Piloto do MotoGP fala sobre violência contra namorada

0
437
piloto de motogp

Piloto do MotoGP  pela equipe Avintia Blusens, Hector Barberá, fala sobre violência contra namorada. O episódio aconteceu na noite do dia 9, em Jerez, na Espanha, e no dia seguinte Barberá foi detido. O casal foi julgado pela tribunal local especializado em violência doméstica e tanto piloto quanto a namorada já tiveram suas penas decretadas. Ela também figurou como ré pois revidou as agressões.

piloto do motogp

Foto: Getty Images

Piloto do MotoGP fala sobre violência contra namorada

Para esclarecer os fatos, o piloto do MotoGP publicou nota na qual afirma não sentir orgulho pelo que aconteceu e pede desculpas. “Após as queixas que foram apresentadas, segui o protocolo para este tipo de situação”, informou, admitindo que causou lesões em sua companheira.

Apesar de confirmar a violência, Barberá diz que tem duas irmãs, cresceu junto a elas sendo o único homem e nunca pensou em ser violento com o sexo feminino. “Nunca me ocorreria magoar uma mulher, ou qualquer outra pessoa. Sou totalmente conta o abuso de mulheres e de homens” declarou.

Apesar de seu posicionamento, Barberá diz ter sido vítima na situação: “Considero isto um tema muito sensível e há muitas mulheres que são, de fato, vítimas disto, mas acredito que neste caso em particular, está se aproveitando das leis para a proteger”. Ele também afirmou que a imprensa fez acusações injustas que afetaram seriamente a verdade.

“A partir deste momento considero o assunto resolvido e tenho a firme intenção de continuar a minha carreira desportiva da forma usual, deixando qualquer eventual esclarecimento futuro a cargo do meu departamento legal”, finalizou o piloto do MotoGP.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


4 − = dois