Jorge Lorenzo no topo em testes na Austrália

0
201
Jorge Lorenzo - Yamaha Factory Racing

MotoGP 2014: Os três testes programados em Philip Island, na Austrália, focam a melhoria dos pneus, que se desgastaram no asfalto desse circuito na última edição do Campeonato. Nesse segundo dia de teste, o piloto Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, levou a melhor sobre Dani PedrosaAndrea Dovizioso.

Jorge Lorenzo - Yamaha Factory Racing

Foto Divulgação

Jorge Lorenzo no topo em testes na Austrália

Na etapa do MotoGP 2013, a disputa realizada em Philip Island na Austrália foi marcada por dificuldades – a direção do campeonato havia encurtado o número de voltas do circuito para 19 e obrigou os pilotos a não ultrapassarem dez voltas sem uma parada em condições normais.  A medida foi decidida após manifestação da opinião técnica da Bridgestone, que constatou os eventuais problemas que os pneus sofreriam nessa pista. Tal medida marcou o campeonato com a desclassificação de Marc Márquez nessa disputa, pois  por falha de equipe, o piloto parou somente na 11ª volta, desobedecendo regras e sendo impedido de continuar a disputa  – lembrando também que se Márquez tivesse vencido essa disputa, teria se sagrado Campeão Mundial nesse dia (ver matéria).  Devido a esses problemas, a Dunlop e a Bridgestone submeteram os pneus aos três testes na pista em Philip Island, onde os pilotos, além de se preparem para a Competição de 2014, podem dar informações sobre o que experimentaram com suas motos durante a corrida. Vale lembrar que na Austrália agora é verão e o asfalto pode chegar até 50ºC (ou seja, um temperatura mais agravante do que a que a pista tinha na disputa em outubro de 2013).

Nesse segundo teste (04/03), o piloto Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, levou a melhor, como também aconteceu no teste da segunda-feira (03/03), sobre a marcante da Yamaha M1, com sua carenagem de carbono negro, em um corpo menor e maiores entradas de ar para pilotar em condições de vento forte. Lorenzo afirmou estar mais contente com os pneus nessa corrida, e no teste reduziu sua marca para 1m 29,133s, ficando a 0,25s de Dani Pedrosa, da Repsol Honda. Na terceira posição ficou Andrea Dovizioso da Ducati Team. Valentino Rossi, da Yamaha, Cal Crutchlow, da Ducati, ocuparam a quarta e a quinta posição.

Dois pneus foram testados nessa segunda e terça-feira. O próximo teste será realizado amanhã (5), mas pode sofrer alterações devido a previsão de chuvas.

>Conheça nossa loja de motos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


× 5 = dez