Versys X-300 inaugura segmento de aventureiras compactas

0
334

Nova Kawasaki chega ao Brasil com motor de 40 cv, bom acabamento, além de autonomia e conforto para viajar

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_07_2017926155512
Rodamos pelas ruas de Paraty com a versão completa da Versys X-300, a Tourer que custa R$ 26.990

TEXTO: Cicero Lima / Agência INFOMOTO
FOTOS: Divulgação / Marcos M. Carmona

Versys X-300 inaugura segmento de aventureiras compactas

Primeiro modelo aventureiro do segmento de compactas premium, a Kawasaki Versys X-300 foi apresentada no Salão de Motos de Milão 2016, na Itália, e logo virou assunto nas redes sociais. Afinal, a Versys de 300cc é uma opção para quem busca uma moto versátil, leve e capaz de percorrer todo tipo de terreno. Agora que a moto desembarcou no Brasil, tivemos a oportunidade de conhecê-la de perto para saber se vale os R$ 26.990 pedidos pelo fabricante pela versão Tourer ABS, que já vem com protetor de mão, de motor, faróis auxiliares e malas laterais, ou seja, pronta para uma aventura. Já a versão de entrada custa R$ 22.990.

Ainda cedo, o sol brilhava forte na Praia do Jabaquara, em Paraty (litoral sul do Rio de Janeiro), local da apresentação da moto para a imprensa brasileira. A luz refletia na pintura verde da Versys X-300 fazendo a moto parecer ainda maior, graças também aos acessórios de série. De perto, ela realmente não parece ser “uma trezentinha”, mas sim uma 650 cc.

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_03_2017926155621
Imponente, a Versys 300 parece ser maior que uma 300 cc, graças aos acessórios de série

Apesar disso, ela se mostra amigável, mesmo para pessoas mais baixas (como eu), e convida para um passeio. Pesando 175 kg e com o assento a 845 mm do solo, é possível apoiar os pés no chão com naturalidade e manobrá-la com facilidade. Ao sentar na moto, os comandos ficam ao alcance das mãos e o motor liga de primeira: emitindo um ronco grave e compassado, que instiga a rodar.

KAWA_VERSYS_X300_2017_15_2017926154852
Banco confortável, o suporte para bauleto vem de série nas três versões
KAWA_VERSYS_X300_2017_11_2017926155045
A Versys X-300 é estreita o que a torna fácil de manobrar mesmo desligada

O painel é um dos pontos fortes. De fácil leitura, mostra a temperatura externa, média de consumo e tem um prático relógio, além de velocímetro digital, conta-giros analógico e luzes de advertência. Para ampliar sua autonomia, existe o aviso luminoso “ECO”, para informar se o motociclista está pilotando de forma econômica. Oficialmente, o fabricante declara consumo de 24,4 km/litro, o que projeta uma autonomia superior a 400 km, graças ao tanque de 17 litros.

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_06_2017926155529
Com a Versys foi possível passar por espaços apertados graças a sua largura de apenas 860 mm

Na estrada

A Versys X-300 usa o mesmo motor da pequena esportiva Ninja 300 e da naked Z 300. Segundo os engenheiros da Kawasaki, foram feitos acertos no bicilíndrico, de 296 cm³, DOHC e refrigeração líquida, para aumentar sua potência em um cavalo.

KAWA_VERSYS_X300_2017_13_201792615502
Motor de alto giro exige contantes mudanças de marchas para aproveitamento da máxima de 40 cv

Mas para desfrutar dos 40 cavalos (potência declarada) é preciso acelerar até os 11.500 rpm, enquanto o torque máximo de 2,6 kgf.m chega somente a 10.000 giros. Ou seja, é um motor que exige rotação para oferecer seu melhor desempenho. Para adequá-lo à proposta aventureira da moto, a Versys 300 ganhou uma transmissão final “mais curta”.

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_04_201792615564
Falta de torque em baixa exige que o piloto acelere muito e “queime” embreagem para rodar na areia

Como era de se esperar, na prática, é preciso usar bastante o câmbio de seis marchar para tirar o melhor desempenho da Versys 300. O conta-giros sobe rapidamente até atingir a faixa de corte nas 11.500 rotações, enquanto a moto acelera com vontade. Na estrada, enquanto o velocímetro marcava 100 km/h, o bicilíndrico girava a 7.000 rpm.

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_05_2017926155546
Para rodar a 100 km/h na estrada o motor está na casa dos 7.000 giros

Infelizmente, não foi possível verificar a velocidade máxima da Versys X-300, mas ela chegou facilmente aos 125 km/h no curto trecho de estrada que permitia uma aceleração mais empolgada.

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_02_2017926155641
No teste o conjunto ofereceu excelente proteção contra o vento e ótima posição de pilotagem

Na areia

Aproveitamos o belo cenário de Paraty (RJ) para rodar na areia, onde o câmbio foi bastante exigido. Era preciso acelerar com vontade e “queimar” embreagem para o motor não morrer, um indício de que há pouco torque em baixos giros. O mesmo deve acontecer em estradas com muita areia e também na lama. Não podemos dizer que se trata de um defeito, mas sim uma característica desse propulsor que gosta de girar alto.

A Versys 300 se mostrou confortável e prática para uma aventureira. A versão avaliada oferece faróis auxiliares ligados por um botão no painel, tomada 12 Volts; protetor de motor, cavalete central e os pequenos alforjes laterais – moldados em plástico. Se a ideia for fazer viagens mais longas, será preciso investir em um top case. A boa notícia é que o suporte para a instalação do acessório vem de série no modelo.

KAWA_VERSYS_X300_2017_14_2017926154944
Painel completo traz marcador de temperatura externa e aviso de pilotagem econômica

Os freios – a disco nas duas rodas – são equipados com sistema ABS. Funcionam sem sustos e deram conta de parar a moto de forma progressiva. Mesmo quando entra em ação, o ABS é praticamente imperceptível, tanto no manete quanto no pedal. Os discos em formato margarida (290 mm de diâmetro, na frente, e 220 mm, atrás) ainda ajudam a valorizar o visual dessa compacta aventureira.

O conjunto de rodas raiadas em alumínio é outro destaque da nova Kawasaki. As rodas de 19 polegadas, na dianteira, e 17’’, na traseira, são calçadas com pneus com câmara Pirelli MT 60, que reforçam seu estilo aventureiro, e ainda mantêm boa tração em terrenos com pouca aderência.

KAWA_VERSYS_X300_2017_08_2017926154827

KAWA_VERSYS_X300_2017_MARCOS_M_CARMONA_01_201792615571
As rodas raiadas oferecem mais resistência para percorrer estradas sem asfalto

A crítica fica para o reduzido curso do conjunto de suspensões. Na frente, o garfo telescópico convencional (sem ajustes) tem apenas 130 mm de curso; e o monoamortecedor traseiro, com ajuste apenas na pré-carga da mola, tem 148 mm de curso. Tais especificações devem limitar o uso mais radical em estradas de terra com muitos buracos.

Mercado 

No Brasil, haverá três versões da Versys X-300: a standard sem ABS, que será vendida por R$ 22.990, nas cores laranja e cinza; a versão com ABS, que custará R$ 24.990, somente na cor verde; além da Tourer ABS, avaliada, que tem preço sugerido de R$ 26.990, e estará disponível nas cores verde e cinza. O fabricante também oferece generosos descontos e brindes para quem adquirir qualquer uma das versões da Versys X-300 até o final do ano.

KAWA_VERSYS_X300_2017_10_201792615518
A versão intermediária, a ABS, tem preço de tabela de R$ 24.990
KAWA_VERSYS_X300_2017_09_2017926155130
A versão X pesa 173 kg e está disponível nas cores laranja e na cinza

Mesmo com os descontos, o preço pode ser um entrave para o sucesso da Versys 300 no Brasil. Seu valor ficou bem próximo de modelos com maior capacidade cúbica, como a Honda CB 500X, tabelada a R$ 25.900, e que oferece um pouco mais de desempenho e conforto para viagens. Por outro lado, a crossover da Honda usa rodas de liga-leve (aro 17 em ambas) e não tem a “pegada off-road”, os acessórios e o apelo aventureiro da pequena Kawasaki.

KAWA_VERSYS_X300_2017_12_2017926155022
Bolha oferece ótima proteção e não atrapalha a visibilidade

Kawasaki Versys-300 Tourer ABS – FICHA TÉCNICA

Motor: Dois cilindros paralelos, 8 válvulas, DOHC, com refrigeração líquida
Capacidade cúbica: 296 cm³
Potência máxima: 40 cv a 11.500 rpm
Torque máximo: 2,6 kgf.m a 10.000 rpm
Câmbio: Seis marchas
Partida: Elétrica
Transmissão final: Corrente
Alimentação: Injeção eletrônica
Quadro: Berço semi-duplo em aço de alta elasticidade
Suspensão dianteira: Garfo telescópico convencional com 41 mm de diâmetro sem ajustes com 130 mm de curso
Suspensão traseira: Uni-Trak com 148 mm de curso
Freio dianteiro: Disco de 290 mm em formato margarida e pinça de pistão duplo
Freio traseiro: Disco de 220 mm em formato margarida e pinça com pistão duplo
Pneu dianteiro: 100/90-19
Pneu traseiro: 130/80-17
Comprimento total: 2.170 mm
Largura total: 860 mm
Altura total: 1.390 mm
Distância entre eixos: 1.450 mm
Altura do assento: 845 mm
Tanque de combustível: 17,0 litros
Peso em ordem de marcha: 175 Kg
Cores: Verde, Cinza
Preço: R$ 26.990, versão Tourer (sem frete).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


2 × = dois