Nova Yamaha Factor: Segunda Geração 2014 chega ao Brasil

31
1104
nova Yamaha Factor E
Yamaha Factor K1

Olha, eu não sou a melhor pessoa para anunciar ovo que galinha não botou. Ontem recebi o pedido de falar um pouco deste novo lançamento da Yamaha Factor, e como não sou cabra que foge da raia, pensei comigo… O que falar de uma máquina que ainda nem vi. Pois bem, não tenho bola de cristal, mas acredito no trabalho sério de uma marca como a Yamaha. Pela proposta da moto, segue o que eu gostaria de ver sair de uma bola de cristal e virar realidade:

  • Uma moto versátil, que encare a cidade e pequenos trechos de estrada;
  • Confiável e de manutenção com preço acessível (parece que mexeram sabiamente neste quesito)
  • Todos as palavras “novo…blablabla” que você vai ler no release modificado da Yamaha abaixo, realmente tragam valor ao piloto, e não só “novidade”.
  • Respeito no pós-venda, uma montadora não se faz de motos e sim de motociclistas satisfeitos.

 

Até aqui o Best Riders colocou seus “10 centavos de contribuição”, daqui para frente segue o que vocês vão ver repetido em muito lugar virtual (nem todo) na nossa querida Internet, graças a combinação de três teclinhas, a CTRL, a letra “C” e a consoante “V”, um sinônimo aqui uma pontuação ali. Tudo baseado no amado press release. Bem, queremos testar para mostrar a visão do outro lado do balcão aos nossos leitores. Vamos lá então…
Segundo a Yamaha….

nova Yamaha Factor E
Yamaha Factor E

Fotos: Divulgação

Nova Yamaha Factor: Segunda Geração 2014 chega ao Brasil

A Nova Yamaha Factor: Segunda Geração 2014 chegou ao Brasil neste mês e já está disponível nas concessionárias da marca. A nova Yamaha Factor é uma street que reúne conforto, design e economia.

No design, a Yamaha Factor Segunda Geração 2014 traz formas arrojadas, novas cores sólidas e metálicas, um novo conjunto de tanque e tomada de ar mais robusto, esportivo e que proporciona melhor encaixe às pernas, para beneficiar a ergonomia do piloto. Para sair do padrão quadrado atual usado pela categoria, a nova Yamaha Factor tem uma traseira com desenho mais afiado. Os pára-lamas também estão mais modernos, escapamento completamente reformulado e painel digital com mostrador em branco bem mais moderno.

yamaha factor
Novo painel

A novidade da Yamaha vem nas versões K1, que é lançamento e versão de entrada, K, E e ED, todas com câmbio de cinco marchas e motor quatro tempos monocilíndrico SOHC, refrigerado a ar, de 124 cc, que desenvolve 10,2 cv a 7800 r.p.m. e entrega de 1.0 kgf.m a 6.000 r.p.m. de torque. A nova Yamaha Factor tem dimensões avantajadas mas tem o menor peso entre os modelos de até 150 cc. O quadro é do tipo Diamante, tem uma distância entre eixos de 1290 mm, raio mínimo de giro de 2100 mm, cáster, trial e suspensões pensados para uma boa ciclística e facilidade para manobras.

Nova Factor ED
Nova Factor ED
STE_3934
Nova Factor ED

Além disso a Segunda Geração 2014 da Factor tem o exclusivo sistema antivibração da Yamaha e boa estabilidade nas curvas, devido ao chassi tubular de estrutura em formato diamante. Para eventuais quedas, a moto tem piscas traseiros com braço flexível, que garante um índice menor de quebra nestes casos. O farol da nova Yamaha Factor também sofreu modificações e agora é ligado assim que a ignição é acionada, assim como em outras motos de maior cilindrada da marca.

nova Yamaha Factor E
Yamaha Factor K

A Factor Segunda Geração 2014 tem um carburador com acionamento a vácuo e sensor TPS, sensor de posição do acelerador que auxilia no avanço preciso do sistema de ignição, permitindo economia sem perder a eficiência. A versão K1 é indicada para novos motociclistas e deve atrair este público com as vantagens que oferece, como baixo consumo de combustível e condições especiais para a compra. O preço sugerido é R$ 5.390,00 e pode ser financiado em até 72 vezes pelo Consórcio Nacional Yamaha, com parcelas mensais de R$ 104,55. Este modelo da nova Yamaha Factor tem partida a pedal, freios a tambor e pedaleiras ficas ao chassi e está disponível nas cores preta e vermelha.

nova Yamaha Factor E
Yamaha Factor K1

A versão K tem preço sugerido de R$ 5.690,00, tem partida a pedal, freios a tambor, suporte tubular das pedaleiras traseiras fixadas ao chassi e tem mais uma opção de cor além das pretas e vermelhas: o azul.  Já na versão E, a partida é elétrica e painel completo são os diferenciais. As cores disponíveis são preto, vermelho e azul, e preço sugerido de R$ 6.120,00. Na versão ED, mais completa, a partida é elétrica, o sistema de freios sofreu alteração para se oferecer respostas mais rápidas e precisas de frenagem, rodas de liga-leve e mais uma opção de cor do que as outras, a branca. Seu valor sugerido é de R$ 6.490,00.

Junto com a nova Yamaha Factor Segunda Geração 2014, a marca lança a revisão com preço fixo. A primeira, que acontece com mil kms, e a segunda, aos 3 mil kms, têm o custo de R$ 21,00. Já na terceira revisão, aos 6 mil, e na quarta, aos 9 mil, o valor será de R$ 116,00. Aos 12 mil kms, quando acontece a quinta revisão, o valor será de R$ 157,00. Nas últimas revisões até os 18 mil kms, o valor volta a ser de R$ 116,00.

nova Yamaha Factor E
Yamaha Factor E

Principais características da nova Yamaha Factor Segunda Geração 2014:

-Design: Esportivo, Contemporâneo

-Step Up de 124cc ou Produto para o inicio ao mundo das duas rodas

-Uso urbano: Trabalho e Lazer -Economia, Desempenho e Conforto

-Design inspirado nos produtos de alta cilindrada da Yamaha e de competições

-Desenvolvida especialmente para o mercado brasileiro

-Baixo consumo de combustível

-Pilotagem confortável

-Motor quatro tempos de 124cc, monocilíndrico, SOHC

-Potência: 10,2 cv a 7800 rpm

-Torque: 1,0kgf.m a 6000rpm

-Nova versão: K1

-Sistema exclusivo Antivibração Yamaha

-Novo sistema de freio

-Novo painel

-Novo design do conjunto do tanque

-Nova traseira

-Novo escapamento

-Disponibilidade de peças Y-TEQ

-Revisão com preço fixo

Oi, voltei aqui no final… Repito, promete muuuuuito, mas queremos uma funcionando. Espero que em breve estejamos rodando em uma destas para ver se este ovo dá uma boa omelete! Os ingredientes são bons e o chefe de cozinha competente pelo seu currículo. Bora ver!

31 COMENTÁRIOS

  1. Enquanto os outros países da América do sul já desfrutam de um modelo 150cc,a Yamaha insiste em “maquiar” a já defasada ybr 125.
    Cara,que coisa feia essas abas laterais do tanque,a moto ainda está nessa vidinha de partida a “coices” e rodas raiadas!
    E o que dizer daquele painel pré-histórico,com um enorme marcador de combustível no lado direito,que poderia muito bem ser ocupado com um conta-giros.
    Em tempo:
    A Suzuki gsr 150i é vendida a 6.850 completa de série e com injeção.

  2. Concordo, que existem motos melhores em outros lugares!
    Não conheço essa nova yamaha,
    Mais se comparado as motos 125cc em relação as outras motos do mercado hoje no brasil,
    Acho uma MOTONA, pelo seu designer, conforto, valor, (CUSTO vs BENEFICIO)
    Tenho uma yamaha 125cc e não troco por nenhuma outra 125cc vendida hoje no mercado.

  3. Hsadhusahda, tem uma galera com analfabetismo funcional por aqui, estão reclamando por quê?
    pelo preço tá bom até demais, melhor que uma CG, como nome já diz, abreviação de CanGueiro.

    • Fernando,

      obrigado pelo comentário, mas concordo que comparado com o mercado exterior a linha da Yamaha, realmente se mostra pequena por aqui.

      Abraço,

      Roberto Severo

  4. Pessoal. Segui a dica do Moacir e fui pesquisar a Yamaha V-Ixion. É de chorar de tristeza com o descaso que nós, brasileiros, somos tratados.

    • Daniel, obrigado pelo comentário!

      realmente a realidade da marca dos três diapasões em outros países, é totalmente outra.

      Abraço,

      Roberto Severo

  5. Parabéns a introdução de Roberto Severo,

    Quer saber, até mesmo outros lugares vi cópia deste texto, inclusive a parte do Roberto. Hahahaha!

    Quero ver quando vocês testarem…

    Luiz.

    • Olá Luiz,

      Obrigado pelo comentário. Isso acontece… A gente publica mas tem que dizer que não montamos. E se copiarmos, a gente vai falar também… Boa parte do release foi copiado da Yamaha… Pronto… Nem todo mundo faz assim… 🙂

      Abraço,

      Roberto Severo

  6. Nova???? No Vietnã tem moto mais bonita e moderna….
    ….acorda Yamaha!
    Só falta relançarem TT125, RX125/180, DT180….
    Pelo jeito o negócio deles é vender flauta em bazarzinho de bairro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


9 − = quatro