Mistério do Avião Desaparecido – Boeing 777

Acontece

O voo MH370 desapareceu na madrugada de sábado (8), e mesmo após cinco dias do ocorrido, nenhum sinal do avião foi encontrado.

Boeing 777 Mistério do Avião Desaparecido   Boeing 777

Equipes de busca utilizam aviões para vasculhar os mares entre a Malásia e Vietnã.

Foto: Athit Perawongmetha/Reuters

Mistério do Avião Desaparecido - Boeing 777

No último sábado (8), um avião da empresa Malaysia Airlines com 239 pessoas a bordo, que saiu de Kuala Lumpur, Malásia para Pequim, China,  desapareceu sem dar notícias ao controle de tráfego aéreo.

O Boeing 777-200 desapareceu às 2h40 de sábado (8), horário local (15h40 de sexta em Brasília).

O voo MH370 decolou de Kuala Lumpur às 0h41, horário local (13h41 de sexta em Brasília) e tinha previsão de chegada a Pequim cerca de seis horas mais tarde, mas desapareceu do radar uma hora depois da decolagem.

A aeronave desapareceu sobre o Mar do Sul da China, ao sul da península Ca Mau do Vietnã. Pelo itinerário normal, o avião deveria sobrevoar o Camboja e o Vietnã antes de entrar no espaço aéreo chinês.

Nenhuma chamada de emergência ou mensagem foi enviada à torre de controle, e o avião não apresentava problemas técnicos e não enfrentava mal tempo durante as últimas comunicações entre o avião e as torres de controle.

As autoridades responsáveis pelas investigações estão considerando seriamente a possibilidade de que a aeronave pode ter alterado sua rota em meio ao voo.

Os aviões da Malaysia Airlines (MAS) têm registro de poucos acidentes.

A busca

Passados mais de cinco dias do desaparecimento da aeronave, uma área de milhares de quilômetros quadrados no mar já foi vasculhada, mas até agora não há sinais do avião.

Outra nova pista que está sob investigação é o relato de um funcionário de uma plataforma de petróleo no Mar do Sul da China, que disse ter visto um objeto em chamas no céu nas primeiras horas do sábado.

Por outro lado, familiares dos passageiros afirmam que  os celulares das vítimas ainda estão tocando quando contactados, o que faz as autoridades pensarem que não foram destruídos e estão em área com cobertura de sinal de telefonia.

Neste momento, uma frota internacional de 42 embarcações e 39 aviões estão em uma operação da qual participam Austrália, China, Estados Unidos, Filipinas, Índia, Indonésia, Malásia, Nova Zelândia, Cingapura, Tailândia e Vietnã.

Hipóteses

Por um momento falou-se em sequestro da aeronave, pois durante as investigações foi descoberto dois homens que embarcaram no voo MH370 com passaportes roubados.  De acordo com a polícia, os homens são iranianos e  foram  identificados como Pouria Nour Mohammad Mehrdad, e Delavar Seyed Mohammad Reza. Aos poucos a hipótese de terrorismo vem sendo abandonada e segundo investigações da Interpol, a polícia internacional, ambos tentavam migrar para a Alemanha, onde pretendiam pedir asilo político.

Autoridades da Malásia trabalham com quatro hipóteses para o sumiço do avião: Sequestro, sabotagem, briga e problemas psicológicos de passageiros ou de algum membro da tripulação

Até a manhã desta quarta-feira (12), nenhum sinal do avião foi encontrado.

>>Conheça nossa loja de motos!

Comentário Best Riders


oito × 8 =