KTM apresenta 1290 Super Duke R

13
766
nova KTM 1290 Super Duke R

KTM finalmente apresenta sua nova moto, a 1290 Super Duke R.

nova ktm 1290 super duke
Nova KTM 1290 Super Duke R finalmente é apresentada

Fotos: Divulgação

KTM apresenta 1290 Super Duke R

Foi revelada nesta terça-feira (1) a versão final da tão aguardada, e comentada, 1290 Super Duke R. Apresentada como protótipo no ano passado, a nova moto da KTM será atração na edição do Salão de Milão 2013, que acontece em novembro.

A nova Super Duke tem motor de dois cilindros, com refrigeração líquida, 1301 cc e potência de 180 cv. A moto vai de zero a 200 km/h em apenas 7,2 segundos e, segundo a marca, tem baixo consumo de combustível e o intervalo de manutenção é de 15.000 km.

Pensando na segurança do piloto, a KTM investiu em bons freios, que carregam as marcas Brembo e Bosch para seu sistema de frenagem com ABS. A KTM também investiu em um moderno sistema de controle de tração.

nova KTM 1290 Super Duke R
KTM 1290 Super Duke R faz de zero a 200 km/h wm 7,2 segundos

A KTM 1290 Super Duke R foi montada em quadro tubular de aço, com braço oscilante de um lado só, chassi de treliça e seu peso é de 189 kg.  A marca austríaca também pensou no conforto do piloto e planejou um assento confortável e boa posição de pilotagem.

Como a nova moto está há um ano sendo aguardada, a KTM continua com o mistério e no site especial feito para o modelo ainda há “bônus especiais”, como fotos e vídeos, que serão mostrados aos poucos. Mas a moto de verdade, só será vista em novembro.

O que você achou da nova KTM 1290 Super Duke R? Dentro do que esperava? Comente!

nova KTM 1290 Super Duke R
A nova moto será destaque no Salão de Milão 2013

 

>>Conheça a nossa loja de motos

 

13 COMENTÁRIOS

  1. Acima do que eu espera, amo moto 2 cilindros e essa KTM é um sonho! Pena que a Justiça Brasileira ainda proíba a vinda da marca para o país. Segundo, o que eu li o problema é com questões alfandegarias com a Áustria. O que impossibilitaria o registro da marca no nosso mercado

    • Ainda mais aqui no Brasil, não é?
      Infelizmente a KTM não está muito presente no nosso país… Vamos demorar para poder aproveitar deste beleza!

          • Existem muitos motivos para a marca não está fixada no nosso mercado, e o principal seria o alto investimento para vender pouco por se tratar de produtos que são caros, exclusivos e muito bons, mas a marca poderia fazer o que a MV Agusta fez, criar uma parceria com alguma marca nacional, no caso a MV Agusta fez com a Dafra, e começar vendendo a moto mais barata como a Duke 200. seria perfeito!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


× 7 = vinte um