Temporada 2012 do Mundial de Motocross termina em alta

0
263

O último Grande Prêmio da temporada de 2012 do Mundial de Motocross foi celebrado no último domingo, em Teutschenthal, Alemanha, e não poderia ter tido um final melhor: cerca de 40 mil espectadores testemunharam as vitórias de Antonio Cairoli (MX1) e Tommy Searle (MX2), e Ken Roczen, piloto da casa, terminando no pódio nas duas corridas do MX1.

Mundial de Motocross Foto: Divulgação

MX1
Antonio Cairoli, piloto da Red Bull KTM Factory Racing, conseguiu sua sétima vitória consecutiva, sua décima primeira na temporada e 58ª em sua carreira. O italiano estava muito feliz por ter vencido o último GP da temporada, vencendo as duas baterias com autoridade. Cairoli admitiu ter sentido dores no dedo mínimo direito, que havia machucado no sábado, no início da primeira bateria e precisou adaptar a sua posição de pilotagem, mas uma vez que ele se lidou com isso, conseguiu ultrapassar Roczen e Nagl. Na segunda bateria Cairoli foi o primeiro a chegar à primeira curva e ele conseguiu liderar a prova até a bandeira quadriculada.

Seu companheiro de equipe Ken Roczen terminou em segundo lugar geral no GP, na sua estreia na classe MX1, depois de terminar em terceiro e em segundo lugar nas corridas deste domingo. O piloto da Red Bull KTM Factory Racing teve um começo muito bom na primeira bateria e até conseguiu ultrapassar Cairoli, mas então sua moto parou e o alemão perdeu duas posições. Mais tarde na corrida, uma pedra atingiu seus óculos, ocasionando a entrada de muita sujeira em seus olhos. Mesmo assim Roczen ele conseguiu terminar em terceiro. A segunda bateria foi muito melhor para o piloto, que se manteve na segunda posição e garantiu o segundo lugar geral da etapa alemã.

Classificação do MX1 –Top 10:
1. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 692 pontos – CAMPEÃO

2. Clement Desalle (BEL, Suzuki), 594 pontos
3. Gautier Paulin (FRA, Kawasaki), 536 pontos
4. Christophe Pourcel (FRA, Kawasaki), 521 pontos
5. Ken de Dycker (BEL, KTM), 505 pontos
6. Kevin Strijbos (BEL, KTM), 405 pontos
7. Xavier Boog (FRA, Kawasaki), 398 pontos
8. Tanel Leok (EST, Suzuki), 381 pontos
9. Evgeny Bobryshev (RUS, Honda), 325 pontos
10. Rui Gonçalves (POR, Honda), 315 pontos

MX2
Tommy Searle, piloto da Team Floride Monster Energy Kawasaki Pro Circuit, terminou a temporada com uma vitória geral na Alemanha, depois de vencer as duas baterias em Teutschenthal. O piloto britânico conseguiu terminar em primeiro, mas admitiu que vinha andando no limite, estando prestes a cair em várias ocasiões. Na segunda bateria tudo foi muito melhor, ele começou na frente e dominou a prova até a bandeira quadriculada. O Grande Prêmio da Alemanha foi a última corrida de Searle com uma 250cc, já que se concentra na próxima temporada na classe MX1.

Jeffrey Herlings não começou muito bem na primeira bateria, e quando ele estava recuperando algumas posições sua KTM parou e ele teve que abandonar a corrida. Na segunda bateria do MX2, o Campeão do Mundo fez uma excelente prova, mas admitiu que Searle foi muito mais rápido e decidiu pilotar com segurança e garantir o segundo lugar.

Classificação do MX2 –Top 10:
1. Jeffrey Herlings (HOL, KTM), 694 pontos – CAMPEÃO

2. Tommy Searle (GBR, Kawasaki), 651 pontos
3. Jeremy van Horebeek (BEL, KTM), 559 pontos
4. Jake Nicholls (GBR, KTM), 443 pontos
5. Jordi Tixier (FRA, KTM), 434 pontos
6. Joel Roelants (BEL, Kawasaki), 367 pontos
7. Max Anstie (GBR, Honda), 333 pontos
8. Jose Butron (ESP, KTM), 291 pontos
9. Glenn Coldenhoff (HOL, KTM), 273 pontos
10. Dylan Ferrandis (FRA, Kawasaki), 272 pontos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


oito − 6 =