Keeway RKX 600 – Uma interessante naked chinesa de 4 cilindros

7
797

Sem a badalação e opulência dos estandes das grandes marcas, a Keeway, marca do grupo de origem chinesa Qianjiang (um dos gigantes do setor) também está presente no Salão Duas Rodas. A marca aproveita a ocasião para mostrar aos visitantes sua linha de motos e scooters de 125/250 cm³, contudo, basta bater os olhos na RKX 600 para, imediatamente, notarmos que estamos diante de algo muito mais interessante do que simplesmente “mais uma moto chinesa”.

O design é a ciclística desta naked sino-europeia são tipicamente italianos (o centro de P & D marca fica na Itália), isto é, encontramos linhas agressivas e carenagens minimalistas emoldurando um chassi de treliça, grossas bengalas na suspensão dianteira e uma dupla saída de escape sob o assento ao melhor estilo streetfighter. As rodas de liga-leve com 17” recebem grandes discos de 320 mm na dianteira e um simples de 240 mm atrás.

O motor de 600 cm³ e quatro cilindros em linha é produzido pela própria empresa. Com injeção eletrônica e arrefecimento líquido atinge potência de 88 cv a 12 000 rpm e torque de 6,9 kgfm a 10 000 rotações.  Trabalhando em conjunto com um câmbio é manual de 6 marchas, essa configuração, segundo a marca, leva a naked da Keeway a 180 km/h.

Infelizmente, esta belíssima naked ainda não está a venda, mas mostra o potencial tecnológico e a capacidade de criação da Keeway.

7 COMENTÁRIOS

  1. também estive no salão e me interessei bastante pela moto, mas, quando estive no stand não tinha ninguém que falava português para estar me atendendo! 🙁

  2. Parabéns pela matéria, este foi o único site em que encontrei amis detalhes sobre esta moto/fabricante, a dita imprensa especializada só fala das líderes nacionais…
    Vi a motocicleta e me chamou muita atenção, o motor é Benelli, o que me deixou curioso,depois vim a saber da fusão do grupo, acabamento excelente e visual agrada muito. Estou ansioso para que o produto chegue ao mercado para competir com os atuais líderes.
    Sou forte candidato para a compra caso venha com preço interessante assim como a Comet 650.
    O fabricante informou que é para 2012.
    Abraço a todos e novamente parabéns pela matéria.

  3. Esse motor não seria Benelli? Estive na feira e vi ao vivo essa moto, quando questionei o expositor dessa marca, fui informado que esse motor e boa parte da moto é benelli, até me mostrou a tampa de motor com a inscrição benelli…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


seis × 2 =