Motos de alta cilindrada são alvo dos bandidos em São Paulo

Notícias, Últimas

roubodemotos 581x410 Motos de alta cilindrada são alvo dos bandidos em São Paulo

Policiais militares prenderam na madrugada desta terça-feira (17), em São Paulo, Felipe Maresti de Oliveira, 27 anos, suspeito de pertencer a uma quadrilha que roubava motos importadas. Tudo começou quando os policiais faziam o patrulhamento quando cruzaram com dois bandidos em uma moto Suzuki GSX-R750.

O motociclista acelerou e a fuga durou até o momento que o suspeito perdeu o controle e foi preso. O garupa conseguiu fugir a pé. Segundo a polícia, a moto foi roubada de um motociclista enquanto ele estava parado em um farol durante a madrugada, na cidade de Guarulhos.

As Rodovias Bandeirantes e Anhanguera são um dos pontos mais visados pelos ladrões de motos potentes, principalmente no percurso entre Campinas e São Paulo. A PM não possui dados sobre o número de motos de luxo roubadas na Bandeirantes, mas informa que os crimes têm maior incidências aos sábados e domingos, por volta das 17h. Os assaltantes têm média de 20 a 30 anos de idade, andam em dupla em motos de grande potência e costumam atirar nas vítimas.

Outro ponto que registra grande número de furtos de motos de alta cilindrada é a Avenida dos Estados, no trecho de Santo André. No ano passado, o engenheiro Clayton Lupinetti, de 37 anos teve a sua Honda CB Hornet 600, avaliada em R$ 35 mil, furtada. O engenheiro Robson Nunes, 35 anos também perdeu a sua Suzuki Bandit 650, avaliada em R$ 27 mil, no mesmo local.

As motos mais visadas são aquelas com mais de 600 cilindradas. Muitas são encomendadas em outros países e têm como destino certo o Paraguai. Além de usar armas, as gangues derrubam os condutores das motocicletas quando eles param nos semáforos.

Confira as rodovias com maior ação dos bandidos (seguem em ordem aleatória) :

1) Marginal Pinheiros
2) Avenida dos Bandeirantes
3) Rodovia Castello Branco
4) Avenida Rio Branco com a Avenida Duque de Caxias
5) Rua General Osório
6) Avenida Aricanduva
7) Rodovias Anhanguera e Bandeirantes
8 ) Avenida Mutinga (Jaraguá)
9) Avenida São João (perto do Minhocão)
10) Rodoanel Mário Covas

Segundo a polícia militar, em São Paulo as motos mais visadas pelos criminosos são os modelos de 125 a 250 cilindradas. Geralmente, são roubadas para venda de peças ou usadas novamente em outros assaltos, como abordagens a motoristas em semáforos. Já as motos importadas são roubadas por encomenda.

Moto Pzinho Motos de alta cilindrada são alvo dos bandidos em São Paulo

Foto: clauderioaugusto

Conforme levantamento feito pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg), em 2011 as 10 moto mais roubadas do Brasil foram:

Honda CG Titan 125: 19.223 unidades
Honda CG Titan 150: 10.113
Honda CBX 250 Twister: 5.946
Honda C100 Biz: 4.109
Yamaha YBR: 3.370
Honda Biz 125: 2.950
Honda NXR 150: 2.665
Yamaha YS 250 Fazer: 1.841
Honda XR 250 Tornado: 1.779
Honda NX4 Falcon: 1.585

18 comments

  1. Vagabundo! Vejam as fotos do FDP metido a gangsta. Olhem o FB deste pilantra.

    https://www.facebook.com/felimonstro

    Responder
  2. Até o capacete deve ser roubado…sem palavras!!!Tem que acabar com essa raça.

    Responder
  3. Fui roubado na marginal Tietê por dois vagabundos que me apontaram as pistolas me obrigaram a parar em um sabado 12hs, a multa com o FDP veio para mim mas usam o radar só para esse fim, poderiam usar as imagens e matar esse FDP que atiram e matam até policiais, perderam o mêdo ou >>>>>

    Responder
  4. O pessoal do TÁTICO,tinha que ter detonado a cara desse FdP…

    Responder
  5. Se eu fosse Policial eu nem levava para a delegacia eu matava em um beco esses malditos..

    Por que não vão trabalhar para saber o sufoco que é comprar um moto.

    e pior não é só comprar e sim manter com IPVA Altissimo, DPVAT nem se fala.. e Seguro que é quase o preço da moto.

    Responder
  6. olha a cara deles, vao ser soltos, sao comparças de alguns policiais que ganham com isso na general osorio. vagabundice da mídia, que pra dizer que esta sendo feito algo, expoe esses vagabundos. todos sabem quem comanda esse esquema é coisa da policia, e nao de bandidos. varios delegas envolvidos na general.

    Responder
  7. Mas será possível que nossas autoridades não tomam uma atitude quanto aos desmanches de motos localizados na região da Rua General Osório? Alguém deve levar algo para que aquela “boca” continue tendo lojas de péssimo nível. Já passaram por lá? Te oferecem peças de moto como lhe oferecessem drogas. Se a polícia não faz nada, um controle da Secretaria da Fazenda quanto a emissão de notas fiscais versus os estoques desses lugares ajudaria. Mas não, é lucrativo para todos. Seguradoras que cobram 1/3 do valor de mercado das motos no seguro anual e quase que a metade do valor da moto de franquia, bancos que esfolam quem tem moto financiada e não paga – imagina ficar com um boletão sem o bem financiado? Outra coisa que precisa mudar urgente é a mentalidade desta nova geração de “monstroqueiros” que está surgindo. Não sabem andar de moto, caem e não tem dinheiro pro conserto, afinal não estava considerado no orçamento.
    Para combater o crime deve-se agir sobre a causa e fatores motivacionais deste crime. O que leva um bandido a roubar uma moto, em 90% dos casos? O fato de que algum “lojista” paga uma merreca pela moto roubada para desmontá-la e vender suas peças. O que leva um lojista a vender peças roubadas? O fato de que existem bastardos que compram peças roubadas, que são mais baratas – lógico – afinal o “capote” não estava no orçamento e o seguro é inviável porque existe muito roubo.. Nesta história, todos são bandidos.
    É um ciclo vicioso, onde todos saem ganhando, exceto o pai de família que perdeu sua vida, o trabalhador honesto que paga com seu suor sua moto, a mãe que ficou sem um filho.Enquanto não houver uma reforma “top down” na justiça e uma reforma “down top” na educação, a espinha inflamada que está no meio destas duas pontas NUNCA será espremida. Este é o nosso Brasil, esta é nossa São Paulo e o principal – este é o reflexo de uma sociedade BURRA, que vota em INCOMPETENTES, e que nunca mudará.

    Responder
    • Ahahaha.
      Não tomam providencias sobre os desmanches pois são donos deles….
      Está no mesmo nível que RJ, jaja estoura a mesma guerra que estourou lá, “O inimigo agora é outro”!!!!!!
      Abs,
      Ronaldo

      Responder
  8. Deixa eu mata eles, deixa, deixa, deixa….

    Responder
  9. Recentemente visualizei uma blitz, ao me aproximar da ação percebi que pelo afunilamento causado no trânsito a velocidade reduziu drasticamente, assim, a menos de 5 metros da blitz levantei a viseira de meu capacete para facilitar a visualização do meu rosto por parte dos policiais, para minha surpresa imediatamente um dos policiais empunhou uma arma em minha direção e sinalizou que eu parasse, imediatamente acionei a seta, parei, desliguei a moto, tirei o capacete e desci da moto quando de imediato fui abordado com uma revista fisica desprovida de qualquer orientação verbal e uma ação nitidamente truculenta, me foi solicitado o documento da moto e o meu, pensei então que haveria a esperada consulta a meu respeito e acerca da situação da moto, mais um engano, o policial me disse com todas as letras que por orientação de seu sargento (como quem se exime de culpa) deveria me aplicar uma multa por conta de estar conduzindo com viseira aberta, aleguei a ele o motivo da abertura e ainda o questionei “você deve ter visto que só abri quando estava junto de vocês”, a resposta dele me desconcertou definitivamente, “essa é uma blitz para viseiras e o sargento quer mostrar resultado”, questionei então se ele não verificaria condições do meu veículo ou minha condição perante a justiça e a resposta pasme “essa blitz é só para verificar capacetes e viseiras”, com Blitz desse nível se eu estivesse numa moto roubada ou fosse eu um bandido teria saído de lá com uma simples multa, será que existe inteligência na polícia.

    Responder
  10. Todo mundo gosta de culpar a polícia pela ação de marginais que roubam motos pra tirar peças, mas sabe o que eu mais vejo e muito na internet, é neguinho reclamando do preço de PEÇA ORIGINAL COM NOTA E PERGUNTANDO DE PEÇA PARALELA, OU SEJA, PEÇA ROUBADA, SEM NOTA e óbvio mais barata, claro pro bandido não custou nada, só o trabalho de assaltar o motociclista.

    Então é a velha história, se não houvesse consumidor de drogas, não haveria tráfico de drogas e nem traficante, da mesma forma neguinho que pensa em economizar e “acha” que tá ganhando comprando peça roubada, esses caras é que ferram com tudo e depois ficam reclamando da polícia.

    Antes de comprar uma moto verifica se tem dinheiro também pra mante-la sem ter que recorrer ao mercado paralelo, ou melhor o MERCADO DOS BANDIDOS!

    Responder
  11. Mandou bem o “Marião”!!! Não sei quem é mais vagabundo…Quem rouba, ou quem compra??? Para mim são dois grandes FdP.

    Responder
  12. ta ai.. o face do trabalhador…..

    http://www.facebook.com/felimonstro

    senhores policiais….. vejam nas fotos os anjinhos….. e mandem bala!

    Responder
  13. vc’s tem tudo que si fuder msm o bom eo trafico nas ruas os roubos de moto roubos seguidos de mortes

    Responder
  14. Quem alimenta o mercado de peças usadas são as motos roubadas que são encobertas pelo próprio governo e outros… vou explicar… Estas lojas só funcionam por conta dos leilões de detran e seguradoras, vendem motos com baixa de documentos e só servem pra encobrir esse tipo de delito, encher a loja e esquentar peças roubadas.

    Na minha modesta opinião tudo isso que vai a leilão (detran/seguradoras), deveria ser prensado e derretido como material reciclado… duvido que seguindo este procedimento não se diminuiria essa verdadeira roubalheira de carros e motos que sofremos hoje.

    Em vez do governo se preocupar a segurança do contribuinte, ficam criando leis que verdadeiramente pouco interessa a sociedade!

    Responder
  15. Marião says… Dei a receita!

    Responder
  16. Que falta falta faz a ROTA, eles faziam um limpa com esses maginais nas ruas, desculpe mais marginal de qualquer raça tem que ser exterminado.

    Responder
  17. A policia deveria estar disfarçada em grupos, assim como os bandidos fazem.A Policia estaria em grupos e assim que fossem pegos os demais policiais disfarçados entrariam em ação.Motos mais visadas.Assim intimidaria essa CORJA de Bandidos que devem morrer no ato do roubo e não prenderem para depois sair do nosso bolso o subsidio para cuidarem deles na cadeia.Tem que morrer.

    Responder

Comentário Best Riders


× 1 = dois