Dafra Roadwin 250 chega às concessionárias por R$ 12.490

14
1726

Fonte/Fotos: Assessoria de Imprensa da Dafra

Começa a chegar na próxima semana na rede de concessionárias a mini-esportiva DAFRA Roadwin 250R. O modelo foi apresentado oficialmente ao público no último Salão Duas Rodas, em outubro de 2011, e chega ao país a partir da parceria estratégica da empresa brasileira com a coreana Daelim.

O modelo tem preço público sugerido de R$ 12.490,00 e inaugura a entrada da marca no segmento de 250cm³. Ainda no primeiro trimestre de 2012, a DAFRA recebe o reforço de outra novidade na categoria, a street Next 250, modelo em parceria com a SYM.

“Estamos muito felizes em apresentar aos motociclistas brasileiros a nova Roadwin 250R, nossa mini-esportiva e primeira motocicleta da categoria 250cc, que é um segmento em desenvolvimento no País, mas que possui muitos fãs”, diz Francisco Stefanelli, vice-presidente da DAFRA. “Fizemos questão de lançar um produto com um belo design e esportividade em todos os detalhes, mas que tivesse um preço super competitivo. Aliás, a partir de agora, e também mais à frente com a chegada da Next, nossa linha começa a ficar mais completa e traz a possibilidade de ascensão do motociclista dentro de nossa marca. Esse é um dos nossos objetivos e estamos trabalhando para isso diariamente”.

Dafra Roadwin 250 – Inaugurando uma nova parceria com a coreana Daelim Motor, a Dafra apresentou a Roadwin 250, um modelo de pequeno porte e visual esportivo para brigar no nicho atualmente disputado por Kawasaki Ninja 250R, Kasinski Comet GTR 250 e, a partir de 2012, Honda CBR 250R.

Além da vistosa carenagem e de um conjunto frontal bastante agressivo com duplo farol (lembra muito algumas motos da Aprilia), esta 250 ressalta seu aspecto esportivo com um painel digital completo e traseira com lanterna de LED (exclusividade da versão brasileira).

A Dafra informou que um dos pontos mais trabalhados pela engenharia foi a ergonomia, tudo para conseguir uma posição de pilotagem que, ainda que esportiva, possibilite pilotar a motocicleta em grandes percursos urbanos ou rodoviário sem sobrecarregar o piloto.

O motor é um monocilíndrico, DOHC, de 247 cm3 com quatro válvulas e sistema de injeção eletrônica. Com arrefecimento líquido, alcança potência máxima de 24 cv a 9.000 rpm, torque máximo de 1,9 kgfm a 7.000 rpm e é capaz, segundo a marca, de levar a motocicleta à velocidade máxima real de 130km/h. Além disso, para obter melhor desempenho e maior durabilidade do motor, o sistema de resfriamento é líquido com radiador.

A Roadwin 250R é equipada com duplo disco de freio na dianteira e a disco simples na traseira, rodas de liga-leve aro 17” e pneus Pirelli SportDemon nas medidas 110/70-17 na dianteira e 130/70-17 na traseira.Sem preço divulgado, ela chega no primeiro trimestre de 2012 nas cores vermelha e branca.

Roadwin 250- Especificações técnicas

Dimensional
Altura 1.180 mm
Largura 778 mm
Comprimento 2.025 mm
Distância entre eixos 1.390 mm
Altura mínima do solo 139 mm
Altura do banco 780 mm
Peso máximo admissível 150 kg
Peso em ordem de marcha 173 kg
Motor
Tipo 4 tempos, monocilíndrico, OHC, refrigeração líquida
Disposição do cilindro Vertical
Diâmetro x Curso 73,0 x 59,0mm
Cilindrada 247 cm³
Folga de válvulas
Admissão 0,15  mm
Escape 0,20  mm
Taxa de compressão 11,0:1
Potência máxima 24 cv a 9.000 rpm
Torque máximo 18,9 N.m a 7.000 rpm
Sistema de Injeção (tipo) KEFICO
Combustível Gasolina C
Rotação de marcha lenta 1.700 +/-150 rpm
Sistema de Partida Elétrica
Velocidade máxima 130 km/h
Filtro de ar Elemento de papel
Sistema de lubrificação Forçada por bomba trocoidal
Filtro de óleo Malha metálica e elemento de papel
Chassis
Tipo Berço duplo
Suspensão dianteira
Tipo Telescópica
Curso 128 mm
Suspensão traseira
Tipo Braço oscilante monoamortecido
Curso 26 mm
Rodas Liga-leve
Freio dianteiro
Tipo Disco duplo
Diâmetro 290 mm
Acionamento Hidráulico
Número de pinças 02 com 2 pistões de acionamento
Freio traseiro
Tipo Disco
Acionamento Hidráulico
Diâmetro 220 mm
Número de pinças 01 com 2 pistão de acionamento
Pneu dianteiro
Medida (mm) 110/70-17
Calibragem
Apenas com condutor 29 PSI
Carga máxima 29 PSI
Pneu traseiro
Medida (mm) 130/70-17
Calibragem
Apenas com condutor 29 PSI
Carga máxima 32 PSI
Transmissão
Embreagem Multi-disco banhada a óleo
Redução primária 2,846
Redução final 3,154
Relação de Transmissão
2,538
1,867
1,438
1,105
0,923
Capacidade
Óleo do motor
Especificação API SL, JASO MA, SAE 10W40
Quantidade após drenagem 1,3 litro
Quantidade após drenagem c/ filtro 1,35 litro
Quantidade após desmontagem 1,5 litro
Tanque de combustível
Total (com reserva) 15 litros
Reserva 2,0 litros
Líquido de arrefecimento
Especificação Monoetilenoglicol inorgânico
Quantidade após drenagem 1 litro
Quantidade após desmontagem 1,1 litro
Óleo Suspensão dianteira
Especificação ATF
Fluido de freio
Especificação DOT 4 ou Superior
Sistema elétrico
Sistema de ignição Transistor (ECU)
Vela de ignição
Fabricante/Modelo NGK/CR9EH-9
Capacidade do fusível 30 A (principal) / 15A x 4
Bateria 12V 10Ah
Lâmpada do farol 12V – 55W (Baixo); 55W (Alto)
Lâmpada de seta
Dianteira 12V – 10Wx2
Traseira 12V – 10Wx2
Lanterna traseira/luz de freio LED
Lâmpada dos instrumentos LED
Indicador de neutro LED
Indicador de farol alto LED
Indicador de luz de seta LED

14 COMENTÁRIOS

  1. 130 de velocidade real, igual a todas 250 monocilindrica do mercado oras… hondeiro que enche o saco lembrem se a honda tem uma 300 monocilindrica q nao anda porra nenhuma… e a cbr 250 que ta vindo tbm é mono e a potencia tbm é bemmmmm inferir em relaçao a ninjinha e a comet. prestem atençao

  2. mandou bem tenho uma kansas 2008 comprei faz 6 meses ,troquei vela e luz do freio coloquei de led,motivo e sei andar com moto lixo na mao de pessoas com zelo vira arte,mas arte na mão de muleque vira sucata,comprei usada viajei 549km gastei 14 litros , amoto não cai a rotação na subida fiquei admirado com isso,ja tive cg,fan ,150,yamaha,suzuki de baixa cilidrada todas caem muito faço teste com qualquer um essas motos dafra na verdade ,tem que ter um pequeno conhecimento com moto.

  3. Já vale pela concorrência! Mesmo supondo que seja inferior as concorrentes,o fato dela custar menos deve influenciar até mesmo o próximo lançamento(leia Honda CBR 250R) e isso já é uma grande coisa.
    Por foto, achei bem bonita, quero vê-la pessoalmente e ver uns testes antes fechar negócio(ainda não resolvi nada já que por fotos gostei da Comet, da Ninja, da Roadwin e da CBR).
    Discordo com quem diz que quem quer uma moto dessa quer que ela ande, quem tem entre 10 e 20 mil e quer correr deveria comprar uma SS usada. Eu quero uma moto dessa pelo visual e que me sustente com garupa a 120 km/h(limite do meu juízo).
    Assim como a Comet ela é coreana, o que hoje em dia é um ponto positivo, fora isso, só o Best Riders e/ou outros testes poderão dizer.
    Outra coisa galera, antes de detonar, pelo menos andem na moto pra dizer se presta ou não, na net tem muito moleque de 15 e 16 anos que nunca subiu numa moto e fica falando que moto X ou Y não presta ou é fenomenal. Bem vinda Roadwin e vamos ver como ela se comporta.

  4. Eu acho a moto bonita, na boa, acho que vai fazer bastante sucesso, tenho uma apache 150 dafra, e ela nunca me deixo na mão! num sei pq essa coisa tosca de ir pela marca da moto! muita babaqui-se da parte de vcs!

  5. Realmente quem compra uma moto 250cc carenada procura um desempenho um pouco melhor do que as 250cc comuns. Acho que é forçar a barra falar que ela está no mesmo segmento da Ninja 250, Comet GTR 250 e da CBR 250R. As duas primeiras são Bi Cilíndricas e a CBR da Honda embora seja monocilíndrica, anda tão bem quanto a ninja e a comet (vide vídeos de testes entre elas feitos na europa).
    A moto realmente é pesada para a potência que ela tem….. Pode até ser bonita a moto mas eu não compraria.

  6. Quem compra uma moto desta categoria quer que ela ande. A ninja 250r chega a 170. Agora andar só a 130… E ser quase o mesmo preço das concorrentes… Não vai vender nada… Ainda mais porque é uma dafra…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


6 + = quinze