Motos: Vendas mantém estabilidade na 1ª quinzena de janeiro, divulga Abraciclo

0
279
Motos

Passados 10 dias úteis do ano de 2013, já temos a primeira avaliação do mercado de motos do Brasil. A primeira quinzena do mês de janeiro de 2013 apresentou uma média diária de 6.160 motocicletas comercializadas, mantendo praticamente estável o volume, em relação ao mesmo mês do ano passado (6.465) e de 2011 (6.334).

Esses foram os dados divulgados pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) com base nos licenciamentos de motos registrados pelo Renavam.

Motos e mercado: Vendas mantém estabilidade na 1ª quinzena de janeiro, divulga Abraciclo

Motos

Foto: Reprodução/ANTARA/Noveradika

No acumulado do período, foram vendidas 61.604 unidades, ante às 64.645 de janeiro de 2012, correspondendo a uma leve queda de 4,7%. Quando comparamos com o mesmo mês de 2011, com 63.339 unidades, houve redução de apenas 2,7%.

“A média diária de vendas da primeira quinzena de janeiro apresentou-se estável, apontando uma continuidade na concessão de financiamentos por intermédio dos bancos públicos. Esse resultado confirma as projeções da entidade para 2013, com uma produção total em torno de 1.784.000 motos e vendas no atacado chegando a cerca de 1.679.000 unidades”, analisou José Eduardo Gonçalves, diretor executivo da Abraciclo.

Abraciclo acredita em evolução nas vendas de motos no atacado

De acordo com as projeções apresentadas recentemente pela Abraciclo, em 2013 a produção de motos poderá crescer 5,5% em relação ao volume consolidado de 2012 (1.690.187 unidades). As vendas de motos no atacado poderão evoluir 3,3%, ante as 1.625.446 unidades registradas em 2012.

Com relação à primeira quinzena do mês passado, no qual foram vendidas 68.998 unidades de motos, os emplacamentos apresentaram queda de 10,7%. Em dezembro, porém, além da oferta de crédito ao consumidor, o 13º salário permitiu aos compradores o pagamento de uma parcela de entrada, facilitando a aquisição de motos no mercado brasileiro.

A Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) já possui 36 anos de história e 13 associadas, representando os interesses dos fabricantes de transporte em Duas Rodas no Brasil, além de investir fortemente em ações que tenham por objetivo a busca pela paz no trânsito e pilotagem defensiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


dois × 2 =