Viagem de Motos à Noruega – Parte I

2
1738

Viagem de moto a Noruega

>> Confira outras viagens aqui.

Alô amigos!

Pensava em fazer apenas um artigo sobre a Noruega, mas para minha surpresa, boa surpresa, isso é impossível. Que país fantástico para se conhecer em cima de uma motocicleta. Na seqüência vamos visitar ainda a Finlândia, o que mudou e muito, meu conceito quanto aos países nórdicos. Mas tem um detalhe: não erre a estação da ano, somente no verão.

Os passeios pela Noruega, obrigatoriamente incluem conhecer alguns dos vários Fiordes espalhados por todo o país. Entre os meses de maio e setembro, as águas mansas dos fiordes do oeste da Noruega ficam congestionadas de embarcações e turistas, em busca de uma paisagem única, que tem origem na última era glacial. Mas o que são os fiordes? São vales de formação glacial, muito estreito, muito longo e muito profundo, alguns com mais de 200 quilômetros de extensão e mais de um quilômetro de profundidade, sempre em locais próximos aos pólos e com paredões retos e altos que parecem cortados com uma faca. Vales abertos por rios, muito embora pareça ser um, não são fiordes.

Preikestolen
Acesso a Preikestolen
preikestolen-noruega-arjanveen-creative-commons
640 metros acima do fiorde de Lyse, o Preikestolen, o “Púlpito”, é uma das muitas belezas naturais da Noruega e um dos pontos turísticos mais disputados da Noruega

Veremos nesse artigo um roteiro turístico que sai de sua Capital e vamos até Åndalsnes, em pouco mais de um mil e duzentos quilômetros e fecharemos com imagens de uma incrível para se rodar com moto, a Trollstigen. Os roteiros Noruegueses são cheios de surpresas, a cada curva, (diga-se de passagem, o asfalto mais parece um tapete), uma surpresa. São rios, lagos, precipícios vertiginosos e cidades de boa infra-estrutura.

Dicas:

*É necessário visto de entrada no país;
*Carteira de habilitação valida por mais de um ano (19 anos);
*Velocidade: Auto-estradas 90 km/h – estradas normais 80km/h.

foto-galeria-materia-620-1rfs

Oslo,sua capital é a maior cidade da Noruega. Localiza-se no sudeste do país e detém estatuto de comuna e condado simultaneamente. Fundada em 1048 pelo rei Haroldo III da Noruega, a cidade foi imensamente destruída por um incêndio em 1624. Atualmente com pouco mais de meio milhão habitantes. Com seus mil anos de idade, fica na ponta do Fiorde de Oslo. Esse cenário fantástico é um pouco do que oferece Oslo, veja abaixo algumas dicas do que é imperdível:

*Parque de Esculturas de Vigeland;
*Museu dos Barcos Viking;
*Museu Munch;
*Holmenkollen;
*Centro do Holocausto.

parque
Parque Vigeland, em Oslo. 58 obras criadas sobre uma ponte de 100 metros de comprimento, que foi construída em 1914.
Museu Viking de Oslo
Museu Viking de Oslo

Uma boa opção para conhecer Oslo e através do Oslo Pass, cartão/passe que permite acesso livre ao transporte público, estacionamento gratuito e entrada gratuita em museus e outros lugares.

A melhor época

Apesar da costa da Noruega ser beneficiada por correntes marinhas quentes, que amenizam o clima, o  frio por lá é bravo. Trata-se de um país a ser visitado somente no verão ou, no máximo, no fim da primavera ou começo do outono. Mas, mesmo no verão leve roupas quentes, luvas forradas e sapatos também forrados, sobretudo se for para o norte da Noruega. No inverno, até mesmo os transportes são afetados em razão de nevascas.

OSLO temperaturas médias

Primavera (abril): Mínima 01ºC / máxima 10º C
Verão (julho): Mínima 13ºC / máxima 22º C
Outono (outubro): Mínima 03ºC / máxima 9º C
Inverno (janeiro): Mínima -7ºC / máxima -2ºC

A capital da Noruega possui uma paisagem incrível e, além disso, a cidade transborda história com seus museus e galerias. É possível conhecer navios vikings do século 9 além de artigos relacionados. Faça uma parada em algum dos mais de 100 cafés da cidade, e se quiser mais entretenimentos como restaurantes e teatros, procure na região de Aker Brygge.

pratos

Ao contrário do que vimos na Alemanha, na Noruega a culinária é mais sadia nada a ver com os joelhos de porcos gordurosos e os salsichões. Aqui como regra é servido, como no prato ao lado, frutos do mar, dos mais variados tipos como o caranguejo, salmões defumados, trutas e ovas. A foto acima é um típico prato norueguês.

Faça uma pesquisa que se encaixe no seu tempo e principalmente no seu bolso. A Noruega é um país caro para os padrões brasileiros, mas nada é impossível com um bom planejamento.

Pegando estrada vamos sentido a Hamar pela E6. Hamar é uma cidade norueguesa com aproximadamente 30 mil habitantes e boa parte da estrada e às margens do maior lago desse país, o Mjøsa. Esse roteiro é conhecido como Roteiro Cabo Ocidental. Roteiro turístico interessante para se fazer de moto. Nessa rota conheceremos Lillehammer em um bate e volta, que em 1994 foi sede das Olimpíadas de Inverno; as lindas paisagens do vale Gudbrandsdalen.

Lærdal

Na seqüência, buscando aproveitar o máximo possível, depois de visitarmos um dos roteiros mais buscados pelos turistas que visitam a Noruega, seguiremos nosso caminho agora para Helgeland, passando por Laerdal e Aurland. É um caminho de beleza natural maravilhosa que inclui áreas de montanha como o monte Torghatten, e passeios de barco pelas ilhas do litoral.

699d731bc3890523cc0b3298ea344808

Túnel Laerdal, inaugurado em 2000, é considerado um dos maiores túneis rodoviários do mundo que liga a cidade de Oslo à Bergen. Sua extensão é de 24,5 quilômetros de extensão, um ótimo aliado na época de inverno, pois o tráfego aumenta muito mais quando a neve e o vento chegam ao país.

Antes de chegarmos a Helgeland, você tem a opção de seguir em um bate e volta para Bergen. Em Bergen existem várias opções de cruzeiros na Noruega, partindo de Bergen, super confortáveis, mas não baratos. Mas, Bergen não é apenas ponto de partida para a visita aos fjords. É também uma cidade histórica e charmosa, com uma arquitetura típica e que conserva ainda seu bairro medieval. Ruas como a Knøsesmauet são particularmente graciosas. Um dos melhores passeios em Bergen é tomar um teleférico até o alto do monte Ulriken: a vista da região é deslumbrante. De Bergen pode-se também chegar de moto ao Sognefjord outro local com paisagens de rara beleza.

brenem
Bergen, capital e saída dos principais cruzeiro para os fiordes

Voltando de Begen, seguiremos para Balestrand, uma pequena cidadezinha com pouco mais de mil habitantes, que vivem basicamente da pequena agricultura e do turismo.

Alguns minutos por ali bastam para apreciar a típica arquitetura regional, com destaque para a igreja anglicana de São Olavo, toda de madeira, com inspiração viking, e o centenário Kvikne’s Hotel, uma instituição turística local. É nesse lugar pitoresco que esta o Sognefjord. O maior fiorde do país, com 205 quilômetros de extensão, 1.308 metros de profundidade e picos de até mil metros de altura.

noruega
Fiord com visão das cachoeiras em Balestrand.

De lá partem, diariamente, embarcações de todo tipo e para diversos pontos do fiorde. Há minicruzeiros, ferries e balsas que levam veículos, lanchas e até botes motorizados, que chegam a 80 km/h. Um dos roteiros mais populares liga a cidadezinha a Gudvangen, um vilarejo no final do Naeroyfjord, um dos braços do Sognefjord e listado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Seus 17 quilômetros de extensão, com quase nenhuma ocupação humana, explicam o porquê da honraria.

Próxima cidade, Alesund é Conhecida como a “capital do bacalhau”, cidadezinha muito meiga, que vive da pesca e que fica a 50 minutos de vôo de Oslo.

alesund
Charmosa Alesund

Destruída, quase completamente por um incêndio em 1904, Alesund praticamente renasceu das cinzas. Situada sobre uma península e ilhas, Aalesund dá a impresão de ser uma espécie de Veneza nórdica com seus canais e suas casinhas coloridas. Considerada uma das mais belas cidades da Noruega, Aalesund foi classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e se você quer ver cabeça de bacalhau, o lugar é aqui.

DSC02367

Nevasca, Viagem de Motos à Noruega
As nevascas acontecem entre os meses de setembro e abril, procurem evitar essa época do ano ou se prepare para elas.

Seguindo em diante, nossos destinos são Hellesylt primeiro e depois Geiranger na seqüência. Estas cidades proporcionam, segundo vários relatos, as melhores passeios pelos fiordes, são paisagens cenográficas e que podem ser exploradas com um simples olhar. Essas travessias duram 55 minutos e têm seu ápice quando passam em frente à cachoeira Sete Irmãs (De Syv Sostre, em norueguês), formada por sete quedas d’água separadas, mas próximas, que se descortinam de uma altura de 410 metros. Há outras cachoeiras pelo caminho, algumas até mais vistosas. Uma delas chama Brudesloret, cuja tradução para o português reforça a tese de que “Véu da noiva” é um nome de cachoeira quase obrigatório, seja no Brasil ou na Noruega.

A estrada para Geiranger possui vistas magníficas. Se tiver tempo para um pequeno desvio em seu roteiro de viagem, dê uma chegada a Dalsnibba, situada a 1494 metros acima do nível do mar; ou tome ferry pelo impressionante Geirangerfjord. E chegando em nosse destino, Åndalsnes conheceremos o Caminho de Troll. Um impressionante zigue-zague entre o fundo do vale e o alto da montanha. Com uma inclinação de 9% (9 metros verticais a cada cem metros horizontais), a estrada é parte da Rodovia 63 que da acesso a Åndalsnes.

Viagem de moto à Noruega
O Caminho do Troll

Sabemos que a dificuldade em percorrer longas distâncias em uma motocicleta é como padecer no paraíso, muito prazeroso, muito cansativo e muitos ás vezes pensam em desistir; mas no momento da chegada, de nada nos arrependemos  de ter enfrentado chuva, frio, neve e os mais diversos riscos pertinentes a uma aventura dessa, pois o que deve prevalecer é sempre o espírito que nós motociclistas temos a capacidade de, não importa a dificuldade, 15 dias após chegar de uma grande viagem, já pensarmos onde será a próxima.

202353_213097942037243_7224401_o

de vespa
De Vespa na Noruega

A foto acima demonstra um pouco desse espírito. Não importa como, mas com um bom planejamento vamos até o fim do mundo, literalmente. Rui Jordão fez isso com sua Piaggio VESPA P125X.

Em nosso próximo artigo começaremos pela famosa The Atlantic Road, 6530 Averøy. Aguardem. Estradas como estas, somente na Noruega.

7_The_Atlantic_Road_Noruega
Um pouco do que nos espera

Abraços

Fausto Malheiros.

>> Confira outras viagens aqui.

>> Conheça nossa Loja de motos

 

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


7 × cinco =