Glemseck 101 reúne apaixonados por motos customizadas

0
225

Badalado encontro na pequena Leonberg, no sul da Alemanha, recebeu entusiastas, pilotos consagrados e motos exclusivas

Glemseck101_06_2017
A Honda foi um das protagonistas na festa que reuniu um grande público em Leonberg (ALE)

TEXTO: Aldo Tizzani/ Agência INFOMOTO
FOTOS: Divulgação

Glemseck 101 reúne apaixonados por motos customizadas

Glemseck 101 não é um simples encontro de motos e motociclistas. O evento, que aconteceu entre 1º e 3 de setembro na pequena Leonberg, perto de Stuttgart, no sul da Alemanha, é um ponto de encontro para designers, engenheiros e desenvolvedores de novos produtos. Reúne também personalidades e pilotos. E, é claro, customizadores de toda a Europa. Ou seja, uma espécie de confraria que define novas tendências na arte de transformar motocicletas, mas sem perder a emoção de acelerar suas máquinas na pista. A 12ª edição do evento atraiu milhares de entusiastas para vivenciar a cultura motociclística que, ultimamente, busca no passado novos caminhos para o futuro.

Glemseck101_09_2017

Pela sua importância no segmento de customização, Glemseck conta com a participação de várias montadoras – Honda, BMW e Indian, entre outras – que exibem novos modelos e versões customizadas. Outro atrativo são as tradicionais corridas de 1/8 de milha (200 metros), com retas delimitadas por feno e arquibancadas lotadas.

Glemseck101_08_2017
Durante o encontro a bandeira quadriculada deu o ‘start’ para a emoção
Glemseck101_07_2017jpg
Com motos customizadas, as corridas de 1/8 de milha lotaram as arquibancadas

Nesta grande reunião de amigos – que podem espalhar suas barracas pelo gramado – não poderia faltar vendas de peças, acessórios, camisetas, souvenires e adesivos. A festa é regada pela boa música. Enfim, uma espécie de quermesse motociclística para quem gosta de um pouco de saudosismo.

Glemseck101_05_2017
A Honda foi um das protagonistas na festa que reuniu um grande público em Leonberg (ALE)

Customizadas por encomenda

Acelerando uma Honda CBR1000RR Fireblade SP, o tricampeão mundial de motovelocidade Freddie Spencer ganhou a Sprint International. O duelo final foi contra outra lenda das pistas, Kevin Schwantz, campeão mundial das 500cc, que competiu a bordo de uma superesportiva da Suzuki.

Glemseck101_02_Spencer_Kevin_2017
O evento alemão reuniu dois campeões mundiais de motovelocidade: Freddie Spencer e Kevin Schwantz

No vácuo da Fireblade de Spencer, a Honda levou mais oito motos customizados para Glemseck 101. Destaques para a CB 1100 EX e também para a CB 1100 TR Concept. Com projeto assinado pela Honda Itália, a TR tem cara de moto de pista, porém sem carenagem, já que conta com pneus slick (lisos) e number plate. A tetraciclíndrica Fireblade SP abusa do alumínio e de peças em fibra de carbono. Há muitas outras peças, fabricadas de forma artesanal.

Glemseck101_03_2017
A Honda CB 1100 EX combinou os estilos cafe racer e bobber e também foi exporta no Glemseck 101
Glemseck101_01_2017
A Honda CB 1100 TR Concept tem cara de moto de pista, já que conta com pneus slick e number plate

Em parceria com a South Garage, de Milão (ITA), a Honda criou uma releitura da retrô CB 1100 EX. O resultado foi uma elegante customização que combinou os estilos cafe racer e bobber. Vestida de preto e totalmente desnuda, a moto usa piscas em LED, farol pequeno, assento de couro em forma de diamante e demonstram o quanto a CB 1100 é uma excelente base para customizar.

Para finalizar, uma versão “Scrambler” da nova Honda Rebel. A moto está equipada com pneus de cravo, discos de freio ‘margarida’ e canos de escape posicionados na lateral da moto feitos artesanalmente. Um misto de street, com influência trail.

Releituras da R Nine T

Em casa, a BMW abusou de sua liberdade de expressão por meio de releituras de sua R nine T Pure, com personalizações autênticas, sempre usando como base a magia dos tradicionais motores boxer, de dois cilindros opostos.

Para a festa motociclística de Glemseck 101, a BMW levou sete modelos customizados (com investimento de até 5.000 Euros), que ‘navegam’ entre uma personalização leve até radicais projetos, caso da Pure, releitura da R nine T feita pela concessionária Niederlassung, de Berlin.

Com corpo preto e detalhes em verde cítrico, a versão customizada traz peças artesanais, da grife Rizoma e também da própria BMW como, por exemplo, assento da linha GS, porém modificado e com revestimento em couro marrom.

Indian premiada

Com base na Indian Scout, a Young Guns Speed Shop, de Zurique, Suiça, criou a Scout Miracle Mike, que foi a segunda colocada no concurso Design Award da Essenza, organizado durante o Glemseck 101. Com uma pegada de moto de corrida – numbler plate no lugar do farol –, a moto ganhou ainda mais personalidade em função de sua pintura em dois tons.

Glemseck101_04_2017
A Indian aderiu ao encontro e foi a segunda colocada no prêmio de design com a Miracle Mike (esq.)

A Miracle Mike ganhou um sistema de Nitro acoplado ao motor V2 de 1133 cc. O projeto tem muitas peças artesanais, mas também várias grifes motociclísticas que deram mais segurança a este míssil sobre duas rodas: Öhlins (suspensão), Akrapovic (escape) e Brembo (freios), derivados das motos de corrida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


oito − = 4