Honda vai dobrar a produção de motos na Índia

0
136

Fotos: Divulgação

Quando falamos do mercado automobilístico — e aí estão incluídas as motocicletas — a Índia é hoje o segundo mercado que mais cresce, perdendo apenas para a China.

Com a economia em alta, a classe média em expansão a financiamentos mais acessíveis, em 2010 as vendas de motos na Índia cresceram 30% e, assim, chegou-se ao extraordinário número de 10,1 milhões de unidades. A exemplo de comparação, foram vendidas no Brasil, também em 2010, pouco mais de 1,8 milhão de unidades (sendo 1,4 milhão só da Honda).

Com base nisso, a Honda Motor Co. anunciou nesta quinta-feira (26), que ira investir cerca de 330 milhões de dólares (cerca de 525 milhões de reais) na ampliação da capacidade de produção de motocicletas na Índia.

Com a construção de sua terceira fábrica na Índia, a Honda terá capacidade de produzie até 4 milhões de motos por ano

Dois terços desse valor seriam investidos na construção de uma nova fábrica na cidade de Narsapuram, perto de cidade de Bangalore. O restante será destinado para a modernização da fábrica de Tapukara, atualmente em construção, que terá duplicada a sua capacidade de produção. Prevista para começar a operar em julho com capacidade para 600 000 unidades, com o novo investimento o início da operação passou para março de 2012, já com a capacidade elevada a 1,2 milhão motos/ano.

Hoje, a empresa já produz 1,6 milhão de unidades na planta de Haryana, e, segundo um funcionário da Honda em Nova Déli, com a nova fábrica de Narsapuram (que entra em operação no primeiro semestre de 2013) e a ampliação de Tapukara, a marca deverá alcançar a produção de quatro milhões de motos e scooters /ano.

Além do aumento na demanda, pesou nessa decisão estratégica da Honda o fim da joint-venture de 26 anos com a Hero Motors, que produzia parte das motocicletas comercializadas com a marca Honda no mercado doméstico indiano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


× seis = 24