Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Destaque2, Impressões, Notícias, Testes, Últimas

tunel Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Chegou o momento em que todos esperavam, inclusive eu. Fiquei ansioso quando os funcionários da Dafra tocaram a campainha do portão da Best Riders para entregar a pequena Next 250, um dos principais lançamentos do ano. Por sinal, de pequena a nova naked não tem nada. Para sanar todas as expectativas que o modelo gerou nos amantes das suas rodas fizemos mais do que uma simples avaliação. Testamos o modelo na estrada e na cidade e comparamos a novidade com o modelo mais antigo e líder de mercado: a Honda CB 300 R. Quais são as vantagens de cada uma? Valores? Consumo? Descreveremos prós e contras abaixo.

Em primeiro lugar, preciso dizer que fiquei muito satisfeito com o rendimento da Next em vias urbanas. O motor monocilíndrico, 4 tempos, responde muito bem em todas as marchas (ter seis é um diferencial). Sobra potência com seus 25 cv para arrancadas rápidas, que tem como diferencial ser único entre os concorrentes a contar com refrigeração a água. Você poderá rodar por quilômetros a fio e não sentirá aquele calor desconfortável nas pernas.

Uma coisa que me agradou bastante foi o capricho dos mecânicos com o desenvolvimento dos detalhes do acabamento da moto. Além de ser linda, ela conta com pequenas carenagens de material de excelente qualidade e um protetor de farol (outro diferencial do modelo). O painel oferece todas as informações básicas e adicionais que o piloto pode precisar. Além dos itens comuns à CB, duplo hodômetro, velocímetro digital, conta-giros, marcador de combustível e relógio, a Next tem indicador de marcha, de temperatura da bateria e data da próxima troca de óleo. Tudo digital! O painel conta ainda com um marcador que registra a velocidade máxima alcançada (algo meio inútil, mas tem).

Dafra 26 Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Acho que de todos esses itens, o mais interessante é o indicador de marcha engatada, principalmente para o uso urbano. É bom parar no farol e saber com certeza qual marcha está engatada. Ainda falando do painel, o marcador luminoso do pisca me incomodou um pouco. Há somente uma luz do lado esquerdo que não indica para qual sentido foi acionado. Por diversas vezes quando fui dobrar à direita, conferi por uma segunda ou ainda uma terceira vez se tinha dado o sinal para o lado certo. Talvez depois de algum tempo a gente se acostume com essa característica. Mas nos primeiros dias rodados isso é bem incômodo.

As 50 cilindradas a menos que a CB não afetam em quase nada o desenvolvimento da Next. As duas motos alcançam praticamente a mesma velocidade final e têm respostas semelhantes nas primeiras e últimas marchas. Uma desvantagem da Next para a CB é a maneabilidade. O modelo da Dafra parece um pouco duro, apesar dos 156 kg em peso seco. Fato é que ela esterça bem menos que a sua concorrente e muitas vezes é preciso ‘manobrar’ para mudar de faixa. Um inconveniente que poderia ter sido corrigido antes do lançamento.

Dafra 22 Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Os freios a disco são tão bons quanto os da CB 300. O dianteiro ainda conta com quatro regulagens no manete. Eles só perdem para a versão concorrente com C-ABS. A Dafra poderia ter fornecido esta opção para os usuários mais exigentes que prezam por segurança. Ponto para a Next são as suspensões. O conjunto bem equilibrado amortece bastante os impactos encontrados pelo percurso. E a dianteira, telescópica com curso de 110 mm, supera de longe a dureza da suspensão da CB (falarei mais adiante sobre ela).

A posição de pilotagem é mais esportiva, mas não deixa de ser confortável. Destaque para o assento: tem formato anatômico e é mais macio que o da rival. Os retrovisores são altos e passam facilmente pelo dos carros no corredor, outra boa característica da moto para o uso na cidade.

Dafra 24 Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?Entretanto, os projetistas da Dafra esqueceram de pensar no garupa e levaram mais em conta o design. Os pedais de apoio dos pés são muito altos, e assim as pernas do garupa ficam em um ângulo desconfortável. Isso sem falar na alça de apoio, que tem uma pegada que machuca a mão. O assento também é pouco confortável. Já a suspensão traseira Monoshock, com 125 mm de curso, amortece bem o impacto.

Na estrada, a Next ficou um ponto à frente da CB no quesito conforto. Rodei por duas horas e meia seguidas e não tive necessidade de fazer nenhuma parada para descansar. Realmente o assento é bem macio, como comprovei em tiradas curtas na cidade. Exigindo o máximo do motor, a moto fez um total de 21,3 km/l. Ponto negativo que encontrei foi o sistema de iluminação. Em viagens à noite, o farol dianteiro oferece pouca abrangência e a luz alta menos ainda. Então cuidado ao percorrer por rodovias ermas.

Falemos agora um pouco sobre a CB 300 R. Logo que sentei no modelo da Honda recordei da antiga CB 450, lá da década de oitenta, moto que muito andei na minha juventude. Com poucos minutos rodados percebi uma das características mais marcantes da moto: a suspensão dianteira bem dura. Sim, passados mais de 20 anos, a Honda não corrigiu este pequeno desconforto na pilotagem. Desleixo? Talvez não. Muitas pessoas podem preferir uma suspensão mais esportiva, mais adequada para a utilização em pistas extremamente lisas. Mas este não é o meu caso, e a princípio, também não é o foco do modelo.

IMG 6655 p Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Posso dizer que a CB 300 R se sai muito bem no uso urbano. As suas 291,6 cilindradas reais são mais do que suficientes para a pilotagem na cidade. Leve e estreita (pesa apenas 148 kg a versão com C-ABS e tem largura de 745 mm) ela é perfeita para o trânsito mais sobrecarregado e é muito fácil para manobras rápidas (como para trocar de faixas). Com 26,3 cavalos, não falta potência para pequenas ultrapassagens. Mas nada de querer bancar o velocista.

O câmbio é eficiente e apresenta marchas mais longas. Algumas vezes encontrei dificuldade de subir de marcha, dando aquela tradicional engatilhada com o acelerador. Mas ocorreram de forma pontual e espero que outros usuários não tenham encontrado essa mesma característica. Por sinal, o acelerador é bem sensível e um tanto irregular quando é necessário andar em velocidades bem reduzidas, principalmente quando se troca constantemente do ponto morto para a primeira.

IMG 6786 p Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Talvez o maior diferencial da CB 300 R sejam os freios. Ela possui disco simples na dianteira e na traseira e o sistema C-ABS, que garantem muita segurança na pilotagem. Para os detalhistas, o painel é bem completo: medidor de gasolina, indicadores de ponto morto, luz alta, piscas, relógio, duplo hodômetro, velocímetro digital e conta-giros. Mas tudo tem seus prós e contras. Não gostei da colocação dos piscas traseiros junto ao para-lamas. Outro detalhe que para mim remete a falta de capricho são as pequenas peças plásticas presas ao tanque como se fossem uma espécie de carenagem. São antiestéticas e podem se espatifar com o menor dos acidentes.

Uma coisa se pode garantir para as pessoas que pensam em adquirir esta moto. Ela realmente não esquenta de forma a incomodar o piloto. Ande a 140 km/h na estrada ou a baixas rotações na cidade e ela está sempre amena, sem queimar as pernas. Mas não se preocupe com os famosos estalos após desligá-la. Eles vão persistir por alguns minutos.

IMG 6720p Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

Já que toquei no assunto ‘estrada’, a CB 300 R quebrou uma antiga ilusão minha. O rendimento em velocidades mais elevadas cai bastante. Além de perder potência, o consumo médio vai às alturas. Registrei exatamente 20,5 quilômetros rodados por litro ao exigir bastante do motor. Esperava chegar aos 25. E por curiosidade, um frentista confirmou os números que a bomba registrou. Segundo ele, a sua CB 300, ano 2010, nunca passou dos 25 km/l na cidade, e na estrada bem menos.

Sei que uma naked não foi projetada para viagens mais longas, mas caso você contrarie essa regra, opte por um banco mais macio ou faça paradas frequentes para tomar um refrigerante na beira da estrada. A Honda poderia tranquilamente ter optado por um assento mais macio. E o que dizer do espaço para o carona? A suspensão traseira amortece bem o impacto. Mas a moto apresenta dois problemas graves. O primeiro é que os pedais do piloto e do garupa ficam muito próximos, e com isso os pés podem ficar sobrepostos. Já o segundo é ainda mais complicado. Devido à angulação do assento em relação às alças, quando a moto faz acelerações mais bruscas o garupa é arremessado para trás. Então cuidado para não perder a sua esposa pelo caminho.

Após apresentar minhas impressões sobre as duas motos, vamos falar de preços. A Next está saindo por R$ 10.190,00 enquanto a CB 300 R R$ 11.690,00, R$ 1,5 mil de diferença. E isso no modelo sem o C-ABS que é o diferencial. Com o opcional o valor sobe para R$ 13.390,00. As duas motos, na minha avaliação, recebem notas bem parecidas. Em questão de tecnologia, visual, consumo médio, conforto e preço a Next está leva vantagem. Já em potência, torque, freios (no caso com o ABS) e maneabilidade, a CB vence com certa folga. Então cabe a você escolher o que acha mais importante. E sobretudo, faça um test-ride com as duas. Essa é a melhor forma para definir uma coisa importantíssima antes de fazer uma compra: afeição. E isso, só testando.

Next 250 x CB 300 R2 Quem vence essa: Next 250 ou CB 300 R?

132 comments

  1. CB 300 com ajuste de pré carga na mola? Confundiram com a Fazer? Por favor, corrijam este erro, pois ela possui a mesma suspensão simplista da Bros.

    O painel de CB não é tão completo quanto ao da Fazer, muito menos quanto ao da Dafra. Poderiam ter comparado isso

    Responder
    • Olá Felipe. Valeu pela dica. Já corrigimos a informação das suspensões da CB na tabela. Concordo que o painel da Next é mais completo e inclusive destaquei bem isso no texto.

      Responder
  2. NÃO COMPRE MOTO ZERO! O preço no Brasil é um roubo, a Honda CBR 250 custa R$ 8200 (U$ 4100) nos EUA, aqui custa R$ 15,5k na tabela e R$ 17,9k na concessionária, ou seja, você vai jogar 10 mil no lixo.
    Eu ia trocar minha Twister em uma das motos acima, até fiz test drive na Dafra, mas não tive coragem de dar mais de 3 mil reais em imposto para nossos políticos numa moto de 10 mil.

    Responder
    • os preços anunciados nos EUA são sempre sem impostos, e eles têm bastante subsídios para veículos por lá. um país melhor para comparar preços é a inglaterra.

      Responder
    • Se for pensar desse jeito vamos morar debaixo de uma ponte e morrer de fome, pois até na comida é cobrado imposto.

      Responder
  3. caramba gostei da matéria mas convenhamos a honda vai perde espaço com certeza vou na next.

    mas só uma duvida moto e refrigerado a água e se caso a água secar a pessoa tem que carregar um litro de água na bolsa ou sera que esse sistema e diferente de carro.

    Responder
    • só seca se vc tiver um vazamento. tem que fazer manutenção como agendado no manual, para verificação do estado das mangueiras e conexões.

      Responder
  4. Respondendo à pergunta do título da matéria, vence o novo: com mais tecnologia, visual, consumo médio, conforto e preço. Vence a Next.

    Responder
  5. A garupa da Next é horrível, deixaram a traseira da versão asiática, pensando nas pessoas de 1,60m.

    Sobre os erros graves da CB300… na Fazer a garupa é próxima, mas incômoda para o garupa. E as carenagens de plastico são um defeito em si?

    Responder
  6. e sem falar da suspenção trazeira da cb300 que na piata em saida de curva sai de traseiza pois sua suspenção o amortecedor e direto nno quadro elastico ,e a honda não corrige . a Fazer Kavasak e agora a nest são equipadas com os links dando mais estabilidade em curvas e mais conforto em retas ,em quanto a cb300 fica a desejar .
    porque vcs não citam essas diferenças só puxam o saco da honda

    Responder
    • Zanini,
      Citei por diversas vezes o problema da suspensão da CB.
      Por favor releia novamente o texto.

      Responder
  7. artigo muito bom, só esqueceram de falar que o motor da CB300 que tem uma tendência, bem fácil de comprovar, a vazar óleo pela junta do cabeçote.

    Responder
  8. Muito boa a matéria, com um bom texto e de facil compreensão ficou mesmo muito agradável a leitura, parabéns a vcs pela forma como abordaram e trataram o assunto, mas a meu ver ficou faltando apenas falar tbm sobre a nova fazer, que em matéria de estilo ñ deixa a desejar para nenhuma das duas, falta saber sobre desempenho, consumo e mecanica, mas uma coisa ficou de bom com tudo isso, em matéria de naked o Brasil já começa a aparecer no cenário.

    Responder
  9. A Honda apos na sua liderança de mercado para continuar fazendo motos com problemas sérios. Um problema bobo que esta presente nas motos da Honda desde a Strada 200cc passando pela Twister 250cc e presente na CB300 e o barulho da corrente, 3 gerações de motos com o mesmo problema, e olha que esse parece ser simples de resolver rsss.

    Sou mais Yamaha. A Dafra esta mostrando para que veio, e se continuar colocando produtos de qualidade no mercado, ela vai conseguir um espaço significativo.

    Responder
    • olha so comparando a cb 300 com merda

      Responder
  10. Esta 250 NEXT é muito linda. Vou vender minha HONDA, e testar esta novidade…

    Responder
  11. Realmente a Honda tem sorte pelo seu marketing forte e difusão em massa do seu produto no país, por que em relação aos produtos nós temos diversas opções melhores no mercado como: Yamaha Fazer , Next, ninja 250 todos produtos melhores dos que a Honda oferece no Brasil, consumidor pesquise mais compare mais para que esse roubo e abuso cometido no país acabe e os fabricantes tragam motos de qualidade bom exemplo a KTM Duke 250 que vai chegar ótima moto mais com o preço nas alturas.

    Responder
  12. Boa noite!!

    Já tive uma fazer e gostei muito da moto.Estive em uma cc da Dafra e conheci a Next e realmente é muito linda, é agressiva e tem porte de moto de maior cilindrada. Minha única dúvida é a questão de manutenção desta moto pois ela só é montada aqui mas e as peças (custo, reposição, espera etc…). Concordo que a honda vende muito mais por nome da montadora e custo de reposição do que pela qualidade das motos fabricadas aqui.

    Tenho 44 anos, e quero outra moto porém quero comentários de pessoas que não sejam entusiastas ou empolgadas (novos) e sim uma avaliação feita pela razão e não pela emoção.

    Responder
  13. a cb 300 é muito mais podente do q essa next aii
    tenho uma cb e ela da 150 em retas tranquila.
    ja essa next so da 130 na reta esgoelando o motor>>

    Responder
    • mano, cala boca, essa CG300 eh um lixo mesmo, hondeiro invejoso se fodeeeeee rapaaaa

      Responder
    • qual moto vc tem ou vc tem as duas ….. fiquei confuso com sua resposta ….na reta qualquer moto , atinge seu objetivo…ate a comet250 da kasinski,supera isto que vc mencionou… detalhe mais o seu comentario , para ajudar ma minha escolha certa para acompara de minha moto

      Responder
    • Muitos comentarios bons, e alguns comentarios ridiculos, mas vou chamar a atenção de um detalhe só!

      A NEXT E DA SYM, ESSA MESMA MOTO VENDE NO MARCADO EUROPEU, AGORA IMAGINA A CB300 NO MERCADO EUROPEU, SERÁ VENDE??? EU ACHO QUE NÃO.

      Brasileiro ta acostumado a comprar propaganda, e não qualidade!! Quer um exemplo? POLITICA!

      A Dafra monta as motos da BMW e MV AGUSTA, e em 2013 vai representar a MV AGUSTA no brasil.

      Agora tem gente que fala que a NEXT é da SYM que é de taiwan, a nova “HONDA CBR250″ vem de onde mesmo?? DA TAILANDIA!!! Ta tudo na mesma região visinhos da CHINA!

      Parem de se preocupar com besteiras e procurem se preocupar com qualidade. Abraços

      Responder
  14. A CB300 tem um barulho no motor como se estivesse batendo pino, fui na autorizada e o mecanico me falou que esse barulho e normal, mas para uma moto de 12.000 mil reais e a honda com tanta tecnologia teria que ter um motor menos barulhento, parece moto velha.

    Responder
    • A Next será com certeza a moto do ano! Precisamos desta concorrência para que as outras marcas melhorem seus produtos! Esta semana vou buscar uma! Olhe vc esqueceu de falar do sensor de descanso que a Next tem no painel tb!

      Responder
  15. Alguém já sabe qto custa o ipva da next

    Responder
    • 2% da nf dividido por 12 multiplicado pelo nº meses restantes do ano.

      Responder
  16. Parabéns pelo texto Eduardo… Demonstração de prós e contras de cada uma através de características técnicas, com toques de impressões pessoais de pilotagem, conclusão bastante clara: leitor, teste as duas a faça sua escolha. Me pareceu bem imparcial, o melhor texto que li até agora sobre a Next.

    Maneabilidade é importante para os grandes centros urbanos, o trânsito aqui em Salvador é um verdadeiro CAOS… Os motoristas não respeitam o corredor, andar em longas vias congestionadas é um exercicio físico e tanto. Torque também é importante, mais até do que potência, duvido que alguém aqui ande a mais de 130 durante meros 10% do tempo. Nestes aspectos a CB parece se sair melhor.

    Mas não há como negar o encantamento que a Next vem causando nos sites que ando pesquisando, tanto entre os jornalistas quanto leitores… Já estive perto de uma, é realmente linda. Tecnicamente é melhor. Farei um test-ride na sexta 08/06, infelizmente as lojas Honda daqui ignoram este argumento de venda ao cliente, afinal a moto se vende sozinha não é mesmo?

    Por favor caro Eduardo: a diferença em arrancada é realmente perceptível entre as duas? Tenho uma Twister ainda muito nova e pouco rodada (12k apenas), mas sinto falta de torque nela. A Next poderia suprir este desejo, ou terei que gastar 26 mil e partir logo para uma ER6?

    Desde já agradeço.

    Responder
  17. pq vasa oleo na junta da cb…. isto é normal…. falam tanto a honda que é a melhor …. entaum pq rem este vazamento…

    Responder
  18. Olá Paulo, gosto muito de motos e estive em um dilema durante minha compra recente (35dias), queria comprar uma moto e fiquei na duvida, ao invés de ouvir as conversas de quem gosta de Yamaha e que gosta de Honda resolvi fazer meus testes, meu sonho era a Kasinski GTR250, mas meus braços ficaram doendo, então fiz o teste na Fazer, muito macia a mais confortável, fiz o teste na CB300, muito potente e atingi boa velocidade, e fui ver a Next, muito boa. A respeito da Next esperaria mais para ver como ela se sai, pois a Dafra já passou alguns sustos em algumas pessoas, um amigo meu teve que até trocar o motor, mas pode ser caso isolado por isso eu esperaria mai para ver se realmente a durabilidade, a respeito de qualidade é só observar nas ruas quais motos vc vê bem rodadas, tem um amigo meu que tem um CG com 120000 rodados, outro tem um Today 94 que roda como se fosse nova, outro tem um RD350 novinha, acho que se estas motos estão aí a tanto tempo porque qualidade elas tem e tanto a Yamaha quanto a Honda não iria perder credibilidade, mas veja primeiro o preço da compra, o preço da Revenda, peças de reposição, preço de revisões,local das manutenções, atendimento de cada revenda e principalmente rode em cada uma, se eu tive-se comprado pela empolgação estaria com os braços doendo agora. Vou deixar abaixo o que vi de cada uma delas:
    Yamanha Fazer: Muito confortável, economica e leve.
    Kasinski Comet Gtr250 e Gt250, ótimas motos, mas para a estrada as mais rápidas que rodei e é Bicilindrica.
    Honda CB300: Muito torque, velocidade final boa, confortável e boa rede de assistência.
    Dafra Next: Muito bonita anda bem e confortável. Mas nova no mercado e precisa ser melhor avaliada.
    Escolha a melhor para você, vendo estes pontos que te falei e não olhe a opinião de entusiastas. O importante é rodar de moto. Estou muito satisfeito com a minha nova moto e escolhi pelo melhor preço de revenda, assistência e potência.
    Espero ter te ajudado.
    Abraços

    Responder
  19. Minha Yamaha Fazer 2008 com 33.000 km – 30 km/l de média cidade/estrada; tanque com 19,2 l gerando uma autonomia invejável; nunca deixou na mão; moto leve e fácil de pilotar com potência suficiente; conforto para piloto e garupa; Resumindo, acho a Next mais bonita, até já fui vê-la na concessionária, mas tenho medo de trocar uma moto que sei que é boa e atende minhas necessidades por uma moto linda que não tenho certeza.

    Responder
  20. ai galera ja tive motos de tudo que é tipo menos as muito caras , mas da pequenas e medias até 600 tive varias, a conclusão que eu cheguei foi que com uma 250 eu vou com muita economia e manutenção muito baixa a qual quer lugar por tanto entrei num consorcio da rodwim 250 mas quando vi a next eu achei mais moto e é possivel que na hora de escolher eu acabe tirando a neext 250 das pequenas na minha opinião ela da um banho nas outras inclusive no preço.
    a dafra esta de parabens por montar no brasil uma marca que na europa vende muito bem e tem o aval da citicon 300.
    chega de pagar por marca agora vou apostar na mmodernidade e tecnologia mais avançada.
    aproposito opessoal malha pra caramba motos fabricadas no oriente (coreia, china etc…) mas a honda cb 250 r me parece que é fabricada na tailandia, no mesmo lugar de onde tambem vem a next….o nome disso é GLOBALIZAÇÃO MAIS DE 80 % DO QUE É FABRICADO NO MUNDO VEM DA QUELAS BANDAS LA.

    Responder
  21. mano ai em cima apostou na cb300 e derrubou a next. minha next numa reta a favor do vento sumir 162km……….tempo atraz numa cb300 na mesma pista 139 quase fico alejado com tanta tremedera a next vibra a cb300 4x mais……?

    Responder
    • “minha next numa reta a favor do vento sumir 162km………”
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      a favor do vento….

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder
      • é colegas pra quem sabe tocar bem uma moto … uma 125 pode virar ninja . eu consegui dar 155 km , quando fui buscar na dafra a minha next 250. oque vocês acham disso … vamos amaciar !!!

        Responder
      • Sr Denis, vc ja andou numa next em pista boa para acelerar? não né! Então arruma uma e vai acelerar ela tá! depois se tiver coragem volta aqui e de seu relato…

        Responder
    • tenho uma next nã0 volto mas pra 300,de fora alguma ,tbm tenho uma 150esi vou vender pra pegar uma next branca porq minha esposa não qr saber mas da 150.,E em termo de combustivel >>>>(antes 150esi 25 por semana cb300 48,a 50 reais porsemana next250 27,oo por semana sem contar com conforto e sim com garupa passa dos 150kmh coisa q a cb300 treme mas q@#$ e não da isso valeu galega vou de next X2

      Responder
  22. Uma coisa eu digo:
    O Pós vendas da Honda é ridiculo! já precisei e me ferrei. Tanto consessionária, como o SAC Honda me trataram como idiota! Meu problema foi com uma CB 300R ano 2012

    Responder
  23. OLÁ PESSOAL…NOTEI QUE NÃO ADIANTA MESMO CADA UM PUXA A BRASA PRO SEU LADO,NA MINHA OPINIÃO TODAS AS MARCAS DE MOTO ESTÃO PRATICAMENTE NO MESMO NIVEL ATÉ POR QUE O MERCADO HOJE É GLOBALIZADO, AS EMPRESAS PROCURAM MÃO DE OBRA BARATA E ISSO SE ENCONTRA NA CHINA, TAILANDIA COREA INDIA E OUTROS MERCADOS EMERGENTES, ENTÃO ESTAMOS DISCUTINDO O SEXO DOS ANJOS, ACHO QUE CADA UM TEM QUE COMPRAR O QUE CABE NO BOLSO E DEU…ESSA HISTÓRIA DE QUE TEM QUE VER PREÇO DE REVENDA É CONVERSA FIADA QUAL QUER MARCA DE BAIXA CILINDRADA QUE FOR RETIRADA DA LOJA , DEPOIS NEM A REVENDA ACEITA DE ENTRADA NUMA NOVA , CLARO ATÉ RECEBEM QUANDO ALGUM OTÁRIO ENTREGA PELO PREÇO QUE ELES AVALIAM….QUE É MUITO ABAIXO DO PREÇO DE FIPE, POIS BEM ENTÃO NÃO TEM ESSA O MERCADO HOJE EXCLUI QUEM FIZER BOBAGENS POR ESTE SIMPLES MOTIVO TODOS OS FABRICANTES PREOCUPADOS EM COMPETIR PROCURAM SEMPRE MELHORAR SEUS PRODUTOS DE UM ANO PARA OUTRO NA MINHA OPI9NIÃO TODOS SE EQUIVALEM EM TECNOLOGIA E QUALIDADE.

    Responder
  24. Eduardo Coutelle, parabéns pelo teste, também concordo com o colega que pediu o comparativo com a fazer 250 da yamaha também, pois é inveitável que se pense nela ao pesquisar uma moto nessa categoria (250/300 cc). Estou a um mês inteiro indo em consessionáriaa, pesquisando o melhor custo benefício e, lógico, modernidade e gosto pessoal. A melhor custo benefício que encontrei foi a da fazer250, pois é uma moto sólida, não apresenta problemas de fábrica e me parece ser a mais confortável, porém não me enche os olhos, assim como a cb300 e agora a next250 e levando-se em conta os problemas que já saem de fábrica da cb300 (fora os que apresentam após a compra) automaticamente se descarta a cb300 dessa briga. Já estava mais do que decidido a comprar a fazer250, porém fui numa dafra (pela segunda vez) para poder olhar a next250 melhor (da outra vez só havia uma na revisão). Ao sentar na moto logo senti que ali estava a minha escolha definitiva, ela é deliciosa, o banco firma sem dar espaço para escorregadas pra trás, o ronco do motor é impressionante, o painel é completíssimo, enfim, me apaixonei, mas como tudo na vida existe o lado da razão também, o que me incomoda nela é o pós-venda (peças, manutenção, revenda, etc). Agora estou nessa dúvida, sigo meu instinto e gosto ou fico com a fazer250 só pela comodidade da marca e retrospecto da moto? Um detalhe final que pude verifica, na fazer250 o pessoal coloca um pneu 150/70 para deixá-la mais esportiva, já na next250 o pneu que vem é um 180/70…muito mais bonito. Enfim, me ajudem.

    Responder
    • Renan, a Fazer é muito boa e boa pra revender se for pensar nisso é a Fazer com certeza, mas se for pensar em gosto a next é a tal onde vc for o povo olha e pergunta e anda mais também viu, a fazer de final é 140, 45, a fazer e cb 300 pouca coisa a mais.

      Porém o lance do motor refrigerado a água é outra vida né.

      Se eu não estivesse com 23 parcelas da minha pela frente eu ficaria com a next

      Responder
  25. Caracas! O mais interessante disso tudo é que a dafra vem ganhando cada vez mais espaços no mercado brasileiro e não vai demorar muito para ficar em 2º lugar nas vendagens de moto aqui no pais, (2º lugar por enquanto pertence a hyamaha).

    Responder
  26. Acabei de dar uma volta rápida (“de quarteirão”) numa Next 250.

    Sem comentários… a Dafra acertou em cheio com essa moto.
    Minha cota de CB 300 vi dançar muito em breve.

    Responder
  27. Tenho uma NEXT 250, a unica coisa a reclamar da moto é a suspensão traseira,
    é muito dura para o passageiro ao mais é nota 10.
    Ja tive varias motos da honda são boas,tive tambem a grande bonba do mercado GTR 250 funjam dela, não quero tecer meus comentarios, porém é so olhar quantas GRT 250 com baixa quilometragem sendo vendidas bem barato…

    Responder
  28. Gostei muito de varios dos comentários postados. muitos destes, feitos com coerência, e responsabilidade. É inegável que nestes tempos modernos de mercado globalizado, novas marcas nos surpreendam o tempo todo. não tenho dúvidas que a next 250 é um bom produto, afinal é vendida na Europa a algum tempo. no entanto, o que me preocupa é o axpecto da assistencia oferecida pela Dafra as seus clientes. Digo isso, porque moro na Capital do país e aquí não temos nem uma representante Dafra, o que é absurdo! possuimos dezenas de autorizadas hondas,yamaha,suzuki e kavazak. tíamos uma única representação da Dafra que fechou. e agora? como ficam os consumidores que compraram motos Dafra? enviei um e-mail a Dafra e a sujestão que ela me deu foi que eu fosse a Anápolis, uma cidade que fica a 200 km. de onde resido.É mole!!! já pensou se toda vez que eu presisar comprar um parafuso tiver que rodar 400 km? É isso aí amigos! não é só ter um bom produto e presiso valorizar o cliente. assistência é importante.

    Responder
  29. Pessoal,

    Comprei uma Next 250 e devido a uma queda no dia 03/07/2012, tive que enviar a moto para a concessionária. Isso foi feito no mesmo dia.
    Hoje, 15/08/2012, completam 43 dias sem a minha moto e continuo aguardando o faturamento da peça pela fábrica. Agora o SAC Dafra informa que a peça chegou a uma semana e está em conferência para ser faturada. Jogaram a solução para a semana que vem.

    Pô, já estou cheio dessa enrolação. Não quero saber se tem ou não problemas na conferência da peça. Quero meu problema solucionado o mais rápido possível. Não sou culpado pela desorganização da Dafra.

    Ah, a peça que está faltando é uma carenagem. Simplesmente uma carenagem. A concessionária pediu para que eu retirasse a moto e quando chegasse o componente eles instalariam na hora. Mas com a minha moto atrapalhando e todos os dias uma equipe inteira da concessionária olhando para ela, e ninguém consegue resolver, imagina se eu retirar a moto. Nunca mais…

    Agora ficam algumas dúvidas. Caso ocorra alguma avaria no motor ou de alguma peça não convencional, vou ter que esperar quanto tempo? Ou não terá mais conserto? Caso eu precise da garantia Dafra, como ficaria? Terei que esperar quanto tempo? Penso isso, porque estou pagando um conserto e toda essa demora. Se fosse garantia então, com certeza não poderia circular com meu veículo por vários meses.

    Pensem bem antes de trocar de marca, pois sempre tive Honda e Yamaha e nunca tive este tipo de problema. Estou completamente descontente com tudo isso que está acontecendo. A falta de interesse da fábrica Dafra de resolver o problema é total.

    Hérico J. Rechi
    Cliente Dafra descontente.

    Responder
    • Olá Hérico,
      Vou repassar a sua reclamação para a assessoria da marca para ver se eles agilizam no teu processo.
      abraço
      Eduardo

      Responder
    • Acredito que este tipo de problema ocorre sim com todas as motos importadas,acredito que seria mais fácil vc rodar com a moto eu tenho uma moto importada e deu problema em um led que vai na frente abaixo do farol e eles fizeram o pedido quando chegou eu fui lá e instalei na moto não é o fim do mundo claro que se é um problema que vai te deixar a pé é outro assunto, como vc disse uma peça de motor e tal, acredito que eles devem ter estoque destas peças que realmente são relevantes para o uso diário da moto.

      Mas em geral as marcas precisam ter um estoque sim de todas as peças.

      Responder
  30. TUDO MUNDO É MENTIROSO NESSES COMENT! Falam que vão comprar a Next e vão deixar cb300 de lado. Moro em curitiba e nunca ví essa Next nas ruas por aqui. Acho que é tudo vendedor da Dafra opinando… só pode

    HONDA É HONDA, isso que é moto e ponto final.

    Responder
    • Carlos aqui na grande São paulo Já vi muitas, tem uma pessoas do nosso grupo de viagem que adquiriu uma e vou te dizer todos babaram é uma ótima moto andou junto com todo mundo e as vezes na frente, só perdeu pra ninjinhas e comete pq são 32 cv, vale vc fazer um test drive e vai mudar de idéia viu, pois essa moto oferece mais por menos.
      Curto muito a cb300 tb, mas ela tem seus defeitos sim, relação barulhenta, vazamento cronico no cabeçote pelo menos até as do ano passado, e é dura mesmo.
      E se vc observar a honda economiza bem nos detalhes seta é bem simples e grande, essas pecinhas que foi comentado que são pretas podiam se pintadas.
      Um outra coisa que tá sendo levado em conta em São Paulo é que honda é a primeira na lista dos assaltantes.

      Responder
    • Quem não garante que você é vendedor da Honda?

      Responder
      • E quem garante que você não é vendedor da Honda? E quem garante que seu nome é Eduardo? E quem garante que não estamos vivendo uma realidade virtual, quando na verdade estamos conectados à maquinas em constante sonho????

        Responder
        • Cara, me desculpe, mas acho que o sr tá precisando de fazer uma consulta com um psicologo! O sr. desconfia até da própria sombra! Se não acredita em nada que foi dito e que tudo isso aqui e uma farsa, fique com sua Honda e pronto, afinal Honda é Honda, Dafra é Dafra, Yamaha é Yamaha, Suzuki é Suzuki…

          Responder
    • Só se vc for da região rural pra não ver uma Next na rua, pois tbm moro em curitiba e ja vi várias aqui, se você for ali na av. kennedy vc encontra uma concessionária, da uma olhada pra ver se vc muda seus conceitos antes de falar, pois a Next não é fabricada pela Dafra e sim pela SYM, igual a Citycom, que tbm é mto bem falada

      Responder
  31. A fiquei uns dia com uma Fazer e me apaixonei … Macia, silenciosa e com uma arrancada maravilhosa … Estou decidindo que moto comprar mas ja descartei a cb por questão de gosto mesmo… Vou na Dafra ver a Next mas meu unico medo é essa refrigeração a água dar problemas no futuro por ser, creio eu, mais complexo do que o a ar…

    Responder
    • Toda moto seja refrigerada a ar ou liquido só dará problemas se vc não fizer a manutenção preventiva e as revisões. Minha moto eh refrigeração liquida e só tenho o trabalho de as vezes conferir tbm o nivel do liquido de arrefecimento sendo que eh usado aditivo e nunca tive de completar.

      Responder
  32. Cara, o que eu percebo claramente é que, a Honda sendo uma fábrica mundial, inova o que dá e poem o que eles acham que está bom sem muitos cuidados da parte dos mecanicos.
    Já a Dafra nao, tem mais cuidados técnicos, não visando algo fora do padrão de uma moto 250, mas algo que podemos dizer que é revisado com cuidados e como descrito Fiel!

    Responder
  33. Todos os comentários acima servem para agregar informações a todos nós consumidores e amantes do motociclismo, e com certeza fazem com que pensemos melhor na hora H, de decidirmos por uma marca X,Y ou Z. Mas dentre todos os comentários é necessário destacar que nenhuma…nenhuma das marcas atuais tem realmente considerações com o consumidor Brasileiro. Sendo assim não se iluda que algumas delas vai ter um pós venda nota 10, estoume referindo em relação a problemas sérios de erros de fabricação que por uma eventualidade ocorra contigo. O que se deve fazer como consumidores é aproveitarmos as novas oportunidades de mercado, nenhuma das grandes marcas iniciaram no mercado de forma 100%, todas passaram por erros e rtetoques que hoje lhe dão credibilidade, sendo assim nós não devemos ignorar as novas oportunidades em nosso mercado, criticando menos e apoiando marcas que realmente estão se esforçando para melhorar e nos dar mais opção. Sempre possui Honda e nunca deixarei de ter mais ou menos problemas em relação a falta de peças, funcionários despreparados e péssimos pós vendas. Acredito e dou o maior credito para a marca que trabalha para facilitar nossos sonhos e que traga maiores benefícios a nós motociclistas.

    Responder
  34. Moro na baixada Santista e comprei minha Next dia 1º de agosto. Até hoje tenho marcados 500km rodados.
    Já fiz pequenas viagens de 100 a 200km com ela e até então me tem saído uma excelente moto.
    Bom torque, freio, economia e velocidade (estiquei-a a 147km/h só pra sentir um pouco como ela se comporta na 6ª marcha).
    Tenho amigos que tem a CB300 e a Fazer 2012, ambos sempre foram totalmente contrários à Dafra, mas agora a maioria vive pedindo pra dar um rolê na minha moto e dizem querer trocar as deles por uma Next em breve.
    Outro diferencial é o valor do seguro: até 50% mais barato que o da CB300.
    Resumindo: por enquanto só alegria.

    Responder
  35. Bom dia !! comprei uma Next 250 em 15/06/2012 e ate agora naum tenho nenhuma reclamaçao,fiz a primeira revisao de 1000 kms agora e sem detales.. em questao de velociada ela vem se mantendo numa reta entre 135 a 146 km/H , normal e a maxima que atingi foi 158 kms , isso por naum estar amaciada ainda.

    Agora falando das outras marcas!! ja tirei 4 motos zera sendo honda e yamaha.. da honda num tive sucesso naum!!! pois qdo deu problemas me deixarao na mao e a garantia que va pra ptqpriu….. e a Yamaha Fazer 2006 sem comentarios pois foi perfeita em 4 anos!!

    Pois quem é motociclista mesmo usa a moto para usufluir dela e naum para comercio!!!

    Responder
  36. Boa tarde!
    Estou querendo comprar uma dessas, tava certo que compraria a fazer 250cc, mas fui na dafra e fiquei impressionado com a beleza da next 250cc, é linda, mas estou com medo da manutenção, por exemplo se eu viajar e por um acaso quebrar? A honda e yamaha tem as peças em qualquer buteco, será que a dafra eu conseguiria com essa facilidade?
    Bom amigos estou na dúvida entre a fazer e a dafra, oq acham?
    É para o meu dia a dia, para eu ir todo dia para o trabalho.
    Desde já obrigado e aguardo os comentários de ajuda.

    Responder
    • Eu sou propietario de uma fazer 2012,estou querendo mudar e mudarei para next com certeza.Sobre problema de peças todas as revendas dificilmente,tem
      pronta entrega tudo por encomenda,procura na honda pra ver se tem alguma coisa pra cb carenagem farol e etc.isso vale tambem pra yamaha.

      Responder
    • caro marcio peça de cb 300 fezer nao nao acha em qualquer lugar nao irmao voce acha peça de cg antiga e olha la mais paralela que nao vale nao moto nao da defeito assim nao irmao tenho um next e nao troco ela por honda nenhuma.

      Responder
  37. Parabéns a Dafra,ganhei uma next de aniversário em junho do meu marido,é claro que foi eu quem escolhi,é maravilhosa chama a tenção por onde passo e de pequena realmente não tem nada.

    Responder
  38. gnt eu tenho uma dafra speed 150
    numa descida ja coloquei 145km/h… numa desciidaaa…
    to pensando em comprar uma next 250 parece ser otima.
    ando lendo muito sobre a moto e estou gostando do que estou lendo…
    tava pensando na CB 300 mas o fato dela ser muito visada pra roubo e varias pessoas inclusive mecanicos me desseram que essa moto ta dando muitoo defeito.
    semana que vem compro minha next e estarei informando o desemprenho dela..

    Responder
  39. Bom pessoal, quem compra moto ou carro para revender é lojista, eu comprei a NEXT 250 porque achei linda, grande e com tecnologia, tenho ela a 01 mês, moro em São Paulo capital, todo mundo olha, para e perguntam sobre ela, é uma babação total, a minha é preta, ela parece moto de grande cilindrada, perfeita, problemas todo veículo poderá ter, portanto esse negocio de marca é para pessoas ignorantes (no bom sentido), o melhor é pesquisar e saber de outras pessoas sobre a moto que quer comprar e depois realize o seu sonho, como eu realizei o meu.

    Responder
  40. Comprei uma dafra next 250 Preta, pesquisei bastante sobre essa categoria de moto estava em duvida entre as três principais Fazer 250, CB 300 e a Next 250 e claro optei pela next 250. Pelo custo/beneficio e logico pelo visual que das 3 pra mim de longe eh a mais bonita. Parte mecânica e desempenho, ainda não tenho nada a reclamar. então sem essa de é dafra não presta, essa historia já era.

    Responder
  41. Resposta oficial da Dafra enviada ao Best Riders na manhã do dia 30 de agosto, referente à reclamação do leitor Hérico J. Rechi.

    ‘Ao
    Best Riders
    Carta do leitor Hérico J. Rechi
    Informamos que a motocicleta do cliente Hérico J. Richi foi reparada e entregue em perfeitas condições de uso.
    Lembramos que nossa Central de Atendimento ao Consumidor está à disposição para eventuais esclarecimentos no 0800-77-32-372.’

    Responder
  42. OLA GALERA, GOSTARIA APENAS DE DIZER QUE A DAFRA LANÇOU UM PRODUTO COM ALTA QUALIDADE DE ACABAMENTO, MECANICA E DESIGN, COISA QUE A HONDA NÃO FAZ E VENDE PRODUTOS COM DEFEITOS RIDÍCULOS A ANOS E O POVO COMPRA!!!
    NA MATÉRIA DIZ ALGUMAS COISAS QUE DISCORDO SOBRE A NEXT
    1º DIZ A NEXT TEM 4 REGULAGENS DO FREIO DIANTEIRO ( TEM REGULAGEM DA DISTANCIA DA MANATE DE FREIO E NÃO DO FREIO )
    2º DIZ QUE A FINAL DELA E A IGUAL A DA CB300 ( A FINAL DELA É MUITO SUPERIOR, JÁ VI MOTOS REGISTRANDO 158KM/H )
    3º DIZ QUE O PAINEL INFORMA A DATA DA PROXIMA REVISÃO ( NÃO É BEM ISSO, UM LUZ ESPIÃ ACENDE QUANDO SE APROXIMA DA QUILOMETRAGEM DE TROCA DE OLEO E REVISÕES )
    4º DIZ QUE O PAINEL INFORMA A TEMPERATURA DA BATERIA ( ISSO NÃO EXISTE, MARCASSE A VOLTAGEM DA BATERIA E EXISTE UM LUZ ESPIÃ QUE ACENDE EM CASO DE SUPER AQUECIMENTO )
    5º DIZ QUE É PRECISO MANOBRAR PARA MUDAR DE FAIXA ( ATÉ CONCORDO QUE O ANGULO DE ESTERÇO É MENOR, MAS A PONTO DE MANOBRAR PARA SE MUDAR DE FAIXA! FICOU ESTRANHA ESSA AFIRMAÇÃO )

    PERGUNTA:
    Por que não foi citado o velho erro de projeto que causa tanto ruido na corrente?
    Por que não foi relatado os constante vazamentos de óleo e consumo elevado de oleo? a YAMAHA fazer troca de oleo a cada 5.000 e a DAFRA NEXT a cada 4.000, conforme os manuais, porque que da HONDA CB300 e a cada 1.000?

    Responder
    • esclarecendo, as perguntas que fiz no final são sobre a CB300.

      Responder
    • Olá Walison… eu tenho uma Next 250, já completei 1000 km, amanhã levarei para revisão após postarei comentários. Mas ante mão quero dizer a todos que a moto simplesmente é fantástica.. eu já tive uma 150 sport, e uma fazer.. então posso comparar.. bem mas quanto a Next: Dirigibilidade excelente, quanto ao esterço da moto parada é verdade, porém andando é tão ágil que parece inacreditável andar numa moto assim, obedece todos os comando do piloto, isto falo porque moro em Belém, meu trajeto é só urbano e transito intenso, sei do que estou falando na prática, me livro dos carros e ando pelos corredores com muita facilidade, ajudado pelo forte motor, tem torque e responde ao toque do acelerador muito rápido, freios excelente, iluminação nota 10, conforto nota 10 também, peca realmente no carona, mas minha mulher ja se acostumou. consumo ta fazendo 27,6 km/l, quanto as pessoas que querem comparar a Next com CB300 e Fazer quem faz mais de final.. por favor quem andando na cidade vai fazer 130 ou 140 km/h, NUNCA, vale para mim a qualidade, motor refrigeração líquida, maior durabilidade e qualidade, conforto, força do motor e digo que anda muito, material usado na moto e encaixe das peças excelente, quanto a revenda quem vai comprar pensando em vender amanhã, então para que comprar??
      Walison quanto ao que vc postou, realmente a regulagem é da distância do manete em relação ao punho, verdade uma luz amarela acende para avisar que está na hora de trocar o óleo, de acordo com a tabela de manutenção da fábrica, agora nos 1000 km a luz acendeu, no painel informa a voltagem da bateria, também uma luz acenderá caso a temperatura fique elevada, o painel também tem relógio e mostra a marcha que está usando e odômetro parcial e total, completo. quanto se é preciso manobrar para mudar de faixa é totalmente falsa como ja escrevi acima.
      Qualquer coisa estou a disposição para responder a perguntas.. postarei os resultados da revisão.. abraço

      Responder
      • eu também moro em belém otavio, estou muito interessado em comprar um next, mas to meio receioso por causa da manutenção na concessionaria. Vc pode me relatar qual sua experiencia aqui em belem? tem todas as peças? o mecanicos fazem o serviço bem feito?

        Responder
    • Next 250, Comprei e em uma semana estou fazendo a revisão de 1.000km, em pista dupla a favor do vento, com bolha adaptada para quebrar o vento na estrada, 158 de final sem pressão no peito. O farol instalei xenon para rodar a noite na estrada (perfeito), os leds brancos no farolete deram um toque mais moderno!!! Estabilidade muito boa, mesmo em altas velocidades ou cruzando ônibus e caminhões pesados. Pequena vibração do lado direito em alta rotação foi o único defeito que encontrei, mas somente com a manete colada no batente. Se for andar somente até 110km/h, na sexta marcha, é uma maravilha…
      Falando de Dafra, tenho uma Apache 150 há dois anos e meio, 15.000km rodados, ainda na garagem de casa, feitas as revisões e trocas de óleo indicadas no manual. Nunca me deixou na mão. Questão de peça de reposição depende da política da concessionária que te atende, e você pode ser bem ou mal atendido por qualquer marca. Eu mesmo antes de comprar minha Next fui em concessionárias diferentes e tive atendimento diferentes em cada uma. Escolhi a que melhor me atendeu.

      Responder
  43. sou mecanico a 8 anos e estive fazendo uma pequena avaliação na next e gostei muonto da moto a mecanica tem exlente fujncionamento com um otimo material metal não vou mi aprofunda muinto no comentario mas a mtocicleta e uma 250 de respeito sem fala no design que e shool recomendo a masma para quem esta interessado emuma 250
    (honda hoje e só nome)

    Responder
  44. O problema em relação as duas marcas é a de que quando se vai vender uma Dafra a depreciação do valor de uma usada é demais.

    Responder
    • Comprei em Julho 2010 uma Apache, paguei R$ 7.000,00 com acessórios. Semana passada me ofereceram R$ 4.700,00 ainda com os mesmos acessórios. Rodei 15.000km na moto. Acho que não desvalorizou tanto assim.

      Responder
    • Depreciação maior é fato, mas a diferença não vai empobrecer ninguém.
      Já o fato de escolher um bem pela baixa desvalorização só consigo ver como critério de desempate.
      Se optar por algo apenas por questão de desvalorização, aproveita e perde a diferença ao pagar um seguro mas caro, pois qualquer ladrãozinho de esquina desmancha duzias de honda por semana.

      Responder
  45. Comprei recentemente uma CB 300R e honestamente estou super satisfeito, pois além da estética ser muito atraente, ela anda com propriedade, mas tem gosto para tudo, e essa é a verdade. Colegas vejam bem, até o momento a minha cb 300r está dentro do esperado, motor valente, econômica, só achei um pouco dura, pois eu tinha a nova Ténéré 250 da Yamaha e de fato senti esse detalhe, mas no geral estou super satisfeito, e dou boas informações quem queira compra uma CB 300R.

    Responder
    • iae blz kara eu tbm comprei a minha e estou mto satisfeito, mas me fala pros ou contra da motoka

      Responder
    • O que tu chama de economica? Qual o consumo dela? Qual o consumo da Next 250 na cidade? Já vi q na estrada, enrolando o cabo, faz 21km/L.

      Responder
  46. JÁ TINHA VISTO A NEST 250 NA INTERNET ACHEI UMA LOUCURA.MAS QUANDO UM COLEGA COMPROU UMA AQUI EM SENHOR DO BOMFIM E ME APREZENTOU ME APAIXONEI PELA MOTO. ACREDITO EU QUE EM BREVE ESTAREI COM A MINHA. QUANTO AO QUE ESTAO COMENTANDO SOBRE PEÇAS NO MERCADO.SAIBA OS LEIGOS QUE COM A INTERNET TUDO FICA MAIS FÁCIL.OBRIGADO.

    Responder
  47. pessoal estou com varios defeitos com minha next 250…

    1 – seguro barato

    2 – muito bonita, chama muito atenção.

    3 – não comprem, pois quanto mais next 250 tiverem na rua mais roubos irão acontecer.

    com certeza os piores defeitos encontrados até agora.. 5000 km rodados sem defeito…….

    Responder
    • Next a melhor moto do ano!!!

      Responder
  48. GENTE, FALA SÉRIO…. ONDE JÁ SE VIU CB 300 / NEXT / FAZER FAZER MAIS DO QUE 145 KM/H??? VCS ESTÃO FICANDO BITOLADO NÉ!! UMA COISA É VELOCIDADE NO PAINEL E OUTRA É NO GPS… NÃO TEM NADA À VER ESSA ESTÓTIA DE 140 KM/H. NO TESTE REAL, A CB 300 CONSEGUE NA MELHOR PASSAGEM 133 KM/H. IMAGINA ENTÃO A FAZER E ESSA TAL NEXT…. TENHO UMA CB 45O TOTALMENTE ORIGINAL E ELA FAZ 170 KM/H NA MELHOR PASSAGEM, CONSIDERANDO AUSÊNCIA DE VENTO, ETC., ETC… ENTÃO VÃO PARAR COM ESSE CONTO DA CAROCHINHA. SE QUEREM + DE 160 KM DE VERDADE TEM QUE USAR NO MÍNIMO UMA CB 500 “NO TALO”, O RESTO É ESTÓRIA DE MOTOBOY.

    Responder
    • Amigo, voce ta muito enganado. Ontem, botei 145km/h na minha next250 sem alteraçoes, ou seja, ela ORIGINAL.
      A moto é perfeita, muito boa, hoje vou trocar os retrovisores e cortar a rabeta. A moto é muito bonita, muito mais moderna e nao perde nada pra CB, além de sua carenagem e design ser muito mais bonita.
      Segunda que vem troco a ponteira para uma WR Authentic, quero ver como vai ficar..
      NEXT sem duvidas!

      Responder
      • Pablo, você tem de tirar no mínimo 10% de erro do seu velocímetro a mais, ou seja, na realidade 145 – 15 = 130 km o que também não é tão mal assim, agora, cuidado com a estabilidade, porque a ciclistica não é de superesportiva. Valeu?

        Responder
  49. Adorei a Next…
    Completa para uma 250cc. Show!!!

    Responder
  50. Pois é galera, como muitos sabem “Honda”, assim como muitas grifes antigas, 90% é apenas nome e a honda esta entre estes 90.moro em Barra do garças -MT, aqui a consecionaria e responsavel por todo vale do araguaia, mas o fato é, fui fazer a motor da minha 150 sport( 150 é uma categoaria muitissimo popular)levei a relaçao de peças, cerca de dez itens na hora de retirar as mesmas no balcao acabei saindo apenas com o cilindro e pistao do motor, ou seja, se esta com medo de comprar outra marca por medo faltar peças esuqeça isso, nao deve ser levado em consideraçaoa honda nao é aquela’ coca cola’ toda, assim como a yamaha que vc tera de comprar 90% das peças originais tbm, o que a deixa com manutençao cara, sendo assim porque nao comprar uma motocicleta como a Next que esta se saindo muito bem em todos os testes ja que analisei ate hoje, va enfrente vc tera uma moto linda com mecanica limpa e motor forte, boa sorte a todos independente da escolha!

    Responder
  51. Comprei uma CB 300R amarela, estou satisfeito. Ela melhorou em relação a anos anteriores. A CB 300 Tem um problema !!!! Não e muito aconselhável confiar nos freios, principalmente quando se leva uma fechada em plena aceleração. Não cheguei a cair mas tomei um susto.

    Pretendo mexer nela, mas não totalmente, em breve vou colocar uma ponteira WR 22 fibra de carbono.

    Com Relação a Next ela e pesada e não me mostra confiança.

    Responder
  52. Prezados,
    Acredito que toda discussão saudável só tem a nos acrescentar em conhecimento, principalmente na hora de fazermos escolhas. No caso: qual moto comprar?
    Primeiramente gostaria de esclarecer uma questão que a maioria dos brasileiros desconhece. Por que a Honda é tida como melhor moto do mercado brasileiro? Por uma questão cultural. A Honda desde que se instalou no Brasil já começou a fabricar motos com motores de 4 tempos. Esses motores são mais duráveis e menos poluentes em relação aos motores de 2 tempos, e quando a Honda veio pra cá, no Japão, as leis ambientais já eram mais rigorosas que aqui em relação à emissão de poluentes.
    Quando o governo militar proibiu as importações de veículos, isso lá na década de 70, as únicas fabricantes de motos que decidiram montar fábricas aqui foram a Honda e a Yamaha. Só que a Yamaha, por uma questão puramente capitalista, optou por fabricar motos dotadas de motores de 2 tempos, porque esses têm custo de fabricação inferior aos de 4 tempos. Porém os modelos de mesma cilindrada das duas marcas tinham praticamente o mesmo preço e em alguns casos os modelos da Yamaha eram até mais caros que os da concorrente! Mas como os motores de 2 tempos dão mais trabalho no dia a dia e acabam por durar menos, a Honda se firmou no mercado brasileiro como marca líder. Num mercado em que a Honda era líder e só tinha uma concorrente, ela pôde se dar ao luxo de liberar a produção de peças paralelas, o que barateava o custo de manutenção de suas motos já comercializadas e gerava um retorno nas suas vendas de motos novas. Está aí a razão de a Honda ser líder de mercado no Brasil desde sempre!
    Só que isso não se traduz em respeito ao consumidor. Vejam como exemplo as setas, motor e o conjunto de comandos do guidom da CB 300: as setas começaram a sair numa CG Titan de 2000; o motor (parte de baixo) é o mesmo da XLX 350 de 1987, só que com injeção; e os comandos do guidom são os mesmos da CBX 150 Aero de 1988. Alguém aí já viu uma Honda Biz sem a carenagem frontal, ou o quadro da 1ª geração da CB600F Hornet? Eu já vi e dá muito medo só de olhar! Agora a Honda resolveu “requentar” o modelo já falido da NX4 Falcon! Pelamor de Deus!
    Tive duas motos da Honda, zero km, e posso afirmar com propriedade que o pós venda da marca é a mesma porcaria de todos os outros fabricantes! Façam uma lista de itens do motor de qualquer modelo da marca, e liguem para qualquer concessionária da Honda pra ver o que tem em estoque. Fica a dica!

    Responder
  53. concordo em partes em referencia a cb300 , porém minha cb300 faz em média 30km por litro ,o desempenho em pista é cortado quando atinge 155 kmhr ,o banco é bem duro para longas viagens, porem é muito resistente em sua estrutura e pouco desgaste de pneus.

    Responder
  54. Agora gostaria de informar que não tenho nem parente trabalhando na Dafra Motos. Sou servidor público do Ministério do Trabalho no dia a dia e amante de duas rodas nos finais de semana e feriadões. Sou proprietário, no momento, de uma CBX 250 Twister. Como dito qualquer fabricante de qualquer veículo no Brasil, seja de duas rodas ou mais, tem problemas com o pós venda e constantes recalls. O segredo para não passar raiva com o pós venda é a manutenção preventiva. Para aqueles que ainda não conhecem a história da marca SYM: em 1954 a Sanyang Electrics com quatro empregados foi formada e reestruturada, passando a chamar-se Sanyang Industrial Co. Ltda em finais de 1961. Em 1962 foi formada uma joint venture com a Honda para a montagem de motociclos, sendo estes os primeiros com 30% de manufatura de Taiwan. Em 1969 a montagem de pequenas viaturas da marca Honda N600 e TN360 foi iniciada. Mas no final de 2002 esta relação terminou porque os motociclos Sanyang’s entraram em competição direta com os produtos Honda mundialmente. A Sanyang assinou a partir dessa data um acordo a Hyundai para a montagem da sua gama no mercado interno de Taiwan. Resumindo: a SYM já fornece motos para o mercado europeu há anos! Esta Next 250 é o mesmo modelo distribuído na Europa, só que com apenas 2 diferenciais: a injeção eletrônica (nossa gasolina não é pura) e a posição das pedaleiras para o piloto (os europeus não usam motos para trabalhar e passear). Tudo o que estou escrevendo sobre a SYM e a Next 250 está disponível na internet para qualquer um pesquisar! Na minha opinião a Next reúne tudo de bom que as concorrentes têm e acrescenta mais alguns itens de série a um custo muito inferior. A camisa do pistão da Next é revestida com cerâmica, a da Fazer 250 também. Mantendo-se as trocas de óleo em dia não precisa de mais nada. A refrigeração à água que a Next tem se traduz em mais conforto, porque o motor não transfere calor para as pernas do piloto, e em maior durabilidade do motor, se o proprietário usar o líquido de arrefecimento indicado pelo fabricante ao invés de água. A Next tem freios à disco nas duas rodas, coisa que só a CB 300 com ABS tem, mas a um custo muito superior. Então amigos, neste momento, peço que apenas se foquem no que é novo e superior em tecnologia. Quem, como eu, compra moto pra usufruir no dia a dia tem que pensar na melhor relação custo benefício. E neste caso, infelizmente ou felizmente, a Next dá show em economia de combustível e durabilidade de motor! Sem falar que é um produto totalmente NOVO! A Fazer e a CB 300, do meu ponto de vista, terão que se reinventar para colocar a Next pra trás no quesito tecnologia!
    Fica a segunda dica!

    Responder
    • Amigo, so errou no caso dos freios a disco nas duas. A fazer também temfreio a disco na traseira.
      Também havia pesquisado a SYM, verídico o que disse, e em um ano morando nos Estados Unidos, confirmo que a presença da marca é forte no mercado de scooters, muitas vezes preferido mesmo em concorrência direta om a Honda.

      Tenho interesse em comprar a moto, não por ser perfeita ou superior, mas por questão de gosto pessoal e por depositar uma certa confiança no modelo e na pequena Dafra.

      Para quem tem preconceito, veja o que falam os proprietários da Apache. Eu há dois anos jamais confiaria em comprar uma moto indiana, especialmente sob uma marca nova que já tinha cometidos alguns erros, mas o esforço evidente da Dafra pra se corrigir e se posicionar no mercado vem dando frutos, acredito que em pouco tempo honda e Yamaha se mobilizem na categoria 150 gracas a esta concorrência chegando.

      Responder
  55. fazer e next=travesseiro
    cb 300 entre outras da marca(twister,cbr250r)=pedaço de pau .

    ja andei em todas e tenho uma fazer 2006 a dafra e a yamaha sempre será mais macia e confortável que as motos da honda.
    Fora que não faz barulho de corrente igual a cb e outras.

    a cb 300 parece um pedaço de pau andando.

    A honda só tem fama pcausa desses babacas que ficam falando que honda é honda.

    Responder
    • Eita pedaço de pau que da inveja esse…heheheheeheheheeheh.

      Responder
    • ha ja ia esquecendo….HONDA É HONDA viu? heheheeheheheheheh

      Responder
    • Putz gente, já tive uma Twister e hoje tenho uma CB300. Esse lance de barulheria na corrente é coisa de desleixo do proprietário… falando sério, é só manter limpa e lubrificada que a mesma não emite esse som de atrito dos metais. Mantenho esse procedimento a cada duas semanas na manutenção e a maciez da relação sempre se mantem impecável. Fica aqui a dica.
      Abraço…

      Responder
    • O problema de se ter uma Dafra, é que você não está comprando uma Dafra, ou é uma TVS (Apache) ou uma Sym (Next) (Taiwanesa, Coreana, sei lá que raio é isso) que são fabricantes do leste asiático e a montadora brasileira comercializa nas terras tupiniquins… Por exemplo: se você deixar sua “Dafra” estacionada no transito e algum navalha derrubá-la quebrando um pisca, um farol, ou uma carenagem, a probabilidade de você ter que esperar na fila pela importação desse item é enorme, sem falar que a rede de assistência técnica é menos que medíocre… Dependendo de onde vc mora terá que rodar até uns 200km à concessionária mais próxima!!! Peças em oficinas multimarcas então: esqueeeece!!!

      Responder
    • realmente, a honda é bem grosseira… tenho uma cb300r gosto muito dela, mas em comparação yamaha é muito mais “Moto” que a Honda… suspensão, “talvez motor não sei ao certo” e vibração.

      Responder
  56. Oi a todos,

    Como consumidor brasileiro, gostaria de citar minha opinião sobre “qual fabricante escolher”:

    Já tive CG 125, CG 150, BROZ 150, TWISTER 250, TORNADO 250 e XRE 300. Com o lançamento da Yamaha Ténéré 250, eu, como todo bom curioso, fui a uma concessionária conferir a motocicleta. Resultado: Não pensei duas vezes em vender minha XRE com 4000km rodados, 6 meses de uso, um vazamento de óleo no cabeçote e várias panes elétricas no dia a dia para comprar uma Ténéré 250! Resultado: agora tenho 3 novos problemas;
    1- tenho dado mais atenção a moto do que á minha esposa, o que me causa alguns ‘contra-tempos’ na relação, a moto é apaixonante!

    2- Gostei tanto da qualidade tanto do produto, quanto do atendimento Yamaha(pelo menos aqui na minha cidade, Vitória-ES, a Motomax só me deu motivos de elogios!), que já estou programando a troca no inicio de 2013 por uma Ténéré 660.

    3- Arrumei outro problema com minha esposa, pois ela acha um absurdo pagar o preço de um carro em uma moto!(R$33.000,00)

    Mas não estou comentando aqui para dizer que “…a Yamaha é melhor que a Honda, que a Dafra, blá blá blá…”, acho isso uma idiotice! Quero apenas expressar minha felicidade em arriscar a troca de MARCA, e descobrir novos conceitos sobre motocicletas! Hoje entendo que devemos fazer nossa escolha baseada em 3 fatores:

    1- Escolha o modelo dentre todas as concorrentes que mais lhe agrada.

    2- Pesquise sobre o atendimento da montadora escolhida, isto pode variar de região para região. Já vi várias reclamações do atendimento ao cliente Honda e Yamaha na internet, porém aqui em meu estado, sempre fui muito bem atendido na Honda, e tenho sido perfeitamente bem atendido também na Yamaha.

    3- Avalie os custos benefícios de cada modelo, de cada marca, porém deve-se pensar em comprar o bem pensando em usufruí-lo, não em quanto conseguirá na revenda futuramente.

    Não curto motos estilo esportivo ou naked, curto apenas estilos trail e off-road, por isso não me interesso em uma Next 250, porém se fosse meu estilo preferido, eu não pensaria 2 vezes em comprar uma Dafra, esta moto ficou linda demais, designe arrojado e acabamento detalhadíssimo! Não pensem em vender sua motocicleta, pense em curti-la cada km, cada litrinho de gasolina consumido, aproveite cada fim de semana montado curtindo umas viagens com quem lhe agrada!

    Abraço a todos!

    Responder
  57. Dafra Next 250. O que falta a Dafra para realmente ganhar o mercado das 250cc é oferecer garantia de 2 anos, onde, se não me falha a memória, tão somente a BMW oferece no mercado.

    Responder
  58. Muito bom esses testes, muito bom os comentários dos usuários. Só não é bom que volta e meia esse site faz um auto-refresh e temos q esperar atualizar a pagina, e procurar o ponto que paramos.

    Pq a Dafra ainda não substituiu o banco do carona por uma mais macio, bem como o suporte onde o caroneiro segura (q é desconfortável)?

    Responder
  59. A next tem 6 marchas!!!

    Responder
  60. Putz gente, já tive uma Twister e hoje tenho uma CB300. Esse lance de barulheria na corrente é coisa de desleixo do proprietário… falando sério, é só manter limpa e lubrificada que a mesma não emite esse som de atrito dos metais. Mantenho esse procedimento a cada duas semanas na manutenção e a maciez da relação sempre se mantem impecável. Fica aqui a dica.
    Abraço…

    Responder
    • vc acostumou com o barulho por isso vc nao ouve

      Responder
    • Desleixo ?kkkkk

      Todo mundo tem deslixo então a moto sai zero da honda já fazendo barulho amigo

      O desleixo é da propria honda em tomar vergonha na cara e arrumar essa cascavel

      Responder
  61. Façam um test-drive antes da compra, ja tive fazer 250 ñ tive problemas com ela, atuamente tenho uma CB3 2010 com 39.000km e pelo menos até agora sem nenhum problema, mas enfim qlq produto pode estar sujeito a problemas, o meu irmão por Ex: teve folga de biela na Lander250 dele, enfim acho a Fazer 250 mais confortavel q a CB3, mas o q mais me agradou foi a CB3 pois tem caracteristicas intermediarias entre street e sport. susp.mais firme etc…SÓ q são motos q em geral ñ apresentam grandes diferenças, a Next250 obviamente possui a 6°marcha, ja na CB3 precisei colocar pinhão 14D, pois depois de amaciado da pra sentir q sobra motor e a transmissão chega no limite precocemente, e tbem tive q retirar aquela lata na coroa q gera barulho de corrente, o q posso dizer é q já é minha 3° moto Honda e q ñ me deixaram na mão, e o menos importante mas essencial as Hondas tem um ótimo mercado a q menos se desvaloriza, de maneira geral é a melhor escolha pois analisando desde a “compra, assistencia técnica ou pós-venda como dizem, e propriamente a venda da moto” acaba se tornando o melhor negócio

    Responder
  62. SABEM ME DISSE O POS E CONTRA DA NEXT 250 CC

    Responder
  63. Tenho CB 300 2012 e estou muito satisfeito não vaza nada, freia muito bem, anda bem, gasta pouco e como disseram se passar oleo 90 na corrente ela não faz barulho

    Responder
  64. cara tem pessoas que falam mau que so da dafra, kasinski, susuki.
    mas assim eu acho que a dafra esta inovando melhor suas motos, eu compraria e vou comprar a next 250 de fato a cb e mais rapida e mais potente que a next mais a next e mais para a cidade

    Responder
  65. Tenho alguns amigos q se arrempenderam amargamente de comprar uma Next 250, tanto em qualidade das peças qto ao motor, sou proprietario de uma cb 300r 2010 e nunca tive dor de cabeça com ela apesar das falhas q ela possui, agora uma coisa eu digo, gostaria de saber qto esses FDP estão ganhando da dafra para escreverem esses “artigos” tendenciosos falando absurdos e enaltecendo uma merda dessas.

    Responder
    • ai cara não sou paga pau de nenhuma marca de moto não,so que ja tive uma cb 300 abs e te digo chara
      se voce pegasse uma next e virasse o cabo veria como ficaria a sua 300,no chinelo.

      Responder
  66. Tenho uma tornado e meu irmão comprou uma Dafra next 250, a pilotagem da moto e surpreendente parece que a gente ta montado numa 500 acima, sem dizer o zunido do escape. Muito boa em viagens medias acime de 300 km. Vale a pena uma dafra 250 next que uma bros 150 pelo mesmo preço.

    Responder
  67. Bom eu tava em duvida sobre compra a CB 300 ou a Next 250, como eu to a meses lendo sobre as duas motos e fazendo pesquisa, eu vi que a DAFRA NEXT 250 ta sendo a melhor moto entre elas duas, ainda não vi nada sobre os defeitos da dafra não tem reclamações, o povo ainda desconfia da dafra mais a moto é perfeita, sobre a CB 300 eu tenho vários amigo que tem e eles sempre falam que a moto deles estão quase sempre no mecânico sempre pra ajeitar detalhes do motor.
    Então vi a que a DAFRA 250 tem melhor durabilidade, mais confortável quando esta na marcha 6, um designer espetacular cara não tem o que falar MAL // já to satisfeito sobre a minha duvida, vô Comprar a NEXT 250 !
    quem tiver duvidas pesquisem bastante essa é a dica !!!

    Responder
  68. Ja andei de twist Lander Xre E 300 o povo brasileiro se atualizem nós só conhecemos honda e Yamaha porq não temos outra opcão ,vcs só come um prato só,…..Fiat, ford, volks,tbm …
    SE atualiazem ta chegando KIA ,HUNDAI ,TOYOTA. DAFRA tomando conta do mercado auto…
    Em relacão a moto poucos dias com uma 300,dei fim , 1 ano com a next 16000 km rodado nem a agua do raiador completei ainda , já andei em cima dos 169kh a 300 estacionava 145…?

    Responder
  69. Só comprem esta moto se vcs tem certeza que nw andarão com garupa,a posição para o passageiro é péssima fica hiper alto em relação ao piloto e pior ainda e a posição das pernas para garupa ,erraram feio neste quesito….

    Responder
  70. Independente das criticas construtivas ou não é Next 250 a próxima moto , essa moto veio para ficar gente , entrei aqui só para responder a pergunta de um user lá em cima , ninguém aqui é pago para falar bem desta moto , o q estamos falando é baseado em muitas e muitas pesquisas pela web como eu ando fazendo , não estamos aqui pra falar mal da moto A B C D E , isso não interessa e não vem ao caso .

    Já possui várias motos marcas e modelos , atualmente possuo uma Yamaha Factor muito boa por sinal , estou com ela já a 3 anos com 26-000km , mas pretendo até janeiro comprar uma Next 250 , minha decisão se deu depois de tantas e tantas críticas q como as pessoas falam pela web , seriam os hondeiros .

    Já tive moto Honda CB 400 , RD 350 viúva negra , DT 180 , RX 125 , cinquentinha da Honda bem como da Yamaha , Yamaha 100 cc , já andei com a CB300 , Twister , Falcon , bom , piloto moto desde meus 14 anos , acreditem hj tenho 57 anos e já vou pra casa dos 58 , adoro motos e vou continuar assim , vou todos os dias pro trampo e ando tipow 20 km por dia ida e volta , enfrentando os corredores da morte neste trânsito mardito aqui de sampa .

    Minhas motos eu msm conserto aqui , já desmontei motor já fiz os diabos , então conheço um tantinho de mecânica , essa Dafra Next vai ser minha próxima moto em janeiro de 2014 , quando eu cata a moto vou fazer questão de postar um vídeo no Youtube para competir com outros vídeos do pessoal q possuem a Next e falam a respeito dessa moto , no Youtube há trocentos vídeos sobre a Dafra , não quero ficar de fora . Assuntos sobre moto não se pode ficar discutindo como se fosse time de futebol , é assim q esta parecendo , moto eh igual c , cada um teu o seu , abraços ….

    Responder
    • CB 300 é moda. NEXT É FODA!!! Fica de 300 na minha frente que eu bato atrás depois dos 154 km/h se não sair!

      Responder
      • kkkkkkkkkkkkk

        Responder
      • bom eu tenho uma next250 preta com detalhes vermelhos fiz so a primeira revisao de 1000km e eu msm faco as trocas de oleo pois entao voltando ao assunto se vcs souberem de alguma cb300r que marca no painel a vel.max de 165km sem ter feito alguma alteracao no motor dou minha next pra ele blz

        Responder
  71. Tenho uma next preta, comprada em dezembro de 2012. Já rodei mais de 10 mil km e ela ainda está completamente perfeita. Fiz todas as revisões na autorizada, tudo como manda o figurino. Aliás, ela não está perfeita, meu painel começou a apresentar um pequeno defeito, a velocidade demora a mudar em aceleradas mais rápidas, mas tenho certeza que ao levar na autorizada eles consertaram pra mim em meio tempo e de graça, tendo em vista que ela ainda está na garantia. Quanto as peças, ainda não tenho do que reclamar, um funcionário de um estacionamento onde ela fica estacionada durante as tardes, a deixou cair e com isso empenou o guidão, arranhou profundamente a alça traseira e a carenagem dianteira esquerda, liguei na autorizada e eles tinham todas as peças lá e mais, disseram que se por um acaso no dia em que eu levasse a moto para efetuar os reparos, alguma das peças tivessem acabado, em no máximo 5 dias úteis eles teriam uma nova. Isso quebra esse mito de que não há peças nas concessionárias, logicamente não é igual as peças honda que a cada esquina vc encontra. A minha rodando na cidade da em média 28 km por litro, porém acredito que se pegar mais leve no acelerador ela pode dar mais de 30. Quanto a posição do garupa, minha namorada anda todos os dias comigo, ela é magrinha então não vê problema nenhum em andar comigo. Logicamente a posição não é das melhores, o banco é alto, os pedais também são altos, a alça (Santo Antônio) não é dos melhores. Mas em fim, sou apaixonado pela minha moto e não trocaria, em hipótese alguma, por uma cb300…

    Responder
  72. A Next tem refrigeração líquida

    Responder
  73. Ae galera não quero desdenhar e nem criticar opnião, mas quem tiver uma CB300 que alcance 164 KM/H igual a minha NEXT sem que esteja com motor mexido, eu dou a minha moto de presente!!!

    Responder
    • e entao clisman meu brother axe alguem ai com cb300r com o painel marcando 165vel max

      Responder
      • Acho q vamos morrer com nossas motos na nossa garagem!!! kkk
        Ontem vi uma CB300 ate legalzinha, mas naum deu pra ver direito pq meu retrovisor é mini!!!

        Responder
  74. eu tenho uma cb300r e ja andei numa next 250 a cb300 deu de 10 na next pois a next e muito froxa da uma sensaçao de inseguça pois meu primo tem uma next e nos viajamos e ele nao me acompanhava

    Responder
    • irmão o dia que a next não acompanhar a cb 300 e por que o cara que estava pilotando ela não sabia onde era o acelerador , a mais uma coisa a sua cb chega explodindo o motor a 150km
      a next bate 170km meu amigo valeu

      Responder
      • Parceiro, vc tem razão, na realidade do fato ou o primo dele é muito fraco na pilotagem ou ele mesmo nunca sentou na next… é mais facil e notório a cb nem ver a cor da next…

        Responder
    • Caros amigos, minha 300 2010 ta batendo 177km de punho enrolado, já dei pau de sobra em muita next mais se eu deixa a 300 a próxima vai ser uma next pois hooo… moto do cão de boa e só lembrando q minha CB 300 tem kit de força de 400cc.

      Responder
  75. Fiz um test drive na Next esta semana e fiquei muito surpreso com a maquina, agora vou fazer um na Fazer, pois da categoria sao as duas que me causam duvidas, apesar do designe da Next falar mais alto, nao tenho problemas com marcas, Tipo Honda e Yamaha, pois hoje quem me leva e tras eh uma yes 125 e muito bem por sinal, mas agora e a vez de uma 250, e os comentarios aqui sao bem uteis assim como a materia! Valeu galera!

    Responder
  76. Fiz um test drive na Next esta semana e fiquei muito surpreso com a maquina, agora vou fazer um na Fazer, pois da categoria sao as duas que me causam duvidas, apesar do designe da Next falar mais alto, nao tenho problemas com marcas, Tipo Honda e Yamaha, pois hoje quem me leva e tras eh uma yes 125 e muito bem por sinal, mas agora e a vez de uma 250, e os comentarios aqui sao bem uteis assim como a materia! Valeu galera!

    Responder
  77. Contagem regressiva para buscar minha Next T2 ! Se a T3 sair esse ano já tem endereço certo !
    A garagem aqui de casa !

    Responder
  78. A CB 300 ate anda bem, isso é se ocabeçote não trincar até a linha de chegada. Motor ultrapassado.

    Responder

Comentário Best Riders


um × = 2