Viagem de Motos ao Egito

0
734

roteiro

Alô amigos motociclistas!

O Egito é daqueles lugares que vivem sempre em nossa imaginação, do tipo que “ainda vou conhecer esse lugar”, mas devido a distancia, normalmente fica somente na vontade. Vamos percorrer um roteiro de um pouco mais de 2.500 km, mas o ideal é que seja percorrido em no mínimo 10 dias.

A República Árabe do Egito possui 70 milhões de habitantes, sendo que mais de 80% são islâmicos. Quase toda a população do país concentra-se ao longo do vale do Rio Nilo, em uma área de aproximadamente um trigésimo da área do país de mais de um milhão de km².

piramide

Os primeiros registros da civilização egípcia datam de cerca de seis mil anos atrás. Eram como um oásis no deserto, dependentes das cheias anuais do Nilo. Essa exuberante cultura floresceu até 1100 A.C, quando o Egito se dividiu em regiões autônomas. Posteriormente os egípcios foram conquistados pelos assírios (662 AC), pelos persas (525 AC), pelos gregos (332 AC), pelos romanos, árabes, franceses e britânicos, até se tornar independente em 1922.

O Egito é um país extremamente árido, motivo pelo qual a grande maioria das cidades foram construídas ao longo do Rio Nilo. Nos meses de inverno, período de alta temporada para o turismo, entre outubro e março, o clima é mais ameno com temperaturas que não ultrapassam os 20 °C, ideal para viajar e conhecer os pontos turísticos do Egito. A melhor época do ano para viajar no Egito em sua motocicleta é exatamente entre os meses de outubro e março. Acredite, o verão é extremamente quente, com temperaturas que ultrapassam os 40 °C em algumas regiões do país. Ótimo para quem pretendem curtir as praias de Sharm el-Sheikh, mas um forno para visitar templos e bater-perna pelas cidades. Uma vantagem de viajar no verão é poder barganhar os preços, pois existem menos turistas.

moto piramide
3ª Edição do Cross Egypt Challenge

Seguindo nosso roteiro, a primeira cidade é Alexandria. Nos tempos antigos, Alexandria foi uma das cidades mais importantes do mundo.  Foi fundada em torno de um pequeno “vilarejo” em 331 a.C. por Alexandre, o Grande.  Permaneceu a capital do Egito durante 1000 anos até a conquista muçulmana no Egito.

ancient-alexandria-mapPEQ

No mapa antigo ao lado, vemos a localização de alguns de seus grandes monumentos:

– O Serapeum;

– O Cezareum;

– Templo de Ártemis;

– Pilar de Pompeu;

– Teatro Romano;

Alexandria tinha muitos monumentos construídos no período Greco-Romano, sendo os mais importantes e conhecidos, além dos acima citados:

1) O Farol de Alexandria (Pharus – lighthouse);

2) A Biblioteca de Alexandria (Library e Museum).

BA_daylibrary
Biblioteca de Alexandria que custou aos cofres públicos a bagatela de 200 “milhões de euros”.
alexandria_map
Região do Porto de Alexandria.

A rota turística no Egito segue o Vale do Rio Nilo, parece que tudo gira em torno desse rio e a primeira cidade a recepcionar os turistas é o Cairo. É a capital do Egito e uma das cidades mais antigas do mundo. Apesar do caos de uma metrópole com mais de 25 milhões de habitantes, conhecer sua história, bairros antigos, templos e as Pirâmides de Giza, é algo que todo viajante deveria fazer. Três dias são suficientes para conhecer as melhores atrações de Cairo, basta organizar-se e tomar cuidado para não cair na lábia dos egípcios, que sempre tentam superfaturar os passeios.

Você pode guardar o primeiro dia disponível com as motos para visitar as pirâmides de Saqqara e Memphis pela manhã e, à tarde, a grandiosa e mais aguardada, a pirâmide de Giza ou Gizé. Fantástica, diferente de tudo que voce já viu.

Depois de uma bela noite de descanso, a sugestão é a visita a Cidadela, a Mesquita de Mohamed Ali e a Sinagoga de Bem Ezera e finalizar o dia no Museu do Cairo e no mercado Kahn el Khalili.

foto sinai
Foto acima resume muitas palavras. São estradas assim que você percorrera com sua moto o resto serão as inserções no deserto.

Na seqüência nosso próximo destino é o Oásis de Baharia. Serão 5 horas por paisagens desérticas, mas com notícia de pavimento asfáltico de primeira qualidade. Nesse momento o espírito aventureiro dos motociclistas poderá falar mais alto, mas após a chegada no Oásis, o caminho é deserto adentro. Muitos até terão vontade/coragem de entrar no deserto com suas motos, mas adianto que não é pra quem tem médio conhecimento de pilotagem, entrar no deserto requer habilidades que poucos têm. Nessa região há dois locais obrigatórios de se visitar: o Deserto Branco e o Deserto Negro. O melhor do passeio esta em pernoitar no Deserto Branco. Passeio rústico e pernoite em tendas simples com a visão de um céu maravilhoso, sem nuvens, afinal, você vai estar no Deserto.

A sugestão fica em contratar um agência de turismo para adentrar o deserto, pois os riscos de se perder é grande e nossa viagem ao Egito só esta começando.

praia
Rumo a Dahab

Seguindo nosso roteiro, próximo destino é a cidade Dahab. Dahab tem os melhores destino de praia do Egito, além de ser uma cidade aconchegante com inúmeros vales a serem percorridos a camelo, alguns passeios oferecem um legítimo jantar beduíno à luz de velas, mas as opções de turismo que destacam são os ligados ao mar como o mergulho em no Blue Hole e as magníficas praias de Sharm El –heikh, famoso destino de praia no Egito, sendo inclusive um dos lugares mais procurados em todo o mundo para a prática de mergulho. As águas azul-turquesa do Mar Vermelho são um atrativo, tanto para os turistas que pretendem descansar em um dos resorts ou para aqueles que preferem explorar o universo submarino. Um hotel recomendado pela sua localização e pelo preço acessível é o Helnam Marina Sharm Hotel.

resort

sinai-peninsula-map
O caminho pela estrada é uma viagem de aproximadamente 9 horas pelo deserto do Sinai. As paisagens são inesquecíveis.

Seguindo nosso roteiro, próximo destino é a cidade Luxor.

Luxor é uma das cidades mais importantes da história do Egito, destino turístico muito procurado devido a seus templos e ao impressionante Vale dos Deuses, conjunto de 62 túmulos dos reis egípcios alem do o Vale das Rainhas e o templo da rainha Hatshepsut. O passeio de balão no Vale dos Reis é imperdível.

templo luxor

luxor 2
Templo de Luxor
templo
Templo de Hatshepsut

Seguindo nosso roteiro, próximo destino é a cidade Aswan. Os mais belos e principais templos do Egito antigo são acessíveis para quem visita a cidade de Aswan, no extremo sul do país. O Philae Temple é a principal atração de Aswan, mas é daqui que segue tour para Abu Simbel, o templo mais impressionante de todo o Egito. Esse templo foi transferido de lugar devido à inundação do local original, gastou-se milhões de dólares nesta transferência o que só colabora com a imensidão da obra e sua beleza.

O Abu Simbel é o templo mais impressionante do Egito, tendo como principal características as quatro estátuas em uma de suas entradas, com cerca de 20m de altura cada. A única maneira permitida de ir para Abu Simbel é com o comboio de veículos que sai de Aswan. Se preferir, você pode até alugar seu próprio carro e conseguir a permissão para ir, mas pode acompanhar o comboio de moto, vale a pena!

Philae (1)

philae 2

philae
Philae Temple – Aswan

abu singel

Abu Simbel
Abu Simbel

Algumas informações úteis:

Vistos

Para entrar no Egito, todos os turistas brasileiros precisam de visto de entrada para permanência de até 30 dias; basta ter um passaporte com validade mínima de seis meses, 01 foto três×4 recente e o certificado internacional de vacina contra febre amarela. O visto pode ser emitido na chegado ao país, mediante pagamento da taxa de US$ 15,00 no aeroporto de Cairo ou mesmo nos postos de fronteira. O visto é renovável por até um ano, mas deve ser solicitado à autoridade migratória ainda dentro da validade do visto, mediante pagamento de uma taxa simbólica.

Comunicação

O árabe é a língua oficial do país, mas em locais mais freqüentados pelos turistas fala-se também o inglês. Seu celular irá funcionar, mas pagará pelo roaming internacional, uma fortuna. É bem fácil COMPRAR um cartão pré-pago e utilizar em seu celular, caso seja desbloqueado. Caso precise utilizar a internet, também não terá problemas. Existem lan houses e boa parte dos HOTÉIS possui WI-FI grátis. Veja como localizar acesso WI-FI através de aplicativos de viagem para smartphones.

Saúde

É aconselhável possuir o certificado internacional de vacina contra febre amarela, além das vacinas contra difteria/polio/tétano, hepatite A e febre tifóide. Utilize sempre repelente contra insetos. Veja mais informações no guia de informações de saúde, MD Travel Health (em inglês).

Se precisar de cuidados médicos, existem bons hospitais em Cairo, Alexandria, Luxor, Sharm El-Sheikh, Hurgada e El Gouna.

Moeda local

A moeda oficial é a libra egípcia. Veja a cotação atual no site oficial do Banco Central do Brasil. São aceitos a grande maioria dos cartões de crédito (O Visa é bastante comum), sendo possível fazer saques de até 3000 libras / dia nos caixas eletrônicos.

Ficamos por aqui amigos. O Egito tem muita mais coisa pra se ver. Espero que as informações acima sejam úteis a você amigo motociclista.

Relate aqui na Best Riders suas experiências na África/Oriente Médio.

Abraços Fausto Malheiros.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


1 + quatro =