do bem, anônimos para a mídia, mas verdadeiros heróis para essa população, engajados em ajudar, fazendo o bem a quem não tem. Outro excelente exemplo é do cantor Zeca Pagodinho que socorreu vítimas com um quadriciclo, transportando-as, abrigando-as e alimentando-as.

Xerém - Zeca quadriciclo

Foto: Reprodução/Daniel Ramalho/Terra

Foram registradas duas mortes e milhares de pessoas estão desabrigadas em Xerém. Fica o registro mais uma vez do “Brasil, o país do impostos”,  onde tudo é taxado, mas nada é feito pra melhorar a condição de quem mais precisa. Mais uma vez a pergunta aos órgãos públicos: Quanto vale uma vida?

Sentimentos a todas as famílias que sofreram na tragédia de Xerém e agradecimento a todos que de coração colaborarem como puderam.

Best Riders – O seu site de motos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ 8 = quinze