Suzuki apresenta Intruder C1500T 2013 na Alemanha

4
1556

Suzuki Intruder C1500T 2013Foto: Divulgação

A última revelação da Suzuki no Intermot (Salão de Colônia, na Alemanha) foi o modelo 2013 da Intruder C1500T. A motocicleta agora possui um motor bicilíndrico em “V” a 54 graus de 1.462 cm³, refrigerado a líquido e 4 válvulas com comando SOHC. A moto contém 5 marchas e o sistema SCAS (Suzuki Clutch Assist System – sistema de embreagem assistida Suzuki). Uma tecnologia que nasceu com as motos de competição, que funciona da seguinte maneira: o sistema de embreagem assistida pressiona os discos de embreagem em condições de alta velocidade e diminui a pressão em condições de redução, deixando o manete de embreagem leve e as trocas de marchas mais fáceis.

Na parte de acessórios, agora a moto sai da concessionária com alforjes laterais rígidos e um grande para-brisa. O painel de instrumentos é muito completo, oferecendo velocímetro e indicador de combustível analógicos, luzes-espia e display multifuncional. E a lanterna traseira é de LED.

Suzuki Intruder C1500T 2013

4 COMENTÁRIOS

  1. BELA MOTO = “Estilosa Retro”
    Sintom-me retornando aos anos 50, quando motos não tinham cromados.
    Dependendo do preço é melhor comprar essa nova, do que envelopar de preto fosco a minha velha.
    Valeu, Daniel.

  2. Aposta muito bem acertada da Suzuki nessa Intruder.

    Essa moto vai de encontro a um público que não gosta das Custom clássicas por achar muito espalhafatoso o uso exagerado de cromados, bolsas com mais cromados, motor cromado, rodas cromadas, acaba ficando um abre-alas.

    Esse modelo segue 100% Custom, porém mais clean e discreta.
    Além do conforto para viagens e dos avanços, esses alforjes ficaram lindos, cairam muito bem na moto. Parabéns Suzuki!

  3. Gostaria de primeiro parabenizar pela máquina maravilhosa (suzuki intruder c 1500t 2013).

    Gostaria de saber se este belo exemplar tambem vai ser comercializado e fabricado no Brasil???

    Tenho uma moto custom de 950 cc e pretendo subir de cilindrada em breve, mas tenho preferencia por motos com linhas mais clássicas/tradicionais, como a Suzuki desta reportagem.

    obrigado e um abraço.

    Wandré

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


sete − = 6