Nota de falecimento – Renato Rabello, colaborador Best Riders

Últimas

 

foto renato Nota de falecimento   Renato Rabello, colaborador Best Riders

É muito difícil escrever uma nota falando da perda de alguém tão próximo de nós. Infelizmente a vida é dura e nos prega algumas peças dolorosas que nos fazem parar e refletir sobre o por quê dessa crueldade. Hoje pela manhã, domingo, dia 26/02, fui acordado cedo com uma ligação avisando que o nosso estagiário de jornalismo, Renato Rabello, faleceu em um acidente de moto envolvendo um ônibus na Av. Bras Leme, zona norte de São Paulo, na madrugada de sábado para domingo. Junto com ele estava outro jovem na garupa, amigo dele, que veio a falecer no local do acidente junto com o nosso querido colaborador — que resistiu, mas faleceu no hospital minutos depois do acidente.

Duas jovens vidas, o Renato, de apenas 22 anos e o outro colega que ainda não tive mais detalhes, deixam um aperto enorme no meu coração e de todos os que faziam parte da vida deles. O Renato era um “garoto”, esforçado, de família e que se mostrava talentoso e dedicado nas atividades. Estava quase completando um ano de Best Riders e estava empolgado com as novas atribuições dadas recentemente. Tinha acabado de fazer a primeira reportagem, a da Dafra Roadwin que você vê logo abaixo.

É muito difícil aceitar a morte de alguém tão puro e jovem e que estava começando a vida e que frequentava uma mesa próxima à sua. Tantas pessoas ruins, maldosas, covardes que deveriam estar no lugar dele, mas a divindade deve ter os seus motivos…

Renato deixou o seu legado, deixou uma lembrança positiva em todos nós e, nossos leitores, sentirão falta das suas reportagens.

Não sabemos as causas do acidente, mas vamos estar por perto para entender o que aconteceu e dar todo o suporte que o Renato e a sua família merecem,

Aos parentes e amigos dos jovens, os nossos sentimentos,

Renatão, fica com deus meu amigo e obrigado por passar pela minha vida!

Pablo Berardi – Editor

Confira abaixo a primeira reportagem do nosso querido Renato Rabello

http://bestriders.com.br/?p=28331

33 comments

  1. E hoje completa um ano.
    Que saudades (inexplicável saudade) de você.

    Responder
    • A saudade do Renato certamente é coletiva.

      A nossa única certeza é de que a estrela dele
      deve estar brilhando bem forte lá no céu.

      Valeu Renato!
      Best Riders – O seu site de motos

      Responder
  2. A saudade ás vezes pesa!

    Responder
  3. Que saudade de você! ?

    Responder
  4. Cedo demais…esta fazendo falta.

    Responder
  5. “Sou o pai do GUILHERME (o garupa). NINGUÉM consegue imaginar a dor de perder um filho, principalmente de uma maneira tão trágica e estúpida como essa. Aliás, o Rabello (como nós o chamávamos aqui) era quase um outro filho = eles cresceram juntos… No sábado, eles passaram a tarde toda juntos com os amigos, comemorando o aniversário de 22 anos do Gui. Mas ainda era pouco, quiseram sair pra outro lugar… que loucura… só FORAM!!!
    Quando por volta das 3h00 não o vi na cama liguei pro seu celular e soube que havia acontecido um acidente. Procurei, corri atrás noticias e soube do acidente na Av. Bras Leme. Aí veio a PIOR CENA DA MINHA VIDA: levantar o plástico e reconhecer o corpo do meu filho estendido no chão. Espero que meu PIOR INIMIGO (se é que eu tenho algum) nunca tenha que passar por isso… sempre via esse tipo de tragédia nos noticiários e ficava pensando na dor dos pais; até que, um dia, a notícia entra pela sua porta e vc não sabe o que fazer, como agir, o que pensar… perdi meu(s) filho(s), meu chão, minha razão de viver… ainda não assimilei o que vai ser daqui pra frente. Todo mundo fala que teremos que ter forças, mas não to sabendo ONDE encontro essa tal força… por favor, se alguém souber, ME AJUDEM !!!
    QUE DOR INSUPORTÁVEL…!!!”

    Responder
  6. Como foi o acidente, o que aconteceu?

    Responder
  7. Conheci o Renato quando ainda pequenino, lindo,esperto. Sou amigo de seu pai o Ricardo de Almeida há cerca de 28 anos, ainda me lembro do jeito meigo e carinhoso q seu pai o chamava de “belato”, apelido carinhoso de um pai corujão. Menino inteligente, educado e q tinha somente boas qualidades posso afirmar. Tenho a certeza absoluta q hoje o nosso Renato esta no lugar onde os bons se encontram com Deus. Só nos resta orar por essa nobre alma e pedir a Deus para q ilumine e de forças para essa família maravilhosa q ora sofre por essa enorme perda, mas q com certeza estará sempre em nossos corações. São os sinceros sentimentos de um grande amigo, Pedro.

    Responder
  8. Rabello, vai fazer falta nesse mundão…….a pessoa mais maravilhosa q ja conheci….um coração de ouro!!!

    Dedico a vc está canção

    “É tão estranho
    Os bons morrem jovens
    Assim parece ser
    Quando me lembro de você
    Que acabou indo embora
    Cedo demais”

    (Legião Urbana- Os bons morrem jovens)

    Paz e muita luz pra vc…que seu espirito traga bastante energia positiva pra gente aki em baixo….e até um dia “( Sdd!

    Responder
  9. INFELIZMENTE, 2 JOVENS COM UM FUTURO PELA FRENTE, FORAM VITIMADOS POR ACIDENTE, PASSEI MINUTOS APÓS O ACIDENTE E FIQUEI MUITO TRISTE.
    QUE DEUS ABENÇÕE AS FAMÍLIAS, E CUMPRIRAM SUA MISSÃO POR AQUÍ.
    AGORA ESTÃO NA PAZ E NA LUZ, MEUS SENTIMENTOS.

    Responder
  10. Boa Noite Pablo & Friends,

    O garupa era meu querido sobrinho Guilherme C. P. D’ Angelo, q eu considerava e considero como meu Filho !!! Ele completou 22a na 4ª passada, 22 e ambos c/ 1 turma mto agradável d amigos comemorava a data desde a tarde d sábado no salão d festas do condomínio onde morava c/ pais, 1 irmã d 19a e minha Mãe d 83a – imaginem o abalo q esta horrível tragédia provocou em todos nós, sobretudo em quem participava diaria/ de sua vida …

    Edú, o corpo q vc presenciou enrolado no alumínio era do Guigo q faleceu na hora devido fortíssima pancada do lado esquerdo da cabeça …

    Concordo c/ a opinião d alguns – o Guigo e seu Amigo Renato, cumpriram suas jornadas entre nós d forma tão digna, brilhante q nos deixaram p/ trilhar novos caminhos em outro(a) mundo(vida) e deixar seus rastros como o d 1 cometa q qdo surge deixa aquela luz d alegria p/ a eternidade …

    Grato pela considerações d todos !!!

    Responder
  11. UM LINDO GAROTO EU CONHECIA MAIS OS PAIS DELE E MUITO MOSSO AMIGO .AINDA EU ANO ESTOU ACREDITANDO. MAIS SEI QUE ELE ESTA COM DEUS RENATO SAUDADES.

    Responder
  12. Primeiramente força para todos nós!

    Renato, o grande RABELLO, foi sem dúvidas meu melhor amigo, estou com ele desde nossos 10 anos de idade aproximadamente… Sempre foi um cara muito brincalhão, inteligentíssimo, esforçado, focado, e muito, MUITO feliz.

    Cresci com o Rabello, moro ao lado dele, estudei com ele, descubrimos o bom da vida juntos, viajamos, sonhamos, lutamos socialmente em um coletivo em pról da arte como desalienação, e ainda esotu com ele mesmo em outro plano…

    Ele é um cara que sempre acreditou que, além da vida na matéria há inúmeras possiblidades de vida eterna. Ele sempre me falava sobre e acreditamos que há a continuidade. Já vi ele dizendo que a energia é eterna, isso é o mais importante no momento para pensarmos.

    Já a outra pessoa que se foi com ele é meu cunhado, Guilherme Pandeló, e é um dos meus melhores amigos também. Ambos vieram para cá com uma única missão: Transmitir felicidade e o bem para nós.

    Bom, caso queiram entrar em contato comigo basta enviarem um e-mail.
    Estamos juntos nessa.

    Força para nós, vamos mandando nossas energias para eles que é o que precisamos fazer.

    E vamos eternizar as obras que Rabello nos deixou, são músicas gravadas (Hajime Hagan), um livro (Hoje é o dia da revolução) e muitas fotos pelos incríveis lugares e momentos que ele presenciou. E tem muito mais ouro por aí.

    Abraços.

    Responder
  13. Vai deixar uma saudades absurda! Descançe em Paz, brother!

    Responder
  14. Na noite do dia 26, no momento do acidente eu estava no local e vi bem o que ocorreu. Eu estava parado no farol, na Braz Leme, quando por mim passou a moto guiada pelo Renato, parecia ser uma Hornet ou caisa assim, o fato é que quem estava “guiando” a moto abriu os dois braços e deixou-a seguir sem controle por uns 50 ou 60 metros em uma velocidade aproximadamente de 100 ou 120 km/h, foi então que ao ver o ônibus cruzando o condutor da moto se apavorou e tentou de susto recuperar o controle agarrando o guidão e em seguida tentando cortar o ônibus, além da imprudência por soltar a moto ainda o fêz com o asfalto molhado e em altíssima velocidade. Não houve o mínimo tempo para que ele desviasse do ônibus.

    Pois é, foi o que aconteceu, em fatos.

    Responder
  15. A morte quando passa por cima da fronteira que divide “as pessoas que conhecemos” e as “pessoas que desconhecemos” mexe muito com a gente, como se jogasse por terra a nossa falsa sensação de invulnerabilidade. Ontem fiquei meio zumbi com esta notícia, me sentindo exposto. Estava numa padaria quando falei com o Pablo, ouvi, sentei e fiquei uns trinta minutos olhando para o nada antes de pegar minha moto e voltar para casa. Voltei com a moto pesada, como se tivesse alguém junto comigo… estranho… Desejo muita paz à família! Descanse em Paz Renato!

    Responder
    • Jorge Trigueiro, gostaria de conversar com vc, por favor… (oldangelo@yahoo.com.br)

      Responder
  16. Descansem em paz! E que a justiça não falhe a quem mereça punição.

    Responder
  17. Cada dia que passa, fico mais perplexo com a quantidade de gente que morre no trânsito. Pior, quando a vítima é alguém próximo. Convivi pouco com Renato Rabello, mas o bastante para saber que esse jovem tinha índole, era esforçado e tinha um futuro brilhante como jornalista em qualquer ramo a que se dedicasse. Estou arrasado!! Lembro do dia que ele pilotou pela primeira vez uma moto “grande”, seu sorriso era como de um bebê que vê a mãe trazendo a mamadeira! Fica com Deus Renatão!!! E que sua família tenha forças!

    Responder
  18. Inacreditável esse ocorrido, agora escrevo com lágrimas em meus olhos, perder um amigo tão querido não é fácil.

    Responder
  19. COM CERTEZA VAI FAZER MUITA FALTA PARA TODOS NÓS ! QUE O GRANDE PAI NOSSO SENHOR ABRAÇEO E DE MUITA FORÇA PARA SEUS PAIS IRMÃ E SEUS FAMILIARES . GRANDE PERDA PARA TODOS NÓS !
    QUE VOÇE BRILHE AÍ EM CIMA POIS NOSSO GRANDE PAI TE RECEBERÁ MUITO BEM , VOÇE APENAS COMEÇOU UMA NOVA ETAPA , QUE DEUS TE ABENÇOE …
    FABIO DUARTE ,
    VALEU PRIMO !!!

    Responder
  20. Em nome de todos da Revista da Moto, presto minhas condolências a família deste jovem e também aos colegas do Best Riders.
    Lamentamos profundamente não só a perda de um companheiro de profissão, mas também do jovem de futuro promissor.

    Sinceramente,

    Laner Azevedo

    Responder
  21. Olá, pessoal.
    Tenho certeza que o Renato está bem acolhido esteja onde estiver. Fui ao velório dele e realmente foi bem triste. A mãe dele falou que ele era muito feliz e que amava todos na empresa onde trabalhava. Queria agradecer o carinho de todas as mensagens enviadas. Um abraço!

    Responder
  22. Descanse em paz, xará! Força para a família.

    Responder
  23. Realmente muito triste…desejo apenas o amparo a seus familiares e amigos.

    Responder
  24. meu Deus!!!!

    Conte comigo para o que for preciso turma!!!
    Somos da mesma família!!

    Força

    Minhoca

    Responder
  25. Meu domingo acabou com a notícia da morte do Renato. Sou muito pouco evoluído para compreender a morte, porém, acredito que todos nós temos a nossa hora marcada. Minha solidariedade à família e aos amigos do Renato. Por fim, peço à equipe BestRiders que investigue o acidente. Eu, particularmente, estou sempre brigando com motoristas irresponsáveis e inconseqüentes de ônibus, caminhões e etc.. Não aceito que vidas sejam colocadas em risco!! Investiguem e, caso a culpa seja do motorista do ônibus, que a justiça seja feita! Um abraço a todos! Estou triste por não compreender o porquê de certas coisas da vida.

    Responder
  26. Não tive oportunidade de conhece-lo pessoalmente. Mas, passei a admirá-lo pelo seu trabalho.

    Sinto muito…

    Responder
  27. ontem passei pelo acidente estava sentido santana onde ouve esse acidente
    ja teve mais acidendes no mesmo lugar ,não sei se é os sinais de semaforo
    pois onde fica a marambaia e um cruzamento da av braz leme ,poderia tirar esse cruzamento ,e quem for sentido santana para entrar na marambaia poria seguir direto e virar no retorno .

    quando passei pelo acidente o corpo estava no chão ja no aluminio com uma viatura e o onibus tambem parado no local ,uma cena muito triste ,
    pergutei para umas pessoas que estava no local um senhor diz que trabalha proximo a 5 anos disse que fou, um barulho muito forte que nunca tinha visto aquilo antes.

    muitos onibus cruzam a via com farol fechado, se correrem atraz para envestigar pode ter cameras pq tem muita agencia de veiculos na região .

    a cena que vi foi muito trite

    Responder
  28. Putz Pablo,que noticia péssima!

    Que Deus tenha algo melhor guardado para ele,vi a reportagem da Roadwin,assim que foi publicada,e vi que o guri era próspero,pra frente,com certeza uma perda para a mídia especializada em motos,sem falar na família do guri,que é imensamente maior…meus sentimentos…

    Como você disse,quem tinha que ir não vai,as vezes penso que o tal purgatório não seria o que vivemos,pois são coisas como esse fato lamentável que não conseguimos entender…

    Paz no trânsito!

    Responder
  29. Estou destruído com a perda do Renato. A única coisa que me vem à cabeça é pedir muita paz para seus familiares e amigos. Qualquer palavra além disso é insignificante neste momento. Olha por nós aí de cima meu amigo!

    Responder
  30. é uma pena mesmo, todos já perdemos amigos e familiares de uma forma e de outra e entendemos a dor … espero que a família encontre conforto nessa hora tão difícil

    Responder
  31. Que Deus abençoe e ampare o Renato, seu garupa e os familiares deles.

    Responder

Comentário Best Riders


+ 7 = treze