Royal Enfield Himalayan: a trail aventureira da Marca

0
506

A Royal Enfield adentrou o mercado brasileiro em 2017 e agora lança Himalayan, sua trail aventureira. O novo modelo é diferente das clássicas que a marca lançou no Brasil e vem com a meta de expandir a marca no território brasileiro

himalayan_1

Fotos: Divulgação

Himalayan – a nova aventureira que vem desbravar o Brasil

Em 2017 a Royal Enfield adentrou o Brasil, trazendo seus clássicos modelos Bullet, Classic 500 e Continental G. A marca avançou de forma mansa, concretizando em 2018 o volume de vendas de apenas 522 motocicletas. Mas agora a marca revela sua intenção de expandir, lançando seu novo modelo: Himalayan, uma trail aventureira completamente diferente dos modelos lançados pela marca, com a qual a Royal Enfield pretende conquistar o mercado brasileiro.

3

Toda a inspiração e engenharia que concebeu a aventureira vem realmente da cadeia montanhosa do Himalaia, portanto, a trail foi desenvolvida para ser capaz de enfrentar cenários inóspitos, e segundo Arun Gopal, Diretor de Negócios Internacionais da marca, “foram mais de dois anos de trabalho intenso, com a participação direta de todos os principais executivos da empresa para chegar a esta moto”. Com a motocicleta, a Royal Enfield pretende alavancar suas vendas no território brasileiro e tem o plano de abrir mais 10 lojas no país até o final de 2019. O modelo já está disponível na loja da marca em São Paulo, nas cores Granite (Preto) e Snow (Branca). Os acessórios disponíveis são as malas e o mata-cachorros.

himalayan_2

O design da Royal Enfield Himalayan difere das trails tradicionais. Ele é compacto e é semelhante ao da BMW R 80 GS dos anos 80, que levou a Alemanha às vitórias no Rally Dakar. A altura do banco é de 800mm, o que deixa a aventureira ao alcance de o piloto mesmo de baixa estatura. O tanque de 15 litros leva a marca e conta com uma proteção tubular de ambos os lados. Seu farol é redondo e protegido por uma bolha.
Seu assento é em dois níveis, com tecido anti-derrapante. As pedaleiras e o guidão permitem posição confortável para o piloto. A traseira conta com farol de LED e um bagageiro compacto, mas muito prático. As rodas são raiadas e contam com aro 21″ na dianteira e 17″ na traseira, sendo os pneus Pirelli MT60.

himalayan_4

O escapamento chega a remeter as motos street, partindo do lado direito da motociclieta e acompanhando o chassi na linha inferior para subir à altura da metade da roda traseira. O chassi foi feito de aço tubular no formato de berço duplo, o que sustenta a estrutura e oferece agilidade e equilíbrio.

Quanto às suspensões, a Himalayan conta com garfo telescópico na dianteira com tubos de 41 mm e 200 mm de curso, enquanto na traseira há um amortecedor central com link, 180 mm de curso e regulagem da pré-carga da mola com porca -castelo. Os freios são à disco nas duas rodas, com 300 mm na dianteira e 240 mm na traseira e ABS não comutável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


6 + quatro =