Como chegar no Mundial de Motocross?

0
603

Com apenas dois dias para a disputa da quinta etapa do Campeonato Mundial de Motocross, os preparativos seguem em ritmo acelerado. Para quem nunca viu a disputa de perto, e quer se informar sobre a corrida, estamos fazendo um miniguia para o turista de primeira viagem. Abaixo estão todas as informações que você precisa saber sobre o campeonato.

O evento será realizado no Beto Carrero World, o famoso parque de diversões catarinense, localizado na Rua Inácio Francisco de Souza, número 1.597. Quem mora em São Paulo e quiser assistir de perto os pilotos brasileiros terá que viajar por 590 quilômetros, em um percurso estimado 7 horas de viagem, grande parte pela rodovia Régis Bittencourt.

Os ingressos estão à venda para os setores: Arquibancada Geral, Torcida Vip e HC Vip, que serão válidos para os dois dias de competições. Quem preferir Arquibancada Geral, o valor de entrada será de R$ 50,00 e R$ 25,00 meia entrada.

Quem estiver afim de um pouco mais de mordomia, poderá ver a corrida em uma arquibancada coberta e com a visão privilegiada para assistir a largada e o salto de chegada. O setor Torcida Vip (setor 3) oferece visitação ao Box – horário a ser determinado pela organização. Além disso, quem adquirir o ingresso ganhará na hora um ticket válido para o domingo (20), com direito a uma camiseta personalizada e um kit lanche. O ingresso custa R$ 150.

O HC Vip, localizado no setor 4 do circuito e no alto do 2ª andar, está na reta do salto de chegada e tem visão de quase toda a pista de 1.950 metros. Possui serviço completo de buffet no último dia e visitação ao Box – também com horário a ser determinado pela organização. O valor da entrada é de R$ 280 para os dois dias.

Vale lembrar que os ingressos são limitados e que acabados os lotes antecipados não serão vendidos na entrada do evento. Todo ingresso tem valor individual e o estacionamento deverá ser pago à parte.

Próximo do evento, tem o Hotel Brasil, que está localizado a 10 minutos do parque. Lá o visitante terá acesso a quartos com capacidade para até seis pessoas, tv, ar-condicionado, frigobar, cama box, recepção 24 horas, café da manhã incluso, estacionamento coberto e fechado, internet wireless, computadores, edícula com churrasqueira e playground.

O Beto Carrero World dispõe de uma grande Praça de Alimentação, com capacidade para 2.500 pessoas, num ambiente coberto por uma estrutura metálica. São oferecidos inúmeras opções de refeições que variam entre lanches rápidos e comidas caseiras, massas e frutos do mar. Além da Praça de Alimentação, o visitante encontrará inúmeros pontos de lanchonetes e restaurantes pelo complexo, com características típicas adequadas à área temática em que se encontra.

Os pilotos brasileiros que representarão o Brasil no Mundial de Motocross, nas categorias MX1 e MX2, foram anunciados no dia 8 de maio. Em depoimento divulgado no site do ESPN Brasil, o presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), Firmo Alves, afirmou que a escolha dos pilotos seguiu o critério dos melhores ranqueados no Campeonato Brasileiro de Motocross 2012.

“Não podemos privilegiar um ou outro piloto, quando recebemos o número de vagas, optamos pelo mais sensato, os primeiros do ranking nacional”, declarou.

Quatorze competidores nacionais terão a responsabilidade de levar o nome do Brasil na pista catarinense, sendo sete de cada categoria. Com cinco pilotos, São Paulo é o estado com mais representantes na disputa: Marcello Lima, Eduardo Lima, Hector Assunção, Thales Vilardi e Anderson Amaral. O Rio Grande do Sul conta com três atletas: Marçal Müller, Leonardo Sebben e Leonardo Lizott. Já Santa Catarina e Paraná depositam suas fichas em dois competidores cada: Gustavo Henn e Leandro Smakovicz (SC) e Jean Ramos e Leandro Silva (PR). Wellington Garcia e Jorge Balbi Júnior são os representantes dos Estados de Goiás e Minas Gerais, respectivamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


cinco + 3 =