Ho! Ho! Honda! 3 Anos de garantia + 7 Trocas de Óleo grátis

13
2736
honda moto

Em uma escaldante manhã de terça-feira, 3/12/2013, em Sumaré – SP, Alexandre Cury – Gerente Geral Comercial da Honda e Marcelo Langrafe – Gerente Geral de Pós-Venda mostraram a imprensa que o Natal chegou em duas rodas e quem comprar uma CG Titan ou Fan modelo 2014 a partir de 01 de dezembro de 2013 será agraciado por esta nova política da Honda para os serviços de suas concessionárias autorizadas: três anos de garantia e sete trocas de óleo grátis nas revisões.
honda moto

Ho! Ho! Honda! 3 Anos de garantia + 7 Trocas de Óleo grátis

Isto pode ser controlado através do cartão de revisões que vem junto com o manual do proprietário. As revisões devem ser feitas na mesma concessionária que o cliente comprou a moto.

Veja esta comparação de custo de revisões divulgado pela Honda. O que importa na verdade é a última linha quando, segundo a montadora, depois de 30.000 quilômetros, possui o menor valor acumulado gasto em revisões.

Eis a tabela comparativa da linha 150 e logo abaixo a da linha 125.
(base São Paulo entre 02/09/2013 – 03/12/2013)

honda moto
honda moto

Pensando comercialmente, nem tudo é presente de Natal, e não existe ceia de graça. Como estratégia a Honda acerta na mosca e faz com que o cliente volte a concessionária mais vezes. Bom para a marca, bom para a concessionária que pode fidelizar e bom, por que não, para o motociclista. Enfim, parece um negócio interessante. Vale dizer que nesta oferta, a Honda fez parceria com sua rede de autorizadas, e quem paga a conta (do óleo) são todos. A boa notícia é que 100% das concessionárias aderiram, ou seja, do Oiapoque ao Chuí o proprietário de uma motocicleta Honda (CG – Titan e Fan) estarão cobertos pela campanha.

Segundo Lagrafe, eles iniciaram pelo carro chefe que é a linha CG e que possivelmente expandam para outras linhas, mas não deu muitos detalhes sobre isso.

honda moto

Na mesma coletiva, Cury e Langrafe falou sobre 2013 e 2014, eis os destaques da apresentação:

  • 2013 foi um ano de desafios para que a Honda vencesse a barreira da flutuação do dólar, dado que alguns fornecedores indexam seus preços a moeda americana e manter os custos dentro de um patamar aceitável. Isso demandou enorme trabalho da equipe de Pesquisa e Desenvolvimento.
  • A Honda não somente diz que acredita no país, mas também diz o porquê. O brasileiro deseja comprar moto e isso é um motivador maior.
  • 2014 será um ano com muitas incertezas, variáveis como Copa do Mundo, Eleições podem balançar o mercado de forma imprevisível.

Destacou também alguns dados marcantes de 2013:

  • A Honda atingiu a marca de 18 milhões de motos produzidas em Manaus
  • A terminologia Flex One foi adotada para toda a linha bicombustível da marca, seja carro, seja moto, afinal “existe apenas uma Honda”.
  • A Honda chegou a marca de 3 milhões de motos Flex produzidas
  • Mesmo em um ano desafiador, a Honda lançou e inovou com produtos como o PCX e a CRF250
  • Falando em scooter, ela atingiu 70% do market share deste modelo segundo Cury
  • Pretende ampliar ainda mais o segmento Scooter em 2014
  • Como marco principal, mencionou as mudanças da família CG, carro chefe da companhia. 10 milhões de modelos CG foram fabricadas. Para se ter ideia de comparação a VW produziu 6,5 milhões de veículos Gol
  • Não, na área de esporte motor, para 2014 a marca não tem planos para a competição TT da Ilha de Man com um piloto brasileiro. Cury passou esta bola dizendo que competições internacionais, são cuidada pela HRC (Honda Racing). Aqui ficou claro que “apenas uma Honda” é apenas para nomenclatura de bicombustível, sim, há “duas Hondas”.
  • Soando até um pouco como antítese, a marca participará com a brasileira no Rally Dakar com um modelo XRE Rally exclusivo pilotado por Jean Azevedo. Vai entender…

Keep Riding!

13 COMENTÁRIOS

  1. Pois bem, o grande problema é que a Yamaha é muito “mocoronga”, espera em demasia para lançar novos produtos, vide a família 250 (twister e tornado), lançadas em 2001 pela Honda, a Yamaha só colocou no mercado sua família 250 em meados de 2005, outro exemplo é a CG 150 da Honda, lançada em, se não me engano, 2004, a Yamaha só respondeu em 2013.
    Esse comportamento “medroso” da Yamaha me decepciona, do que adianta eles fabricarem produtos que por vezes são melhores que o da concorrência, mas só lançarem após anos de monopólio da categoria pela Honda.
    Receio que a história se repetirá com as “quinhentinhas”, foram anos e anos de súplicas dos motociclistas, e sem qualquer interesse das montadoras, em vez da marca dos diapasões ter a audácia de aproveitar o momento, não, esperaram a Honda lançar, aí diz a lenda que virá umas tais de MTs (quais nem sei se serão concorrentes diretas das CBs), bom, só espero que não demore anos, pois os consumidores não gostam e não vão esperar! Me incluo neste grupo.

  2. BRASILEIRO É BURRO… AINDA ACREDITA Q POR VENDER MAIS… A HONDA É MELHOR….
    NO BRASIL ND É COMO PARECE…

    YAMAHA LÍDER MUNDIAL EM VENDAS…

    A HONDA SE TIVER EM 5°… NO MERCADO MUNDIAL É MUITO…
    .
    ..DEPOIS DE VÁRIOS ANOS DE EMBARGO… POR UM CONTRATO DA HONDA COM O GOVERNO BRASILEIRO… ONDE SOMENTE ELA “HONDA” PODERIA FABRICAR MOTORES 4 TEMPOS AQUI NO BRASIL….
    .
    ..DEPOIS DISSO A YAMAHA LANÇA A YBR 125…. MOTINHA REVOLUCIONÁRIA… Q FEZ A CG PASSAR DE 125 PRA 150…. PQ A O MOTOR 125 DA HONDA N ERA E AINDA NÃO É PÁREO PARA O 125 DA YAMAHA… A CG 125 TREME ATÉ O DOCUMENTO DENTRO DA CARTEIRA ACIMA DE 80….
    QUERO VER A HONDA AGORA PASSAR A CG PRA 200… KKKKKKKKK

    AI A YAMAHA LANÇA A FZ 250…. OQ A HONDA FAZ…???….
    AUMENTA A CILINDRADA DAS MOTOS PRA 300… PQ AS 250 DELA N É PÁREO PARA O 250 DA YAMAHA… ASSIM COMO TB… AS XTZ 125… XTZ 250(LANDER)….. Q TIROU A XLR125… E A XR250(TORNADO)… DO MERCADO… DANDO ORIGEM AOS LIXOS DA BROS 125,150…E A XRE300 Q NÃO PRESTAM PRA ND ALEM DE COMPRAR PÃO…

    A HONDA COMPRA A MÍDIA PRA BABAR NO OVO DELA… A HONDA AGORA…. SEM VER SAÍDA…. AUMENTA A GARANTIA… PRA PRENDER O “HONDERO BURRO”… Q VAI FICAR PRESO COM ESSA BOMBA POR 5 ANOS… PAGANDO REVISÃO NA CONCESSIONARIA… Q FICA MUITO MUUITO…MAIS CARO Q NUMA OFICINA NÃO AUTORIZADA…

    ELES PODEM DAR 10 ANOS DE GARANTIA…. Q O VALOR DAS REVISÕES… PAGAM TD…
    YAMAHA É MELHOR EM TD…. TD…. DURABILIDADE…CICLÍSTICA… ECONOMIA…
    DETALHE…. AS 7 TROCAS DE ÓLEO GRÁTIS…..KKKKKKKK….
    A CG TROCANDO DE ÓLEO DE 1000 EM 1000 KM…. TEM MOTOBOY Q ANDA 10.000KM EM 1 MÊS…. KKKKK…

    A YAMAHA TEM AS TROCAS DE ÓLEO COM INTERVALOS BEEEEM….BEM MAIS LONGOS… 3X….5X MAIS…. POR TER UM ÓLEO DE SUPERIOR QUALIDADE…. E UM MOTOR Q É REALMENTE UMA OBRA PRIMA DA ENGENHARIA… (y)…

    A HONDA AGORA LANÇOU A CB250… Q É LIXO… A FALCON Q É O LIXO DO SÉCULO,JA ERA FROXA PRA UMA 400cc AGORA COM 28CV NUMA 400cc?!…É HILÁRIO… KKKKKKK AINDA LANÇA A CB500…PQ?!…. PQ N É PÁREO PARA A NINJINHA 300… KKKKK…
    QUERO VER A HONDA AGORA PASSAR A CG PRA 200… KKKKKKKKK

    NO BRASIL A HONDA SEMPRE TEM Q SER MAIS… COMPRA O GOVERNO… FAZ EMBARGOS ECONÔMICOS… DECLARA MAIS POTENCIA SEM TER… A MÍDIA COMPRADA DIZ SER UMA COISA Q ELA NÃO É… ASSIM É O BRASIL…SIL…SIL… QUEM PAGA PROPINA… SE DA BEM EM TD… TD É FANTASIA… E MENTIRA…
    YAMAHA QUEM CONHECE DE MOTO SABE…!!!!!!…..

    • Amigo Henrique … sou fa de carteirinha da Yamaha, não troco por nenhuma outra. Quanto menos Yamahas na rua melhor para nós.

      Vamos lá pessoal bora comprar honda… é isso ai… é a melhor moto do Brasil !!!!!!!

  3. Olá Caio e Juliano,

    concordo, mas as outras vão ter que se mexer para acompanhar… e isso é bom para nós, motociclistas.

    abraço,

    Roberto Severo

  4. É isso ai Caio, o projeto da Yamaha é novo e muito moderno apesar de existir coisa muito melhor disponibilizada em outros países, com refrigeração líquida, mono amortecida e freios a disco nas duas rodas fora o grafismo diferenciado!
    Acho que mesmo com todas estas “vantagens” que a honda está oferecendo minha preferência seria pela Fazer 150cc.
    Boa tarde a todos!

    • Dois motivos porque a YAMAHA jamais traria uma 150 top pro Brasil…
      1° Como o Brasil é o país numero 1 em impostos no mundo jamais daria pra trazer uma 150 top,pra vender ela por quando 12mil quem sabe 14 mil ia encalhar tudo…
      2° A maioria da população Brasileira é de baixa renda uns 90% então além da moto não ter muita saída os poucos que comprassem não dariam conta de manter ela ou você acha que é fácil manter uma moto com refrigeração liquida, mono amortecida,tem umas pessoas que custam a manter uma fan 125 piorou uma 150 top…

      • Esquisito: em Curitiba, anunciado no jornal tribuna, Fan 125 Ks R$ 6.840,00 — ô lôco!!! Sem partida elétrica, roda raiada, pedaleira do carona na balança, sem marcador de combustível e sei lá o que mais – – – por este preço???? ENQUANTO isso a Yamaha Factor 125 ED R$ 6.600,00 – com partida elétrica, roda de liga, pedaleira do carona fora da balança, com marcador de combustível e sei lá o que mais…..vou dizer também — ô lôco!!! — Dá pra explicar???

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


8 × = sessenta quatro