Hyosung apresenta Aquila CV650i Pro 2013 na Europa

Notícias, Últimas

b85d8c6e55572d0e8676c7fea76b4df4 Hyosung apresenta Aquila CV650i Pro 2013 na Europa Foto: Divulgação

A fabricante coreana Hyosung, que possui uma parceria com a Kasinski no Brasil, apresentou mais um modelo que será comercializado na Europa, a motocicleta Aquila CV650i Pro 2013. Diferente do modelo 2012, a moto conta com novas cores, prata e preta, e a traseira da moto foi completamente redesenhada.

A motocicleta continua com o seu motor V-Twin de 650 cm³, com capacidade de gerar 74 cv de potência a 9.000 rpm, refrigeração liquida e freio dianteiro com disco duplo. A motocicleta será comercializada a partir do dia 1 dezembro, e custará somente € 5,499.00 (cerca de R$ 14.300.00).5c4fbb7d124f21b3d0e0f9a86ca2d0431 Hyosung apresenta Aquila CV650i Pro 2013 na Europa

7 comments

  1. galera , tenho uma mirage “problema” 2010/11 , a kasinski com a morte do dono e a compra pelo grupo CR zongshen tem sim abandonado seus clientes mesmo quando estamos na garantia, minha moto tem pulado de CC em CC sempre com mesmo problema e ja tive problema de CC trocar peça da minha moto para por em outra para se livrar dos clientes e fechar a CC depois, são um ano de luta para poder andar na moto somente um mês, o resto fica estacionada nas CC sem solução , não recomendo a ninguem a compra desta marca ainda mais que as leis no brasil não são feitas para nos proteger, a moto vende na europa e EUA mas lá a lei põe a empresa no seu devido lugar se não arrumar o problema , pagam o dinheiro de volta para o cliente e pronto. Aqui neste pais abençoado ficamos na mingua e perdemos dinheiro e cabelo quando pretendemos ter algum produto diferenciado.A honda e a yamaha sabem disso , por isso não baixam nem desenvolvem uma moto de baixo custo ou em outras palavras acessivel ao consumidor mediano.
    NÂO COMPRE KASINKI CC estão abandonando cliente e a fabrica não troca o que precisa para a moto ficar boa sei por experiencia própria.
    Infelizmente falo da MIRAGE 250 uma moto de 10200,00 na tabela que não vale 5000,00 no mercado hoje

    Responder
  2. A Kasinski tem que ouvir seu consumidores se quiser continuar no mercado.

    Responder
  3. Tem um motociclista de curitiba que fez uma viagem para Ushuaia no Chile com uma e só tem a falar bem. Estava de planos em pegar uma, mas ainda estou em dúvida…

    (Cerca de R$30.000.00 no Brasil com impostos)

    Responder
  4. Trata-se de um bom produto, assim como também a Mirage 650 também é um excelente produto. O problema da Kasinski ainda continua sendo o pós venda, e para o caso das motos de 650 cilindradas da Kasinski existem pouquíssimos mecânicos qualificados no país para fazer a manutenção e assistência desses modelos. Quem tiver dúvida é só pesquisar a dor de cabeça que os proprietários das “grandes” da Kasinski têm quando precisam de peças ou de um mecânico com conhecimento do produto. Mas mesmo assim, a Mirage 650 sempre foi um produto de excelente qualidade. Toda a linha Hyosung da Kasinski é boa, só a linha de produtos chinesa Zhongshen que são as de baixa cilindrada que em quase todos os modelos deixam a desejar na qualidade e durabilidade. E por falar na linha de baixa cilindrada da Kasinski com motos de qualidade meia boca somado a um pós venda sem qualificação não há dono de concessionária nem logística bem feita que aguente uma demanda de tantos defeitos, é por isso que infelizmente a marca esta perdendo mercado para a Dafra.

    Responder
  5. Até pode ser um bom produto, até pensei em comprar uma moto da marca mas com vários problemas apresentados não fechei negócio!
    Mas problemas tem em todas as marcas, umas mais outras menos, algumas é quase que só problemas!

    Responder
    • Todas as marcas tem problemas…o que mais tem e R*nda com motor aberto nas oficinas, a difereneça é que como as gigantes vendem mais, tem mais peças no mercado para reposição, sejam elas paralelas ou roubadas.

      Responder
    • Ficou linda a prata.

      Eu também tenho vontade de comprar uma Kasinski dessas, mas se eu comprasse seria pra viajar, e aí está meu medo.
      Pra andar só na cidade é tranquilo, tem uma oficina logo ali, mas pra viajar… ainda tenho um receio, vamos esperar a Kasinski resolver de uma vez por todas os componentes que fazem pipocar tanta reclamação. Verdade que são coisas pequenas, mas pra quem está no meio do nada, um simples parafuso já é o fim do mundo.

      Responder

Comentário Best Riders


7 − seis =