Assen recebe o WSBK e a estréia da Superstock 1000 e Supersport 600 EU

0
408

Pela primeira vez nesta temporada, junto com a terceira etapa do Campeonato Mundial de Superbike e Supersport, também serão realizados os eventos de abertura das categorias Superstock 1000 FIM Cup e do Campeonato Europeu de Superstock 600.

Mundial de Superstock 1000

A lista de inscritos para a classe Superstock 1000 mostra o quanto o campeonato é popular. Em 2011, serão 29 pilotos (de 12 nacionalidades diferentes) disputando o título. Entre motos da Ducati, Honda, BMW, Kawasaki e Yamaha, serão 22 equipes alinhando no grid.

Com a ida do atual campeão Ayrton Badovini para o WSBK  (equipe BMW Itália), a briga pelo título neste ano deve ser mais disputada — em 2010, das 10 etapas, Badovino venceu 9 e chegou a outra em 2º. Sheridan Morais (Kawasaki Lorenzini by Leoni), o atual campeão da Superstock 600 europeia, o francês Jeremy Guarnoni (Yamaha MRS) e o ‘wild-card' na WSBK em Phillip Island, Bryan Staring (Kawasaki Pedercini), começam 2011 na lista de favoritos.

Superstock 600

Neste ano, 24 pilotos se candidataram a levar o Campeonato Europeu de Superstock 600 para casa. Representantes de 12 nações – incluindo alguns fora da Europa – darão tudo para imitar a proeza de ex-campeões como Claudio Corti, Xavier Simeon, Maxime Berger, Loris Baz, Gino Rea e, mais recentemente Jeremy Guarnoni.

Entre as motos, domínio total da japonesa Yamaha YZF R6, adotada por nada menos que  18 pilotos. Três pilotos optaram pela Honda CBR 600RR, dois pela Kawasaki ZX-6R e um correrá com a Triumph Daytona 675R.

Copa Europa Júnior (Ninja 250R)

A programação de fim de semana em Assen também irá incluir uma corrida para principiantes. Com a finalidade de atrair jovens talentos para o esporte, pilotos entre 14 e 17 anos de idade, de oito países diferentes, competirão em motos Kawasaki Ninja 250R.

Serão ao todo seis etapas no calendário 2011, sendo a próxima em Misano, no mesmo fim de semana da WSBK (12 de junho).

 

Nos eventos pré-corrida, muitos cavalos à disposição:

Acostumados a controlar mais de 200 nas motos, muitos pilotos tiveram medo de controlar "1 cv"

O tradicional encontro entre jornalistas e pilotos — que sempre é realizado antes da corrida — aconteceu desta vez em um lugar bem diferente dos requintados hotéis e restaurantes..em uma escola de hípica. Localizado a poucos quilômetros da pista, os pilotos foram recebidos no local pelo prefeito de Assen.

Depois de uma demonstração dada por um dos instrutores da seleção olímpica holandesa, foi a vez dos pilotos experimentarem um cavalo muito diferente daqueles mais de 200 a que estão habituados.

Carlos Checa (Althea Racing Ducati), Michel Fabrizio (Suzuki Alstare), Roberto Rolfo (Kawasaki Pedercini), Jakub Smrz (Effenbert-Liberty Racing Ducati), Rubén Xaus (Castrol Honda), Barry Veneman (BMW Motorrad Italia SBK) e Luca Scassa (Yamaha ParkinGO) fora alguns dos presentes na “pista off-road”.

O canal Bandsports  transmite as duas corridas da Superbike, todavia, a programação com horários do canal não foi divulgado em seu site. A primeira bateria tem largada prevista para a 7h (horário de Brasília) enquanto a segunda começa às 10h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


dois − = 1