Keeway deve vir para o Brasil?

2
328

Ainda é pura especulação de mercado, mas existe a possibilidade da Keeway (marca de motos chinesa) começar a operar no Brasil. Caso isso ocorra, novas motocicletas poderão ser oferecidas aos amantes das duas rodas. O line-up da marca conta atualmente, no segmento elétrico, com dois scooters e três bikes. Eles concorreriam diretamente com a Kasinski, única marca a comercializar veículos movidos à eletricidade no país. A Keeway conta ainda com uma linha de motos, scooters e quadriciclos (estes movidos a combustão), que variam de 50 cm³ a 250 cm³.

Fotos: keewaymotor.com

Mas voltando a possível vinda da montadora, a informação que circula é que o grupo chileno Gildemeister (que estrutura suas operações no país) pretende trazer a marca para o Brasil. No Chile ele já representa a Aprilia, Moto Guzzi e Vespa.

De acordo com a coluna do jornalista Marcelo Onaga, da revista Exame, o grupo já comprou o controle da brasileira Bramont, que produz em Manaus os veículos utilitários da marca indiana Mahindra. Assim, o mesmo parque fabril poderia ser utilizado para a Keeway.

A marca chinesa já está presente em 45 países localizadas na Ásia, África, Américas do Norte e Sul e Europa. Será que virão para cá também?

2 COMENTÁRIOS

  1. A keeway foi fornecedora da Garinni nos anos de 2006 a 2010. Chegou a fechar parceria com a Sundown para alguns modelos, mas foi pro vinagre também. Vamos ver.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


2 × = dois