MV Agusta correrá no Mundial de Superbike

7
888
mv agusta f3
mv agusta f3

MV Agusta anunciou que volta ao Mundial de Superbike no ano que vem em parceria com a Yakhnich.

mv agusta f3 moto corrida

Foto: Divulgação

MV Agusta correrá no Mundial de Superbike

A marca italiana anunciou seu retorno às corridas em parceria com a equipe russa Yakhnich e já fez os primeiros testes com seus pilotos para o Mundial de Superbike. A MV Agusta já estará competindo no ano que vem, mas deve se tornar altamente competitiva só em 2015, conforme planejam os executivos da empresa italiana.

Os pilotos que correrão pela montadora italiana serão o russo Vladimir Leonov, o francês Jules Cluzel, estes na categoria Supersport com a F3, e o italiano Claudio Coti, na categoria principal e com uma F4 RR. Os pilotos já testaram a MV Agusta F3 e a F4 RR recentemente na pista de Jerez, na Espanha. A equipe aproveitou para já pensar nos primeiros ajustes que as motos tem que passar para afinar motor, chassi, parte elétrica e tudo o mais. Os pilotos apontaram algumas mudanças mas aproveitaram para sentir bem a moto e apostam no bom desempenho da MV Agusta.

“Temos buscado desenvolver o sistema eletrônico e corrigir o posição de condução. Eu tenho que me acostumar com ela, mas no final do segundo dia, comecei a me divertir e eu acho que o potencial da F3 é muito alto”, relatou Jules Cluzel, após dois dias de testes. Já Claudio Coti acredita que a estreia da MV Agusta no Mundial Superbike será positiva: “Não posso esperar para pilotar a versão final da moto e completar o teste em janeiro. Acho que podemos ir bem no primeiro ano. ”

>>Conheça nossa loja de motos! 

7 COMENTÁRIOS

      • Aço é uma liga metálica formada essencialmente por ferro e carbono.

        Então na composição do aço, há ferro.

        Aço cromo molibdênio é o aço (ferro e carbono) + cromo + molibdênio.

        Cromo: O cromo fornece resistência à corrosão, oxidação, altas temperaturas e à abrasão. O molibdênio ajuda a manter uma temperabilidade especificada e aumenta a resistência à tração e à deformação causadas por altas temperaturas.

        Molibdênio:
        Em pequenas quantidades, é aplicado em diversas ligas metálicas de aço para endurecê-lo e torná-lo resistente à corrosão..

        Com alumínio no chassi uma F4 RR de R$ 120 mil com chassi de ferro, não pesaria 190 Kg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ dois = 3