Harley-Davidson cresce no mundo

1
598

Harley-Davidson acaba de divulgar seu balanço global do terceiro trimestre de 2013, quando registrou forte desempenho nas vendas de novas motocicletas, com aumento de 15,5%, comparado a igual período de 2012. Além disso, a companhia contabilizou lucro 21,4% superior ao obtido no mesmo intervalo do ano passado, mantendo o ritmo crescente no volume de operações.

harley-davidson
Harley-Davidson lançou o projeto Rushmore para continuar com bons resultados

Fotos: Divulgação

Harley-Davidson cresce no mundo

O lucro líquido no terceiro trimestre foi de US$ 162,7 milhões, de um faturamento total de US$ 1,34 bilhão. Em iguais meses de 2012, o lucro foi de US$ 134 milhões, com receita consolidada de US$ 1,25 bilhão. O lucro por ação aumentou em 23,7%, chegando a US$ 0,73, devido, principalmente, aos fortes resultados operacionais no segmento de motocicletas, incluindo maiores níveis de embarque e ganhos de eficiência operacional na produção.

Nos nove primeiros meses do ano, o lucro líquido da Harley-Davidson foi de US$ 658,6 milhões, em receita consolidada de US$ 4,71 bilhões, resultado maior que os US$ 553,3 milhões, na receita consolidada de US$ 4,41 bilhões, no mesmo intervalo de 2012. De janeiro a setembro deste ano, o lucro diluído por ação foi de US$ 2,93, equivalente 22,1% de aumento sobre os US$ 2,40 de igual período do exercício passado.

“A Harley-Davidson fechou o terceiro trimestre com forte desempenho financeiro, além de ter alcançado expressivo crescimento de vendas no varejo. Todos na Harley-Davidson estão orgulhosos com as realizações e resultados até o momento, à medida que mostramos nossa capacidade de fabricação, desenvolvimento de produtos e estratégias de varejo. Nossos colaboradores, revendedores e parceiros trabalham constantemente focados em fornecer aos nossos clientes uma experiência única”, afirma Keith Wandell, chairman, presidente e CEO da Harley-Davidson, Inc.

Harley-Davidson
Novas motos da Harley-Davidson devem conquistar novos clientes para a marca americana

Vendas aumentam 15,5% no trimestre

Neste terceiro trimestre, concessionários da Harley-Davidson  em todo mundo venderam 70.515 novas motocicletas Harley-Davidson, 15,5% a mais do que as 61.053 unidades comercializadas no mesmo período de 2012. Nos Estados Unidos, os revendedores Harley-Davidson negociaram 48.529 novas motos entre julho a setembro deste ano, aumento de 20,1% em relação ao total registrado um ano antes. Nos mercados fora da América do Norte, a Rede vendeu 21.988 motocicletas Harley-Davidson zero-quilômetro durante o trimestre, volume 6,5% superior ao terceiro trimestre do exercício anterior. A América Latina assinalou aumento de 15,6% no período.

No acumulado dos nove meses, os concessionários venderam 214.964 novas motocicletas Harley-Davidson no mundo, contra 206.444 negociadas um ano antes, com incremento de 4,1% nas vendas para o varejo nos Estados Unidos, 11,3% na Ásia-Pacífico, 20,1% na América Latina e 3,6% no Canadá. Na região de EMEA (Europa, Oriente Médio e África), houve queda de 2,2%.

Motocicletas e produtos segmentados

O lucro operacional de motocicletas e produtos segmentados cresceu 21,2%, para US$ 175,5 milhões no terceiro trimestre de 2013, comparado com o lucro operacional de US$ 144,8 milhões em iguais meses de um ano antes. O lucro operacional em julho, agosto e setembro foi beneficiado pelo maior embarque de motocicletas, margem bruta elevada e menor despesa com reestruturação, relativamente aos mesmos meses do ano passado.

A receita com a venda de motocicletas cresceu 10,7%, passando de US$ 774 milhões no terceiro trimestre de 2012 para US$ 857 milhões, em igual período deste ano. A companhia entregou 54.025 motocicletas para revendedores e distribuidores em todo o mundo durante o terceiro trimestre, aumento de 2,3% em relação aos 52.793 embarques entre julho e setembro do exercício anterior.

harley-davidson
Roupas da marca também impulsionaram o crescimento da Harley-Davidson

A receita da venda de peças e acessórios para motos foi de US$ 250,2 milhões durante o trimestre, crescimento de 7%. A receita oriunda de mercadorias no geral, que inclui MotorClothes®, vestuários e acessórios, chegou a US$ 66,1 milhões, queda de 12,6% sobre os mesmos meses do último ano.

A margem bruta chegou a 35,3% no terceiro trimestre de 2013, contra 34,7% no igual período de 2012. A margem operacional relacionada a motocicletas e outros produtos no terceiro trimestre do ano foi de 14,9%, enquanto em igual intervalo de 2012, alcançou 13,3%.

Resultado no período acumulado de janeiro a setembro

Durante os nove meses, a companhia embarcou 213.853 motocicletas para concessionários e distribuidores da marca em todo o mundo, representando um acréscimo de 6,6% em relação a 2012. De janeiro a setembro deste ano, a receita de motocicletas cresceu 9,8%, chegando a US$ 3,29 bilhões. A receita sobre as vendas de peças e acessórios aumentou em 0,8%, totalizando US$ 703,8 milhões. A margem bruta durante o período acumulado, até o fim do último trimestre apurado, foi de 36,4%, com margem operacional de 19,2%. Em 2012, os níveis chegaram a 35,6% e 16,8%, respectivamente.

O lucro operacional da Harley-Davidson Financial Services, braço de serviços financeiros do grupo, foi de US$ 76,1 milhões neste trimestre, crescimento de 5,1%, comparado ao lucro operacional de US$ 72,4 milhões no terceiro trimestre de 2012. Os resultados dos negócios em serviços financeiros refletem maior receita líquida sobre juros. Em nove meses, o lucro operacional de serviços financeiros chegou a US$ 221,8 milhões, ante os US$ 221,7 milhões registrados nos nove meses iniciais do exercício passado.

Expectativas

A Harley-Davidson espera enviar de 259 mil a 264 mil motocicletas para os seus concessionários e distribuidores em todo o mundo, até o fim de 2013. A companhia ainda mantém a projeção de margem bruta entre 35,25% e 36,25%. A empresa também estima despesas de capital de US$ 200 milhões a US$ 220 milhões no fechamento de 2013.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


6 × = trinta seis