Isle of Man TT / Dia #2 – Dunlop Mostra Porque Veio

6
735
isle of man

Prezadíssimos amantes da velocidade, para começar o boletim de hoje, vamos a alguns números da Ilha:

19 – Vezes que John Mac Guinness venceu
131.5 mph – aproximadamente 211,63 km/h é o recorde de média horária de uma volta conseguido por John Mac Guinness
206 mph – aproximadamente 331,52 km/h é a maior velocidade alcançada por um piloto no circuito por Bruce Anstey
37,7 milhas – aproximadamente 60,67 km. é a extensão do circuito
500 – número mínimo de fiscais necessários para cada corrida
1907 – Ano do primeiro TT
240 – número de mortes por acidentes no circuito da Ilha de Man
235 – número de mortes em tentativas de escalar o Monte Everest

Mapa do circuito:

isle of man TT Course Map

Isle of Man TT / Dia #2 – Dunlop Mostra Porque Veio

Dia #02

No treino da Super Bike, na sexta passada fiquei na descida da Braddan Bridge (2), onde os pilotos enrolam o cabo e a proximidade com a pista faz com que percebamos a velocidade absurda que eles chegam, fiz um video para dar uma ideia ao caro leitor:

Primeira corrida de Super Bike numa nublada Ilha de Man, meu posto de observação foi O Governor Bridge (37), como o nome do trecho diz, em frente a casa do governador.

A visão aqui é de uma curva fechada, de quase 180 graus, onde os pilotos chegam “alicatando” o freio ao máximo e contornando por cima de bueiros e remendos, desafiador e perigoso. Presenciei 3 quedas em baixa velocidade neste pedaço. O piloto de uma Norton, marca que no passado já fez história na Ilha, também deixou o motor morrer e teve que abandonar.

isle of man

Veja a primeira passagem dos pilotos na volta #1, dezessete minutos (!) após da largada, pois este trecho fica quase no final do circuito, peço desculpas pela qualidade nem tão boa do filme, mas quis trazer a sensação de estar ao lado da pista próximo aos bólidos na primeira volta:

Ilha de Man TT – 2013 – Primeira volta de Super Bikes from Roberto Severo

 

isle of man

A prova foi pautada pelas lendas do TT fazendo bonito, e não deixando nada para ninguém, até John Mac Guinness que foi punido pela estúpida velocidade que ele saiu dos boxes conseguiu o terceiro lugar (se não fosse por isso, teria ganhado a corrida!). Mas ninguém segurou Michael Dunlop de mostrar porque veio, no ano seguinte de ter perdido seu tio, o então piloto “lenda” do TT, Joey Dunlop em 2000 em Tallinn na Estônia em uma prova de 125cc (!!!!!), Dunlop “sobrinho” fez a prova de 6 voltas em impressionantes 01:45:29.980, com uma média de 207 km/h.

isle of man m.dunlop

O resultado foi este:

isle of man

 

O Rafa Paschoalin, teve dificuldades técnicas com a sua Ducati Panigali 1199, mas completou a corrida sem acidentes e com a moto inteira, porém apenas fez 5 voltas das 6 da corrida.

isle of man

Keep Riding!

6 COMENTÁRIOS

    • Boas Hundrei,

      aqui não tem essa de religião de marcas de moto, a única crença do povo aqui é o motociclismo!

      Abrax,

      Roberto Severo

    • Olá Wellington,

      O Rafa Paschoalin, teve dificuldades técnicas com a sua Ducati Panigali 1199, mas completou a corrida sem acidentes e com a moto inteira, porém apenas fez 5 voltas das 6 da corrida.

      Acabei de incorporar esta informação ao texto! Grato.

      Roberto Severo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


quatro − 3 =