Rizla Suzuki fora do Mundial de Motovelocidade em 2012!

0
549

Fotos: divulgação

Aconteceu aquilo que temíamos: a Suzuki vai deixar o Mundial do MotoGP em 2012. Triste para os fãs da motovelocidade que, pela primeira vez, não verão a fabricante japonesa no grid de largada após 41 anos de participação.

Em meados de junho já haviam rumores da saída da Suzuki do MotoGP, entretanto,  na época, Paul Denning, chefe de equipe, chegou a conversar com os dirigentes da Dorna e disse que continuaria no grid em 2012, porém com a mesma moto da atual temporada (de 800cm³, enquanto as outras equipes já anunciavam suas 1000 cm³ para 2012).

 

Paul Denning, o mensageiro do fim

Infelizmente o pior aconteceu, nada de moto de 1000 ou 800cm³, a Suzuki está fora do mundial de vez. A informação ainda não é oficial, mas praticamente é… já que os executivos japoneses preparam uma declaração para a próxima semana.

Os membros da equipe Rizla Suzuki foram informados na semana passada da situação. Em e-mail para os membros de sua equipe Paul Denning não confirmou a retirada da equipe, com  a explicação de que ainda espera o anúncio oficial vindo do Japão. “Mas quanto mais tempo a situação não é clara,  mais negativa torna-se”, escreveu a seus colegas de trabalho, os preparando para o pior.

Alvaro Bautista, o substituto de Simoncelli na Gresini

Alvaro Bautista, piloto da Suzuki em 2011, sabendo da situação que se arrastava por meses, não pensou duas vezes em aceitar a oferta da San Carlo Gresini para substituir Marco Simoncelli em 2012.

A Suzuki teve dificuldades em 2011 devido a situação econômica mundial passar por um momento muito frágil. Além da redução nas vendas,  a fabricante japonesa teve problemas com a Volkswagem que detém 19,9 % de suas ações. Outro fator que favoreceu a despedida da Suzuki do MotoGP em 2012 foi a diminuição nas vendas das superbikes e o aumento das vendas dos scooters, que fez com que a fabricante optasse por investir seu dinheiro mais no segmento de baixa cilindrada em 2012.

Pois é, nada mais de loirinhas policiais de azul no grid de largada. A Suzuki abandona o mundial de motovelocidade depois de 41 anos de participação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


5 − = quatro