Honda apresenta suas novas MX: CRF 250/450R 2012

4
837

Se no ano passado a Honda foi a última das grandes fabricantes a mostrar sua linha MX 2011, desta vez, a marca surpreendeu a imprensa e os aficionados por off-road ao mostrar seus principais modelos 2012 precocemente agora no início de maio.

As novas versões das renomadas CRF 250R e CRF 450R foram apresentadas via internet e sem imagens detalhadas das muitas das mudanças anunciadas. Não sabemos a razão de tanta pressa. A marca também mostrou as versões de 70 e 80 cm³ da CRF, mas sem novidades técnicas.

CRF450R:

– Aprimoramento do sistema de suspensão traseira Pro-Link para melhorar a tração e a aderência da traseira (controle do piloto).

– Novas regulagens nas suspensões dianteira e traseira para proporcionar mais estabilidade em terrenos muito irregulares.

– Tubos mais rígidos nas bengalas dianteiras para obter respostas mais progressivas na suspensão e uma direção mais precisa.

– Bengalas dianteiras com novas molas (mais rígidas) para conseguir uma constante elástica maior contra os impactos, melhorando o comportamento e a estabilidade da ciclística ao iniciar saltos e voltar a ter contato com o solo após estes.

– Novas pedaleiras, mais largas e leves para melhor equilíbrio do piloto sobre a moto.

– Novos pneus Dunlop MX51

– Gráficos inspirados nas motos da Honda Racing.

 

 

 

 

 

 

 

 

CRF250R

– Novo cabeçote com dutos revistos e válvulas de escape (30 mm) com novo formato. Proporciona um funcionamento mais uniforme a baixas e médias rotações.

– Corpo de injeção menor. Otimiza a curva de potência e torque em baixas e médias rotações e torna as respostas ao acelerador menos bruscas.

– Novo tipo de construção do virabrequim visando obter mais confiabilidade e aumentar a vida útil do propulsor.

– Motor Unicam de terceira geração com sistema de injeção eletrônica mais leve e sem bateria.

– Aprimoramento do sistema de suspensão traseira Pro-Link para melhorar a tração e a aderência da traseira (controle do piloto).

– Novas regulagens nas suspensões dianteira e traseira para proporcionar mais estabilidade em terrenos muito irregulares.

– Novas pedaleiras, mais largas e leves para melhor equilíbrio do piloto sobre a moto. O pedal de partida foi modificado para permitir ligar a moto com mais facilidade e menor esforço.

– Novo sistema de escapamento que cumpre as normas mundiais sobre emissões e ruído sem comprometer o desempenho da motocicleta.

 

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ 2 = quatro