Mundial de Motocross: vitória francesa e KTM fora do pódio

0
594
Frossard comemora a vitória na MX1

Fotos: FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

No último domingo (5) foi realizada na pista de Saint Jean D’Angely, França, a quinta etapa do Campeonato Mundial de Motocross. O dia não poderia ter sido melhor para os franceses que foram prestigiar o evento e viram os compatriotas Steven Frossard vencer na classe MX1 e Gautier Pauline ficar em terceiro na MX2. O topo do pódio na MX2 ficou com Tommy Searle, que venceu pela primeira vez na temporada.

Na MX1, o italiano Antonio Cairoli foi o segundo e o belga Clement De Salle o terceiro. Dessa vez, David Philippaerts, vencedor da etapa brasileira, ficou  longe do pódio ao terminar na humilde nona colocação.

Pela primeira vez na temporada a KTM não deu as caras no pódio da MX2, tanto Ken Roczen quanto Jeffrey Herlings não foram bem na etapa francesa, terminando em quinto e quarto respectivamente. Tommy Searle foi o primeiro, Zach Osborne ficou em segundo e Gautier Pauline em terceiro.

MX1

Momento da largada da segunda bateria da MX1

Frossard,da Monster Energy Yamaha, venceu a primeira bateria e terminou a última  em segundo . Primeira vitória do francês na MX1, ele está convencido de que ainda subirá no pódio muitas vezes até o final do campeonato.

Cairoli, que terminou em segundo na primeira bateria e em terceiro na segunda, admitiu que seu rendimento não foi cem por cento como esperava, mas está feliz com o resultado.

Clement De Salle venceu com autoridade a segunda bateria, e só não subiu mais alto no pódio pois caiu durante a primeira bateria, terminando essa na 11ª posição. No geral, Clement ficou em terceiro.

Os 10 melhores da MX1 em Saint Jean D’Angely:
1. Steven Frossard (FRA, Yamaha), 47 pontos,
2. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 42 p.
3. Clemente DeSalle (BEL, Suzuki), 35 p.,
4. Xavier Boog (FRA, Kawasaki), 32 p.;
5. Evgeny Bobryshev (RUS, Honda), 31 p.;
6. Ken de Dycker (BEL, Honda), 29 p.;
7. Maximilian Nagl (GER, KTM), 26 p.;
8. Rui Gonçalves (POR, Honda), 25 p.;
9. David Philippaerts (ITA, Yamaha), 23 p.,
10. Tanel Leok (EST, TM), 22 p.;

Classificação do Mundial MX1:
1. Clemente DeSalle (BEL, Suzuki), 199 pontos
2. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 193 p.
3. Steven Frossard (FRA, Yamaha), 179 p.,
4. Maximilian Nagl (GER, KTM), 179 p.
5. David Philippaerts (ITA, Yamaha), 161 p.
6. Evgeny Bobryshev (RUS, Honda), 141 p.
7. Rui Gonçalves (POR, Honda), 133 p.;
8. Jonathan Barragan (ESP, Kawasaki), 115 p.;
9. Kevin Strijbos (BEL, Suzuki), 114 p.,
10. Xavier Boog (FRA, Kawasaki), 109 p.

MX2

Momento da largada da segunda bateria do MX2

Searle, da Monster Energy Kawasaki, obteu a sua primeira vitória geral na temporada em Saint Jean d'Angely. O piloto britânico confessou que foi o seu pior GP até agora, mas graças ao grande trabalho que sua equipe fez para alterar algumas configurações da moto, ele foi capaz de estar no topo do pódio.

Osborne, também pela primeira vez, subiu ao pódio, só que em segundo. O piloto ficou satisfeito com sua posição, pois mesmo competindo com uma fratura em seu pulso, ele ainda pode obter resultados satisfatórios como os de domingo.

Os 10 melhores da MX2 em Saint Jean D’Angely :
1. Tommy Searle (GBR, Kawasaki), 43 pontos,
2. Zachary (EUA, Yamaha) Osborne, 40 p.
3. Gautier Paulin (FRA, Yamaha), 40 p.,
4. Jeffrey Herlings (NED, KTM), 36 p.;
5. Ken Roczen (GER, KTM), 35 p.;
6. Nicolas Aubin (FRA, KTM), 31 p.;
7. Arnaud Tonus (SUI, Yamaha), 30 p.;
8. Joel Roelants (BEL, KTM), 24 p.;
9. Kullas Harri (FIN, Yamaha), 23 p.,
10. Max Anstie (GBR, Kawasaki), 19 p.;

Classificação do Mundial MX2:
1. Ken Roczen (GER, KTM), 226 pontos
2. Jeffrey Herlings (NED, KTM), 213 p.
3. Tommy Searle (GBR, Kawasaki), 199 p.,
4. Zachary (EUA, Yamaha) Osborne, 162 p.
5. Gautier Paulin (FRA, Yamaha), 160 p.
6. Arnaud Tonus (SUI, Yamaha), 138 p.
7. Max Anstie (GBR, Kawasaki), 135 p.;
8. Kullas Harri (FIN, Yamaha), 119 p.;
9. Joel Roelants (BEL, KTM), 114 p.,
10. Nicolas Aubin (FRA, KTM), 104 p.;

GP da França – Informações Básicas
Comprimento do circuito: 1590 mts
Tipo de solo: duro
Temperatura: 30 ° C
Condições climáticas: sol e calor

A próxima etapa do Mundial de motocross será no próximo final de semana em Agueda, Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


− um = 4