Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

Suzuki, Últimas

Começamos o novo ano com o pé direito… Teste da Suzuki Boulevard M1500R. Muito bom.

Grande, forte, bonita e se fosse comparar, creio, ela seria uma popozuda…

Boulevard best 10 Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

Texto: J. Dionysio

Fotos: J. Dionysio e Divulgação

Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

Brincadeiras a parte, a Suzuki Boulevard M1500R é uma moto de presença, com seu estilo e linhas harmônicas, dando um ar de potente e despojada, motor – 4 tempos, 2 cilindros V-Twin 45° com 8 válvulas, OHC, refrigeração líquida, gerando potência máxima 80 hp (métrico) a 4.800 rpm
, torque máximo 12,80 kgf.m a 2700 rpm. A entrega de potencia é considerável, permitindo acelerar e reduzir sem muitas trocas de marchas.

Com certeza é uma moto voltada para a estrada pois manobrar esta grande obra de arte não é muito fácil em pequenos espaços. Afinal são 2.410 mm de comprimento, largura 870 mm, 1.100 mm altura total, 1.690 mm entre eixos, distância mínima do solo 145 mm. Não são dimensões para serem desprezadas.

Boulevard 2 cópia Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

Os largos pneus radiais completam o conjunto desta popozuda, na dianteira 120/70ZR18M/C (59W) e na traseira 200/50ZR17M/C (75W).

A altura do banco ao solo é de 716 mm, aqui os menos favorecidos, vulgos “baixinhos”, agradecem, mas agora vem a consequência dos números, 328 kg de peso total com os tanques cheios (combustível, fluidos e lubrificantes), aí o “pouca sombra” chora.

Em seus detalhes notamos bem  as características desta estradeira, suas peças reforçadas e brutas, como os pedais de freio e câmbio apresentando chapas bem reforçadas, bem como a trava do guidão fica na base da mesa e ignição logo abaixo do assento do piloto, seguindo o estilo retrô da linha.

Boulevard 3 cópia Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

No teste urbano, mesmo com as avantajadas medidas, se comportou bem, claro que todas as manobras foram feitas com muito cuidado e atenção. Os parrudos freios duplos na dianteira e disco simples na traseira, parecem sofrer um pouco para segurar esta enorme máquina.

É sempre bom lembrar que temos mais de 300 Kg de massa bruta para segurar e não exagerar com os 80 Cv empurrando, pois tudo isso tem que parar, e frear em  cima, não é uma boa técnica. Claro, acredito que nossa função é alertar o leitor quanto ao que experimentamos e a primeira impressão, é evidente que quanto mais íntimos fica o piloto com seu equipamento, mais tranquila fica a pilotagem, acredito que a experiência e cautela são nossos grandes aliados.

Retrovisores bonitos, bem posicionados oferecendo boas opções de regulagens.

Boulevard 4 cópia Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

O grande banco tanto para o piloto, quanto para o carona são confortáveis, bem ao estilo desta big custom. Design e aerodinâmica deixando a posição das pernas bem confortáveis. O design agrada muito, pois o desenho favorece muito a aerodinâmica, com uma grata surpresa, pois ao andar na casa dos 120 Km/h, foi bem tranquilo, não sentindo a pressão do vento no capacete, quase como se tivéssemos com uma bolha protetora.

Câmbio de 5 marchas e transmissão por eixo cardã, uma boa para os folgados que não querem fazer manutenção e para as patroas que terão uma garagem mais limpa.

Boulevard 7 cópia Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

Tabela Teste Avaliação Boulevard 1500 João1 Suzuki Boulevard M1500R: grande, forte e bonita

1 comment

  1. A Suzuki fabrica ótimas motos. Eu gosto do jeito japonês de interpetrar a loucura americana. Outra coisa: o motociclismo é maravilhoso justamente pela variedade de opções. Você nunca fica desamparado quando o assunto é moto: sempre tem uma exatamente para o seu gosto. Um dia quero ter uma cruiser grandona. Por enquanto vou de big-trail.

    Responder

Comentário Best Riders


6 + cinco =