Motos entram em programa do governo de incentivo à agricultura familiar

Notícias

Há muitos anos, o produtor rural descobriu que as motos são mais baratas e eficientes do que os animais para o trabalho no campo. Por isso, ver agricultores usando motos enquanto realizam suas tarefas ou em deslocamentos é cada vez mais comum no interior do Brasil.

MOTOS PRONAF 2018 Motos entram em programa do governo de incentivo à agricultura familiar

Motos de uso misto entram em programa do governo federal de incentivo à agricultura familiar

Agência Infomoto

Motos entram em programa do governo de incentivo à agricultura familiar

Reconhecendo a utilidade desses veículos para a agricultura familiar o governo, por meio do programa Pronaf Mais Alimentos, anunciou uma linha de crédito especial para que o produtor rural adquira sua moto com facilidades. As taxas de juros variam de 0,5% e 4,6% ao ano e o prazo pode chegar a 120 meses, com carência de até três anos.

Vale ressaltar que apenas as famílias agrícolas cadastradas no programa Pronaf Mais Alimentos são contempladas pela linha de crédito especial. Atualmente, há mais de 4 milhões de famílias inscritas no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. “A iniciativa possibilita aos agricultores o acesso a produtos mais modernos, de tecnologia avançada, melhor desempenho e, ainda, com a garantia das fabricantes”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, associação dos fabricantes de motocicletas.

Outro detalhe é que apenas as motos catalogadas no Pronaf podem ser adquiridas por meio da nova linha de crédito rural. Ao todo são oito modelos de motos on/off-road dos fabricantes Honda (Bros 160, XRE 190, CRF 230) e Yamaha (XTZ 150 Crosser S e Z, Lander 250 e Ténéré 250), além de motores estacionários, motores de popa e até o quadriciclo Honda TRX 420 Fourtrax.

Comentário Best Riders


9 − = seis