Triumph Bobber Black: nova moto chega ao Brasil em 2018

0
1000

Triumph Bobber Black: reformulada, clássica da Triumph ganhou roda aro 16 na dianteira, suspensão nova e acabamento em preto. Preço deve ser de R$ 53.000

BOBBER_BLACK_01_2017
A nova geração da Bonneville Bobber recebeu melhorias estéticas e ciclísticas

TEXTO: Aldo Tizzani / Agência INFOMOTO, de Hinckley, na Inglaterra*
FOTOS: Divulgação

Nova Bobber Black chega ao Brasil no ano que vem

A Triumph apresentou em sua fábrica de Hinckley, na Inglaterra, a nova Bobber Black, uma evolução do clássico modelo lançado no ano passado. Equipada com o mesmo motor bicilíndrico de 77 cv e 1200 cm³ de capacidade da Bobber, a nova versão Black, como o nome denuncia, adotou uma atitude mais sombria, com muitas peças pintadas em preto.

BOBBER_BLACK_02_2017
Com ar mais sombrio, a Bonneville Bobber Black chega ao Brasil no primeiro semestre de 2018

Mas as mudanças não param por aí. O modelo ganhou nova suspensão dianteira, mais robusta e com tubos de 47 mm de diâmetro e 90 mm de curso. A roda dianteira tem 16 polegadas – a versão anterior usava aro 19 – e será calçada com pneu Avon Cobra, mais largo, na medida 130/90-16. Para aumentar a segurança, disco duplo de 310 mm “mordidos” por pinças Brembo. O freio ABS é de série e está disponível em ambas as rodas.

BOBBER_BLACK_06_2017
Roda aro 16 polegadas, pneu largo e discos duplos de freios deixaram a Black mais ágil e segura
BOBBER_BLACK_04_2017
A Bobber Black conta com roda dianteira aro 16 polegadas e suspensão reforçada

Segundo Paul Stroud, diretor comercial da Triumph, todas as mudanças realizadas, principalmente na dianteira, “aumentaram o prazer na pilotagem, já que com uma roda menor, a Bobber Black está mais ágil, isso sem perder sua identidade e força”.

A minimalista Bobber esconde ainda outras melhorias na parte tecnológica. Como por exemplo, o botão único que fica do lado esquerdo e controla os modos de pilotagem, disponíveis para as conduções “Road” e “Rain”. Agora o controle de tração pode ser desabilitado.

BOBBER_BLACK_05_2017
O botão que controla os modos de pilotagem fica no punho esquerdo

O motor é o mesmo da versão anterior: dois cilindros paralelos 1200 cm³ de capacidade, com refrigeração líquida, comando simples no cabeçote (SOHC) e intervalo de 270° na ignição. São 10,81 kgf.m de torque máximo já a 4.000 giros. Ou seja, muita força em baixas e médias rotações. A potência é de 77 cv a 6.100 rpm e a moto usa transmissão final por corrente e câmbio tem seis velocidades.

BOBBER_BLACK_07_2017
Com 77 cavalos de potência, o motor de dois cilindros desta Bonneville agora é todo pintado de preto

Quanto vai custar?

A Bobber Black terá duas opções de cores, ambas pretas, óbvio: Jet Black (preto brilhante) e Matt Jet Black (preto fosco). Esteticamente, várias peças receberam acabamento em preto: escape, pedal de freio e de trocas de marcha, cobertura de motor, moldura do farol, cubo de roda e aro. Juntou-se a esta lista um novo farol, lanterna e piscas de LED, assento único e painel com apenas um mostrador.

BOBBER_BLACK_09_2017
Farol, lanterna e piscas da Bonnevile Bobber Black usam uliminação de LED
BOBBER_BLACK_08_2017
Simples, o mostrador único oferece velocímetros analógico e um pequeno computador de bordo (LCD)

Infelizmente, a Bobber Black não estará no estande da marca inglesa durante o Salão Duas Rodas 2017, que acontece em novembro. Mas, segundo fontes ligadas à subsidiária brasileira da Triumph, o modelo chegará ao Brasil no primeiro semestre de 2018. Apesar das mudanças, o valor não deve ultrapassar a casa dos R$ 53.000 – a Bobber atualmente comercializada aqui custa R$ 49.990.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ seis = 15