Motociclistas: aumenta número de mortes em SP

Acontece, Últimas

A Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo divulgou  aumento de 18% no número de motociclistas mortos em acidentes de trânsito em dois anos. Em 2009 foram registrados 1.479 acidentes fatais para motociclistas e o número subiu para 1.721 em 2011. Os dados apontam para a marca de cinco mortes por dia.

Honda Gold Wing F6B 02 610x406 Motociclistas: aumenta número de mortes em SP

Foto: Divulgação

Motociclistas: aumenta número de mortes em SP

O estudo mostra que em 2011 as internações de motociclistas vítimas de acidentes somavam 55 por dia em todo o Estado e os gastos nos hospitais praticamente dobraram. Em 2011, foram gastos mais de R$ 27 milhões para estes atendimentos, valor 76% maior que em 2008, que contabilizou R$ 15 milhões.

Segundo o Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, o crescimento no dinheiro investido para os atendimentos de motociclistas acidentados se deve ao fato da maior complexidade dos casos ao longo dos anos. Os acidentes passaram a ser mais violentos devido ao abuso de velocidade e imprudência no trânsito.

A região com maior número de internações de motociclistas vítimas de acidentes de trânsito foi Araçatuba, de acordo com o estudo. A taxa de internação foi cinco vezes maior num período de dois anos: em 2008 foram registradas 1,13 internações por 10 mil habitantes e em 2011 esta taxa subiu para 6,06 internações por 10 mil habitantes.

Na Grande São Paulo também foi registrado aumento: em 2008 foram 7.299 motociclistas internados, o que corresponde a uma taxa de 3,72 por 10 mil habitantes, número 44,72%  menor do que em 2011, quando 10.674 motociclistas foram internados, uma índice de 5,38 por 10 mil habitantes.

Em 2012, os números continuaram altos. Até o mês de setembro, último dado do estudo, foram internados 7.647 motociclistas vítimas de acidentes de trânsito.

Apenas uma região registrou queda no número de motociclistas vítimas de acidentes. Em Barretos no ano de 2008 a taxa de internação registrou 3,21 por 10 mil habitantes. Em 2011 o número caiu para 2,94 por 10 mil habitantes.

Confira os números das regiões estudadas:

motociclistas mortes tabela1 307x410 Motociclistas: aumenta número de mortes em SP
Fonte: SIH/SUS – Dezembro de 2012

Comentário Best Riders


− dois = 7