Se Beber não dirija… Pilotar pode? O que mais?

14
557

Pista EscorregadiaDe moralista eu não tenho nada, eu só aprecio histórias que “param em pé”. Se tem início, meio e fim, muito provavelmente eu vou entender. Mas quando olho para o picadeiro cotidiano e vejo personagens sob uma mesma lona do Estado encenando uma peça chamada “Se Beber não Dirija”, a conta não fecha… Fica faltando pecinhas no quebra-cabeças, o que torna uma obra non-sense, um teatro do absurdo. E a vida como ela é não perdoa peças insólitas, ela manda a conta depois do espetáculo.

“Respeitáááááável público, no picadeiro o homem que involui!!!” Brada o mestre de cerimônias.

Se beber não dirija...free drinks

Ato um: Sabadão; 13:00h.; bar lotado; várias motocicletas de alta cilindrada à porta; Billy the Kid estaciona a sua ao lado da frota

Ato dois: que venha a primeira gelada; e um Steinhäger para rebater

Ato três: 14:00; nosso herói olha o cardápio, já pede um uísque da marca “Se Beber não Dirija” on the rocks duplo ao som de B.B.King

Se beber não dirijaAto quatro: 15:00; Billy the Kid, já está extremamente simpático e começa a anunciar amigos através do bar curtindo e dançando Born to be Wild! “Yeah baby”, ele está wiiiiild! Pede mais uma cerveja do tipo “Beba com Responsabilidade”.

Ato cinco: 18:00: tudo parece se encaixar em sua vida; bar; amigos (vários novos); mulheres; motos; aparência selvagem; e Clapton na vitrola!

Beber vodkaAto seis: 22:00; a festança está comendo solta em um estágio próximo ao de “ninguém-é-de-ninguém”; o estabelecimento recebe a ilustre visita de alguns oficiais do Estado; entram, passam por Billy the Kid jogado próximo ao balcão conversando com a sua amiga coluna, vestindo sua camisa decorada com rápidos regurgitos de baba colorida; verificam se há menores; e saem. Com certeza imaginam que toda a multidão não está relacionada com os veículos de duas rodas estacionados no exterior do bar; pois certamente todos os senhores barbados e em estado simpático chegaram e vão embora de táxi ou, como de costume, os pais virão buscar.

 

Se beber não piloteAto sete: 22:30; o bravo Billy the Kid entra na fase de busca: cadê a minha chave; cadê a minha carteira; onde foi parar a minha mulher (ficou em casa); alguém viu o meu celular; esta fase geralmente culmina em transformar alguns das dezenas de amigos instantâneos em desafetos em minutos; começando a derrocada do herói.

Ato oito: depois de tirar água do joelho no poste amigo em frente do bar ao som de “Ticket to Ride” no jukebox, Billy the Kid sobe em sua montaria e segue para o seu destino que as vezes é logo na esquina.

Epílogo: a ser definido… Você que escreve, podem deixar inclusive nos comentários.

Camiseta BADDA gente usa uma parábola divertida para falar de algo sério. Nos Estados Unidos há verdadeiras cruzadas sobre pilotar e dirigir bêbados, nada moralista e sim realista, eles têm inclusive um fundo para suportar acidentados enquanto aguardam uma compensação do Estado. Há várias celebridades envolvidas que doaram ou dinheiro ou artigos para serem leiloados, como David Bowie, Bob Dylan, Ian Anderson (Jethro Tull), entre outros, e para não ficar fazendo discurso de sofá, eu deixo o link do BADD – Bikers Against Drunk Drivers, ou em latim modificado: Motociclistas Contra Motoristas Bêbados.

Se Beber não dirija, não pilote, e muitas outras coisas mais…

Mas os meios de comunicação continuam batendo na tecla de não beber e dirigir, então o titio vai dizer a lista de coisas que, depois de beber, não são muito legais e não cultivam amigos, namoradas, namorados, ficantes, tampouco cachorros:

Jovem, se beber… não regurgite na mesa; não estrague a festa dos outros; não urine no armário; não fique pelado em público; não quebre a sua casa; não bata em familiares, na verdade, não bata em ninguém; não apanhe também; não brigue na rua; não maltrate animais; não chame todo o bar de seu melhor amigo; não fale cuspindo na cara dos outros; não faça necessidades fisiológicas nas calças; nem no chão, nem na cama; não mande mensagens para o seu chefe, aliás, não escreva nada, Hemingway era um dos poucos que escrevia bêbado, revisava sóbrio, e o resultado era algo aproveitável; no caso de machos, se ainda tiver uma ereção, não faça sexo inseguro; saiba com quem (ou o que) você está fazendo sexo seguro, não assine contratos, aliás não assine nada! Não faça compras pela internet, melhor: não use a internet! ah! NÃO DIRIJA! E também não pilote. Agora podem emborcar o próximo copo. E…

Keep Riding!

14 COMENTÁRIOS

  1. Billy the Kid, como era de se supor, além de rápido para disparar bebidas alcóolicas goela a baixo, também era especialmente rápido em seu cavalo de aço. Naquela noite, assim como em tantas outras, todo desequilíbrio causado pelos gorós ficou para trás assim que montou.

    Acelerou firme apoiado pela costumeira valentia adquirida com a bebedeira.

    Era conhecedor de cada palmo de seu curto trajeto, mas naquele dia não contava com aquele distraído garotinho andando de skate em seu caminho. O experiente Billy desviou rapidamente, mas sua agora indócil montaria, num surto de insubimissão, o levou ao chão.

    O garotinho nada sofreu e Billy continua a frequentar o mesmo bar e a se refestelar com o mesmo “se beber não dirija”. A única coisa que mudou em sua vida, além da cadeira de rodas que agora o transporta, é a saudade da liberdade e do vento batendo em seu rosto.

    • João “Motonauta” Tadeu,

      cara, muito grato por comentar meu irmão, e não preciso dizer que também admiro seus textos e site!!! Grande abraço parceiro!

      Severo

    • nandujapa,

      obrigado por compartilhar. Não sei se li direito, mas no extenso texto com mais de 50 itens de dicas e orientações, fala-se de ipod, olhar bem, frear bem, ser paciente, usar equipamentos, mas NADA sobre beber e pilotar… acho que faltou isso, que inclusive é o tema do meu texto.

      Abraço,

      Roberto Severo

    • Obrigado Marcio,

      Aproveitando as palavras de seu comentário, o espetáculo de Billy the Kid tem que continuar! 😉

      Grande abraço,

      Roberto Severo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


dois × 3 =