Triumph Daytona e Street Triple chegam ao Brasil em 2013

3
442
Triumph

Daytona 675Fotos: Divulgação

Em evento realizado na última terça-feira (6/11) no Autódromo Fazenda Capuava, em Indaiatuba, a Triumph Motorcycle Brazil apresentou oficialmente todos os modelos que serão comercializados inicialmente no Brasil, divulgando os preços sugeridos ao público. Além dos seis modelos já citados pelo Best Riders (três montados em Manaus e três importados), as motocicletas Daytona 675 e Street Triple, que serão montadas em Manaus, serão comercializadas a partir do primeiro semestre de 2013, mais precisamente em abril. Vale ressaltar que a marca de motos do Reino Unido conta atualmente com 23 modelos.

“A Triumph aposta muito no potencial do Brasil para motocicletas premium.  Acreditamos que o mercado brasileiro a médio e longo prazos tenha condições de absorver cerca de 4.000 motos da Triumph por ano. Num prazo de três anos esperamos já posicionar o Brasil entre os cinco maiores mercados do mundo para a Triumph, atrás somente de Estados Unidos, Inglaterra, França e Alemanha”, afirmou Marcelo Silva, gerente geral da subsidiária brasileira.

Triumph Street Triple

No total, a Triumph está investindo cerca de R$19 milhões no Brasil em 2012. A fábrica da companhia inglesa em Manaus está localizada em um condomínio industrial, ocupando uma área de 2.000 m² e empregando diretamente 38 pessoas. Sua capacidade atual de produção é de 5.000 motocicletas por ano, entre os diversos modelos. A previsão é de que sejam inauguradas mais sete concessionárias em 2013: Porto Alegre (RS), Ribeirão Preto (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Campinas (SP) e Curitiba (PR).

Para o ano de 2014, a Triumph planeja abrir concessionárias em Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Recife (PE), além de mais uma concessionária na cidade de São Paulo.“Neste ano, entre novembro e dezembro, vamos vender cerca de 200 motocicletas, mas já em 2013 este volume será ampliado para 2.000 unidades”, completou o gerente geral da Triumph Motorcycles Brazil.

Além disso, a Triumph também está focada no serviço de pós-venda da motocicletas e no centro de armazenamento de peças. “A Triumph está empenhada em selecionar uma rede de concessionárias capacitada a oferecer um excelente padrão de atendimento em pós-vendas. O corpo técnico das concessionárias será treinado pela montadora e terá acesso à melhor tecnologia para reparar as motocicletas. A Triumph está investindo cerca de R$ 8 milhões neste estoque, com o objetivo de atender aos clientes no menor prazo possível”, afirmou Marcelo Silva.

A marca do Reino Unido também conta com uma linha de roupas, calçados, objetos de uso pessoal e acessórios para motos, que soma perto de 35.000 itens na Inglaterra. “A linha de roupas, por exemplo, é moderna, casual e segue as mais modernas tendências da moda, com muita qualidade, incluindo itens como jaquetas, calças e camisetas” , finalizou.

3 COMENTÁRIOS

  1. A Daytona tem menos de 170kg e um rendimento impressionante.

    Mesmo eu sendo contra essa palavra “premium”, já que no Brasil isso representa cobrar mais por algo que não vale, desejo muito sucesso a Triumph.

    Espero ver as da faixa de 30 a 40 mil vendendo muito em 2013.
    Concorrencia é sempre bem vinda.

  2. Gente, mas torço pra esse pessoal ter sorte e conseguir realmente realizar esse trabalho. Sou motociclista há uns 30 anos, e não aguento mais essa miopia brasileira com relação a modelos de motocicletas. Semanalmente encontramo-nos e nesses encontros, já está havendo separação entre pessoas por questão de um marketing pernicioso de marcas e modelos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


− oito = 1