Mulheres e Moto: Sábado, compromisso garantido e Pé na Estrada!

2
572

Mulheres e motosFotos: Reprodução/Igor Estrela

Os homens que me perdoem, mas aqui as mulheres também vão invadir!

– Calma (1): Não se assustem o espaço de vocês ainda é grande demais, mas com jeitinho vamos ocupando território, e quem sabe, para nos unir ou dominar;
– Calma (2): Queremos mais é nos unir e aprender com vocês “o jeitinho motociclista de ser”, e assim criar nossa própria identidade, ou melhor, destacar melhor nossa identidade.

Comecei há pouco a me interessar por este assunto e este mundo enorme do motociclismo, que muitos acreditam ser pequeno até realmente adentrarem neste universo. E minha surpresa foi descobrir a quantidade de mulheres motociclistas!

Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, em 2011, o público feminino comprou 25% da produção. Em 2001 foram 17%. Um ótimo crescimento ao longo dos anos e acredito que este número será o dobro em pouquíssimo tempo. Vamos aguardar novas estatísticas!

Quero compartilhar com vocês um pouco do perfil da mulher motociclista, lembrando que isto será uma média e conto com a ajuda de todas para sempre aperfeiçoarmos ainda mais. Em todos os artigos que farei, vou mostrar que não existe regra e muito menos um perfil exato para quem anda de moto, ao contrário, EXISTE APENAS PAIXÃO!!!

Não sei se todas as mulheres leram a revista Claudia de outubro/12 , da Editora Abril, mas foi ela a inspiradora (além de outras pessoas, claro) para que eu pudesse criar aqui no Best Riders uma parte feminina, ou seja, dar um toque “doce” ao site.

Na matéria apresenta-se um grupo de 13 mulheres de Brasília que se reúnem aos sábados para o que elas consideram o “relax” da semana, onde podem viver uma história apenas delas, onde família, filhos, casa e profissão ficam por apenas um dia de lado, onde o momento é somente delas. A união destas 13 mulheres é grande, viajam em comboio e uma delas diz: “Saímos juntas e, haja o que houver, voltaremos juntas”.

Criaram também até seus próprios códigos na estrada. Primeiro elas definiram duas capitãs de estrada, onde guiam as outras. Seus sinais são: pé para fora do pedal significa buraco na pista; soquinhos no ar indicam apertar o acelerador; braço à direita ou à esquerda dá a direção da curva a seguir e assim seguem os seus 80, 90 e 110 quilômetros por hora.

A amizade entre estas 13 mulheres vai além das duas rodas, elas são confidentes e ajudam sempre umas às outras. A faixa etária delas pouco importaria, mas acho legal compartilhar com vocês, afinal estamos falando de mulheres experientes com suas idades de 35 e 47 anos, e não apenas de “menininhas”. Inclusive profissionais muito diferentes umas das outras, mas foram as duas rodas que as uniram. E assim como elas mesmo dizem: A amizade será por um longo tempo .

E nós do Best Riders adoramos e acreditamos também que será por um longo tempo, assim como uma estrada com o pôr do sol no infinito.

Mulheres sobre duas rodas

Eu realmente adorei a matéria e super indico.

Adoraria saber um pouco da histórias de todas vocês: mulheres motociclistas, cheias de personalidade e opinião forte!

Beijos e até a próxima!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ 1 = dois